Comerciante é acusado de vender drogas em loja no Centro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 21/11/2018 às 06:42:00

 

Agentes do Departamento de Narcóticos (Denarc) prenderam ontem o comerciante Walter Cardoso de França Souza, 39 anos, acusado de traficar drogas em uma loja de artigos de reggae, localizada na rua Maruim, centro de Aracaju.
Segundo o delegado André Baronto, as investigações foram iniciadas após o recebimento de denúncia, a qual afirmava que o proprietário da loja estaria vendendo drogas no local. De imediato os policiais realizaram buscas e encontraram mais de 3 kg de maconha, além de 100 g de haxixe e balanças de precisão. 
"Os policiais começaram algumas diligências no local, e em seguida fizeram abordagem nessa loja. Lá encontraram essa quantidade de droga logo que chegaram, e depois fizeram uma busca mais minuciosa e encontraram mais material. Em seguida, na residência dele, também foram encontradas mais drogas e balanças", comentou. Diante dos fatos, Walter foi apreendido e conduzido ao Denarc. A audiência de custódia deverá ser realizada hoje. (da SSP)

Agentes do Departamento de Narcóticos (Denarc) prenderam ontem o comerciante Walter Cardoso de França Souza, 39 anos, acusado de traficar drogas em uma loja de artigos de reggae, localizada na rua Maruim, centro de Aracaju.
Segundo o delegado André Baronto, as investigações foram iniciadas após o recebimento de denúncia, a qual afirmava que o proprietário da loja estaria vendendo drogas no local. De imediato os policiais realizaram buscas e encontraram mais de 3 kg de maconha, além de 100 g de haxixe e balanças de precisão. 
"Os policiais começaram algumas diligências no local, e em seguida fizeram abordagem nessa loja. Lá encontraram essa quantidade de droga logo que chegaram, e depois fizeram uma busca mais minuciosa e encontraram mais material. Em seguida, na residência dele, também foram encontradas mais drogas e balanças", comentou. Diante dos fatos, Walter foi apreendido e conduzido ao Denarc. A audiência de custódia deverá ser realizada hoje. (da SSP)