Secretaria esclarece informação sobre reforma de posto de saúde

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 22/11/2018 às 06:55:00

 

"A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), assim como a gestão municipal como um todo, mantém suas ações às claras, por isso, diante das declarações do vereador Anderson de Tuca, ocorridas durante sessão da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quarta-feira, 21, vem destacar que, ao contrário do que o parlamentar alegou, a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) Celson Oliva não é uma farsa. O que ocorre é que, por causa do período eleitoral, a verba eleitoral destinada para a conclusão da obra foi bloqueada e a administração municipal aguarda a liberação do recurso para dar continuidade. 
A SMS  ressalta, ainda que, não existe nenhum documento que comprove o pagamento de serviç ;os não realizados, como também alegou o vereador. Todos os serviços feitos no local possuem nota fiscal que estão à disposição. Outra afirmação feita por Tuca diz respeito a uma das portas da unidade que se encontra fechada, diferente do que foi dito por ele, não foi fruto de uma troca, mas uma medida para enquadrar o espaço nas normas de acessibilidade. O telhado mostrado pelo parlamentar, ao contrário do que o mesmo acusou, já passou por duas manutenções, no entanto, devido aos episódios de vandalismo, o retorno para averiguação deve ser constante, o que valida ressaltar que existem outras 43 unidades de saúde que também demandam reparos.
 A respeito do Nestor Piva, a Secretaria esclarece que o hospital está se adequando à classificação de risco e, com prontuário eletrônico, o atendimento está sendo levado à risca, o que faz com que alguns pacientes da ala azul, por exemplo, tenham a sensação de demora. A SMS destaca também que mais de 50 notas de empenho foram disparadas e até o final do mês novos equipamentos chegarão ao hospital. "

"A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), assim como a gestão municipal como um todo, mantém suas ações às claras, por isso, diante das declarações do vereador Anderson de Tuca, ocorridas durante sessão da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta quarta-feira, 21, vem destacar que, ao contrário do que o parlamentar alegou, a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) Celson Oliva não é uma farsa. O que ocorre é que, por causa do período eleitoral, a verba eleitoral destinada para a conclusão da obra foi bloqueada e a administração municipal aguarda a liberação do recurso para dar continuidade. 
A SMS  ressalta, ainda que, não existe nenhum documento que comprove o pagamento de serviç ;os não realizados, como também alegou o vereador. Todos os serviços feitos no local possuem nota fiscal que estão à disposição. Outra afirmação feita por Tuca diz respeito a uma das portas da unidade que se encontra fechada, diferente do que foi dito por ele, não foi fruto de uma troca, mas uma medida para enquadrar o espaço nas normas de acessibilidade. O telhado mostrado pelo parlamentar, ao contrário do que o mesmo acusou, já passou por duas manutenções, no entanto, devido aos episódios de vandalismo, o retorno para averiguação deve ser constante, o que valida ressaltar que existem outras 43 unidades de saúde que também demandam reparos.
 A respeito do Nestor Piva, a Secretaria esclarece que o hospital está se adequando à classificação de risco e, com prontuário eletrônico, o atendimento está sendo levado à risca, o que faz com que alguns pacientes da ala azul, por exemplo, tenham a sensação de demora. A SMS destaca também que mais de 50 notas de empenho foram disparadas e até o final do mês novos equipamentos chegarão ao hospital. "