Em outubro, preço da gasolina vendida em Sergipe aumentou 2%

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Os preços dos combustíveis continuam aumentando
Os preços dos combustíveis continuam aumentando

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 17/11/2018 às 06:52:00

 

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), revelou que o preço médio da gasolina vendida em Sergipe, em outubro deste ano, aumentou 2%, quando comparado com o último mês de setembro.
Em valores, o preço médio ficou em R$ 4,852 por litro, no mês analisado. Em relação ao mês de outubro do ano passado, o preço médio do combustível cresceu 24,9%.
Para o etanol, o preço médio situou-se em R$ 3,479, registrando queda de 1,1%, sobre setembro último. Já no comparativo com outubro de 2017, observou-se aumento de 8,4%.
No tocante ao óleo diesel, notou-se que o preço médio, pelo litro do produto, situou-se em R$ 3,759, no mês analisado. Em termos comparativos, verificou-se alta de 2,9% em relação ao mês imediatamente anterior. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, observou-se expansão de 17,1%.
Para o Gás Natural Veicular (GNV), o preço médio praticado por metro cúbico (m³) foi de R$ 3,402, assinalando acréscimo de 0,4% sobre o mês anterior. Quando comparado com outubro do ano anterior, verificou-se alta de 26,2%. 
O Gás de Petróleo Liquefeito (GLP), ou gás de cozinha, registrou preço médio de R$ 72,66 (por 13 kg), registrando queda de 3,3%, quando confrontado com o mês anterior. Já em relação a outubro de 2017, notou-se elevação de 2,6%.
Preços nas distribuidoras - O preço médio do litro fornecido pelas distribuidoras aos postos de combustíveis, do estado, foi de R$ 4,409 para a gasolina, registrando aumento de 2,2%. O etanol teve preço médio de R$ 2,922, assinalando queda de 2,5%. Em relação ao óleo diesel, o preço médio ficou em R$ 3,457, assinalando alta de 3,3%. Todas as comparações são em relação ao mês de setembro do ano corrente.
Para o GNV e GLP, o preço das distribuidoras ficou, em média, R$ 2,768 por m³ e R$ 56,35, por 13 quilos.  Comparativamente, o preço do GNV nas distribuidoras aumentou 1%, ao passo que o GLP registrou alta de 1,9%, ambos na mesma comparação descrita acima.

Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), revelou que o preço médio da gasolina vendida em Sergipe, em outubro deste ano, aumentou 2%, quando comparado com o último mês de setembro.
Em valores, o preço médio ficou em R$ 4,852 por litro, no mês analisado. Em relação ao mês de outubro do ano passado, o preço médio do combustível cresceu 24,9%.
Para o etanol, o preço médio situou-se em R$ 3,479, registrando queda de 1,1%, sobre setembro último. Já no comparativo com outubro de 2017, observou-se aumento de 8,4%.
No tocante ao óleo diesel, notou-se que o preço médio, pelo litro do produto, situou-se em R$ 3,759, no mês analisado. Em termos comparativos, verificou-se alta de 2,9% em relação ao mês imediatamente anterior. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, observou-se expansão de 17,1%.
Para o Gás Natural Veicular (GNV), o preço médio praticado por metro cúbico (m³) foi de R$ 3,402, assinalando acréscimo de 0,4% sobre o mês anterior. Quando comparado com outubro do ano anterior, verificou-se alta de 26,2%. 
O Gás de Petróleo Liquefeito (GLP), ou gás de cozinha, registrou preço médio de R$ 72,66 (por 13 kg), registrando queda de 3,3%, quando confrontado com o mês anterior. Já em relação a outubro de 2017, notou-se elevação de 2,6%.

Preços nas distribuidoras - O preço médio do litro fornecido pelas distribuidoras aos postos de combustíveis, do estado, foi de R$ 4,409 para a gasolina, registrando aumento de 2,2%. O etanol teve preço médio de R$ 2,922, assinalando queda de 2,5%. Em relação ao óleo diesel, o preço médio ficou em R$ 3,457, assinalando alta de 3,3%. Todas as comparações são em relação ao mês de setembro do ano corrente.
Para o GNV e GLP, o preço das distribuidoras ficou, em média, R$ 2,768 por m³ e R$ 56,35, por 13 quilos.  Comparativamente, o preço do GNV nas distribuidoras aumentou 1%, ao passo que o GLP registrou alta de 1,9%, ambos na mesma comparação descrita acima.