Vereadora comemora afastamento de diretores do Cirurgia e reforça continuidade da CPI da Saúde

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/11/2018 às 05:31:00

 

A continuidade dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), que investiga os contratos entre a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e hospitais filantrópicos, foi comemorada pela vereadora Kitty Lima (Rede) nesta quarta-feira.
Durante seu discurso no plenário da Casa, a vereadora falou da importância da decisão da Justiça que determinou o afastamento do diretor-presidente, do primeiro secretário e de dois tesoureiros do Hospital Cirurgia, unidade de saúde que tem sido foco dos trabalhos da comissão que apura supostas irregularidades nos contratos firmados com o Executivo Municipal.
 "Está aí a importância da CPI da Saúde. Tivemos a confirmação do presidente desta Casa que poderemos dar continuidade aos trabalhos da comissão e finalizar todo este imbróglio, mostrando ainda que a CPI tinha razão ao dizer que tinha muita coisa errada acontecendo dentro do Hospital de Cirurgia. Prova disso foi a decisão da Justiça que afastou alguns membros da diretoria", disse Kitty.
De acordo com a parlamentar foi por meio das investigações da CPI da Saúde que foram descobertos os altos salários pagos a diretores e funcionários do hospital e a influência política dentro da unidade, fatores que culminaram no agravamento da precariedade do serviço prestado à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) no Cirurgia.
 "Quero parabenizar aos meus colegas pela brilhante atuação ao longo desses meses e por não se deixarem abater pelas dificuldades encontradas durante o caminho. Todos nós sabíamos que havia coisas erradas ali, e o trabalho dessa comissão foi determinante para trazermos à tona a verdade, isto é, as irregularidades que ocorriam dentro do Cirurgia. A Justiça também entendeu isso e mostrou com essa decisão que a CPI sempre esteve no caminho certo. Parabéns aos membros que darão agora continuidade as investigações e trabalhos porque ainda há muita coisa para ser apurada", afirmou Kitty.

A continuidade dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), que investiga os contratos entre a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) e hospitais filantrópicos, foi comemorada pela vereadora Kitty Lima (Rede) nesta quarta-feira.
Durante seu discurso no plenário da Casa, a vereadora falou da importância da decisão da Justiça que determinou o afastamento do diretor-presidente, do primeiro secretário e de dois tesoureiros do Hospital Cirurgia, unidade de saúde que tem sido foco dos trabalhos da comissão que apura supostas irregularidades nos contratos firmados com o Executivo Municipal.
 "Está aí a importância da CPI da Saúde. Tivemos a confirmação do presidente desta Casa que poderemos dar continuidade aos trabalhos da comissão e finalizar todo este imbróglio, mostrando ainda que a CPI tinha razão ao dizer que tinha muita coisa errada acontecendo dentro do Hospital de Cirurgia. Prova disso foi a decisão da Justiça que afastou alguns membros da diretoria", disse Kitty.
De acordo com a parlamentar foi por meio das investigações da CPI da Saúde que foram descobertos os altos salários pagos a diretores e funcionários do hospital e a influência política dentro da unidade, fatores que culminaram no agravamento da precariedade do serviço prestado à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) no Cirurgia.
 "Quero parabenizar aos meus colegas pela brilhante atuação ao longo desses meses e por não se deixarem abater pelas dificuldades encontradas durante o caminho. Todos nós sabíamos que havia coisas erradas ali, e o trabalho dessa comissão foi determinante para trazermos à tona a verdade, isto é, as irregularidades que ocorriam dentro do Cirurgia. A Justiça também entendeu isso e mostrou com essa decisão que a CPI sempre esteve no caminho certo. Parabéns aos membros que darão agora continuidade as investigações e trabalhos porque ainda há muita coisa para ser apurada", afirmou Kitty.