Expo Ouro Branco movimenta economia no Alto Sertão a partir de quarta-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Exposição e Feira de animais acontece de 14 a 17 de novembro, em N. Sra. da Glória
Exposição e Feira de animais acontece de 14 a 17 de novembro, em N. Sra. da Glória

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 13/11/2018 às 06:27:00

 

Acontece nesta semana a Expo Ouro Branco, sediada no Parque João de Oliveira Dantas, em Nossa Senhora da Glória, prometendo fazer girar mais de R$ 1 milhão em negócios no Alto Sertão sergipano, segundo expectativa da organização. A festa vai ganhando força a cada ano e chega à XXXVII edição como a maior Exposição e Feira de Animais da Região Norte do Estado. O crescimento demonstra a força da tradição leiteira do município, numa região que preserva sua aptidão natural para o negócio, ainda que castigada pela seca. De 14 a 17 de novembro, Glória recebe expositores de todas as regiões de Sergipe, e vindos de outros estados.
O criador Marcelo Barreto, um dos organizadores da Expo Ouro Branco, conta que em 2017 o evento reuniu o maior público e o maior número de expositores e estados participantes no Parque João de Oliveira Dantas, entre todas as edições anteriores. Foram 35 expositores do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. "Tivemos cerca de 3 mil visitantes em cada um dos quatro dias, superando todas as nossas expectativas. Para este ano, esperamos um sucesso ainda maior", conta Marcelo.
A programação deste ano inclui a II Exposição Ranqueada da Raça Girolando e 3ª etapa do Circuito Sergipano da Raça Girolando. Segundo Breno Cavalcante, técnico da Associação de Girolando em Sergipe, os criadores selecionam, juntamente com a equipe técnica e a associação, os seus melhores animais. "Escolhemos os animais de melhor conformação, melhor biotipo leiteiro; para que um juiz da entidade faça a classificação e detalhe as suas qualidades, características relacionadas à eficiência produtiva, longevidade, etc".
Na quarta-feira, 14, a programação tem início com as primeiras ordenhas do torneio leiteiro. Marcos Franco, veterinário e coordenador da competição, explica que serão sete ordenhas programadas. "Elas acontecerão na quinta e sexta-feira, às 06h, 14h e 22h, e no sábado, às 06h - com descarte da maior ordenha", conta. A premiação para a vaca com maior lactação será de R$ 4 mil; enquanto a segunda colocada leva R$ 2 mil e a terceira, R$ 1.000.
Ainda para o primeiro dia do evento, a programação prevê cerimônia de abertura e CineSenar. Na quinta, 15, tem continuidade o torneio e começa o julgamento de animais, com premiações e concurso de queijos. No dia 16, continuam o julgamento e as atividades do torneio leiteiro, além da Noite dos Produtores, uma das novidades desta edição.
As apresentações culturais acompanham todos os dias do evento e no sábado, tem ainda o concurso Rainha do Leite, cuja votação esta aberta pelo site Pingou Notícias; e às 14h, o 4° Leilão Top Leite da Fazenda Tradição, com fêmeas registradas de alta lactação para venda, entre vacas paridas, novilhas e bezerras das raças Girolando, Gir Leiteiro e Holandesa. 
De acordo com João Bosco Machado, responsável pelos animais que serão leiloados, haverá criadores de diversos estados participando do Leilão, e a expectativa é que as vendas superem as do ano passado. "Temos a expectativa de movimentar entre R$ 500 e 600 mil durante o leilão", disse. À noite, a programação se encerra com o show de Ninéia Oliveira e seu forró das antigas.

Acontece nesta semana a Expo Ouro Branco, sediada no Parque João de Oliveira Dantas, em Nossa Senhora da Glória, prometendo fazer girar mais de R$ 1 milhão em negócios no Alto Sertão sergipano, segundo expectativa da organização. A festa vai ganhando força a cada ano e chega à XXXVII edição como a maior Exposição e Feira de Animais da Região Norte do Estado. O crescimento demonstra a força da tradição leiteira do município, numa região que preserva sua aptidão natural para o negócio, ainda que castigada pela seca. De 14 a 17 de novembro, Glória recebe expositores de todas as regiões de Sergipe, e vindos de outros estados.
O criador Marcelo Barreto, um dos organizadores da Expo Ouro Branco, conta que em 2017 o evento reuniu o maior público e o maior número de expositores e estados participantes no Parque João de Oliveira Dantas, entre todas as edições anteriores. Foram 35 expositores do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia. "Tivemos cerca de 3 mil visitantes em cada um dos quatro dias, superando todas as nossas expectativas. Para este ano, esperamos um sucesso ainda maior", conta Marcelo.
A programação deste ano inclui a II Exposição Ranqueada da Raça Girolando e 3ª etapa do Circuito Sergipano da Raça Girolando. Segundo Breno Cavalcante, técnico da Associação de Girolando em Sergipe, os criadores selecionam, juntamente com a equipe técnica e a associação, os seus melhores animais. "Escolhemos os animais de melhor conformação, melhor biotipo leiteiro; para que um juiz da entidade faça a classificação e detalhe as suas qualidades, características relacionadas à eficiência produtiva, longevidade, etc".
Na quarta-feira, 14, a programação tem início com as primeiras ordenhas do torneio leiteiro. Marcos Franco, veterinário e coordenador da competição, explica que serão sete ordenhas programadas. "Elas acontecerão na quinta e sexta-feira, às 06h, 14h e 22h, e no sábado, às 06h - com descarte da maior ordenha", conta. A premiação para a vaca com maior lactação será de R$ 4 mil; enquanto a segunda colocada leva R$ 2 mil e a terceira, R$ 1.000.
Ainda para o primeiro dia do evento, a programação prevê cerimônia de abertura e CineSenar. Na quinta, 15, tem continuidade o torneio e começa o julgamento de animais, com premiações e concurso de queijos. No dia 16, continuam o julgamento e as atividades do torneio leiteiro, além da Noite dos Produtores, uma das novidades desta edição.
As apresentações culturais acompanham todos os dias do evento e no sábado, tem ainda o concurso Rainha do Leite, cuja votação esta aberta pelo site Pingou Notícias; e às 14h, o 4° Leilão Top Leite da Fazenda Tradição, com fêmeas registradas de alta lactação para venda, entre vacas paridas, novilhas e bezerras das raças Girolando, Gir Leiteiro e Holandesa. 
De acordo com João Bosco Machado, responsável pelos animais que serão leiloados, haverá criadores de diversos estados participando do Leilão, e a expectativa é que as vendas superem as do ano passado. "Temos a expectativa de movimentar entre R$ 500 e 600 mil durante o leilão", disse. À noite, a programação se encerra com o show de Ninéia Oliveira e seu forró das antigas.