Rosário nas quartas de final da Taça das Favelas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/11/2018 às 10:44:00

 

A Seleção Rosarense Sub-17 disputará no próximo sábado, dia 3, as quartas de final da Taça das Favelas de Futebol de Campo. A partida acontecerá às 8h, no Anchietão, no Conjunto Bugio em Aracaju. Se vencer, a equipe de Rosário do Catete estará classificada para a semifinal no dia 10, de onde sairão os finalistas, o campeão representará Sergipe na competição nacional no Rio de Janeiro.
Segundo o diretor de Esportes da Secretaria da Educação de Rosário do Catete, Marcelo Neves, a Prefeitura tem apoiado a equipe local fornecendo transporte, a estrutura do Estádio Resendão para os treinamentos e o material esportivo para os jogos.
A primeira edição da Taça das Favelas Sergipe, torneio de futebol destinado para jovens de 15 a 17 anos, é promovida pela Central Única das Favelas de Sergipe (CUFA-SE).
A competição visa contribuir para a promoção da inclusão social através do esporte, influenciando positivamente a realidade de crianças e jovens. Uma oportunidade de promover a integração das favelas, a ressignificação do território e o fortalecimento da autoestima da juventude.

A Seleção Rosarense Sub-17 disputará no próximo sábado, dia 3, as quartas de final da Taça das Favelas de Futebol de Campo. A partida acontecerá às 8h, no Anchietão, no Conjunto Bugio em Aracaju. Se vencer, a equipe de Rosário do Catete estará classificada para a semifinal no dia 10, de onde sairão os finalistas, o campeão representará Sergipe na competição nacional no Rio de Janeiro.
Segundo o diretor de Esportes da Secretaria da Educação de Rosário do Catete, Marcelo Neves, a Prefeitura tem apoiado a equipe local fornecendo transporte, a estrutura do Estádio Resendão para os treinamentos e o material esportivo para os jogos.
A primeira edição da Taça das Favelas Sergipe, torneio de futebol destinado para jovens de 15 a 17 anos, é promovida pela Central Única das Favelas de Sergipe (CUFA-SE).
A competição visa contribuir para a promoção da inclusão social através do esporte, influenciando positivamente a realidade de crianças e jovens. Uma oportunidade de promover a integração das favelas, a ressignificação do território e o fortalecimento da autoestima da juventude.