PM começa a utilizar drone na prevenção e combate a crimes em Sergipe

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
POLÍCIA MILITAR COMEÇA A UTILIZAR UMA AERONAVE REMOTAMENTE PILOTADA (ARP), MAIS CONHECIDA COMO DRONE, NA PREVENÇÃO E COMBATE AO CRIME NO ESTADO DE SERGIPE
POLÍCIA MILITAR COMEÇA A UTILIZAR UMA AERONAVE REMOTAMENTE PILOTADA (ARP), MAIS CONHECIDA COMO DRONE, NA PREVENÇÃO E COMBATE AO CRIME NO ESTADO DE SERGIPE

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/11/2018 às 06:50:00

 

Com o objetivo de 
aderir às novas tec-
nologias utilizadas na Segurança Pública, a Polícia Militar do Estado de Sergipe começa a utilizar uma Aeronave Remotamente Pilotada (ARP),  mais conhecida como drone, na prevenção e combate a crimes em todo o estado de Sergipe.
Nesse sentido, a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (5ª CIPM), comandada pelo major Márcio Roberto, recebeu a doação no mês de outubro, da Comarca de Neópolis, representada pela Juíza de Direito Rosivan Machado da Silva, de um drone, modelo DJI Mavic Pro, que já vem sendo utilizado em ações de policiamento. No último final de semana, por exemplo, foi empregado para monitoramento de ações preventivas relacionadas à cobertura do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que contou com a segurança da PM em 30 municípios onde ocorreram as provas.
Diante disso, está em estudo a criação do Grupamento de Aeronaves Remotamente Pilotadas (GARP) com a finalidade de produzir e nivelar conhecimento acerca das Aeronaves Remotamente Pilotadas, como também, coordenar e integrar as ações de planejamento e execução do uso seguro, produtivo e legal de tais veículos pertencentes à PMSE. Além do modelo DJI Mavic Pro, a corporação está adquirindo também o Phantom 4 e já conta com quatro pilotos habilitados e outros dois em fase de certificação para operar essas aeronaves.

Com o objetivo de  aderir às novas tec- nologias utilizadas na Segurança Pública, a Polícia Militar do Estado de Sergipe começa a utilizar uma Aeronave Remotamente Pilotada (ARP),  mais conhecida como drone, na prevenção e combate a crimes em todo o estado de Sergipe.
Nesse sentido, a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar (5ª CIPM), comandada pelo major Márcio Roberto, recebeu a doação no mês de outubro, da Comarca de Neópolis, representada pela Juíza de Direito Rosivan Machado da Silva, de um drone, modelo DJI Mavic Pro, que já vem sendo utilizado em ações de policiamento. No último final de semana, por exemplo, foi empregado para monitoramento de ações preventivas relacionadas à cobertura do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que contou com a segurança da PM em 30 municípios onde ocorreram as provas.
Diante disso, está em estudo a criação do Grupamento de Aeronaves Remotamente Pilotadas (GARP) com a finalidade de produzir e nivelar conhecimento acerca das Aeronaves Remotamente Pilotadas, como também, coordenar e integrar as ações de planejamento e execução do uso seguro, produtivo e legal de tais veículos pertencentes à PMSE. Além do modelo DJI Mavic Pro, a corporação está adquirindo também o Phantom 4 e já conta com quatro pilotos habilitados e outros dois em fase de certificação para operar essas aeronaves.