Mulheres fazem manifestação no centro do Rio contra modelo de economia verde discutido na Rio+20

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/06/2012 às 12:11:00

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro - A Marcha Mundial das Mulheres no Brasil promoveu ontem uma manifestação no Largo da Carioca, no centro da capital Fluminense. O ato começou com uma caminhada pelas principais vias da região central da cidade, começando no Sambódromo, passando pela Avenida Presidente Vargas, provocando um engarrafamento de 8 quilômetros, segundo a Companhia de Tráfego do Rio (Cet-Rio).
Após a manifestação no Largo da Carioca, elas seguiram para o Parque do Flamengo, onde está sendo realizado a Cúpula dos Povos, evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20. Com bandeiras e cartazes, as mulheres criticavam o modelo de economia verde defendido na conferência.
"Nós temos que mudar esse modelo, porque o capitalismo é baseado justamente no lucro, e esse mecanismo vai explorar cada vez mais a natureza e o trabalho de homens e mulheres", disse Nalu Faria, coordenadora da Marcha Mundial das Mulheres no Brasil.
No Largo da Carioca, as mulheres promoverem debates e atividades culturais referentes aos temas discutidos na Rio+20. O Batalhão de Choque da Polícia Militar, a Guarda Municipal e agentes da Cet-Rio acompanharam a caminhada, mas nenhum incidente foi registrado.