Badminton conquista seis medalhas nos JEJ

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 25/11/2018 às 06:25:00

 

Uma marca histórica para a Delegação de Sergipe nos Jogos Escolares da Juventude, em Natal (RN). A equipe de Badminton conquistou três medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze. Um fato inédito. Desde 2016 que o badminton sobe ao pódio nos primeiros lugares dos Jogos Escolares da Juventude. 
Dos seis alunos-atletas que competiram no badminton, todos foram para finais ou disputaram os terceiros lugares da competição, em provas realizadas no ginásio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
João Guilherme Santos, aluno do Colégio Estadual Paulo Freire, em Aracaju, conquistou medalha de ouro na categoria "dupla" com o aluno Fernando Vieira, representando o Piauí, e levou a prata na "individual". Já Kalilane Leticia, também do Colégio Estadual Paulo Freire, subiu ao pódio duas vezes, conquistando medalha de ouro e bronze, nas categorias "dupla" e "individual", respectivamente.
O Colégio Magnus, de Itabaiana, representado na competição pelas alunas-atletas Fernanda Lima e Maria Vitória Paixão, conquistou ouro na dupla.  No individual, a mesma atleta Maria Vitória subiu ao pódio em terceiro lugar, levando para Sergipe o bronze.
Feliz pela conquista, o treinador dos alunos do Colégio Paulo Freire, Wendel de Oliveira Ribeiro, que também é presidente da Federação de Badminton de Sergipe, destacou há um trabalho de base, focado nos novos talentos. "É um marco no badminton. Em 2016 conquistamos uma medalha de ouro, uma prata e duas de bronze; em 2017, duas de ouro", lembrou.
O presidente da federação estima que mais de 500 pessoas pratiquem a modalidade em Sergipe, sendo o principal trabalho de base realizado nas escolas. Há também os praticantes de lazer.

Uma marca histórica para a Delegação de Sergipe nos Jogos Escolares da Juventude, em Natal (RN). A equipe de Badminton conquistou três medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze. Um fato inédito. Desde 2016 que o badminton sobe ao pódio nos primeiros lugares dos Jogos Escolares da Juventude. 
Dos seis alunos-atletas que competiram no badminton, todos foram para finais ou disputaram os terceiros lugares da competição, em provas realizadas no ginásio da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
João Guilherme Santos, aluno do Colégio Estadual Paulo Freire, em Aracaju, conquistou medalha de ouro na categoria "dupla" com o aluno Fernando Vieira, representando o Piauí, e levou a prata na "individual". Já Kalilane Leticia, também do Colégio Estadual Paulo Freire, subiu ao pódio duas vezes, conquistando medalha de ouro e bronze, nas categorias "dupla" e "individual", respectivamente.
O Colégio Magnus, de Itabaiana, representado na competição pelas alunas-atletas Fernanda Lima e Maria Vitória Paixão, conquistou ouro na dupla.  No individual, a mesma atleta Maria Vitória subiu ao pódio em terceiro lugar, levando para Sergipe o bronze.
Feliz pela conquista, o treinador dos alunos do Colégio Paulo Freire, Wendel de Oliveira Ribeiro, que também é presidente da Federação de Badminton de Sergipe, destacou há um trabalho de base, focado nos novos talentos. "É um marco no badminton. Em 2016 conquistamos uma medalha de ouro, uma prata e duas de bronze; em 2017, duas de ouro", lembrou.
O presidente da federação estima que mais de 500 pessoas pratiquem a modalidade em Sergipe, sendo o principal trabalho de base realizado nas escolas. Há também os praticantes de lazer.