Homem é preso por incendiar carro em Ribeirópolis

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/11/2018 às 06:59:00

 

Policiais civis da delegacia de Ribeirópolis prenderam José Milton Bispo dos Santos, acusado de incendiar um veículo que estava estacionado, no último domingo, em frente à delegacia do município. O carro havia sido apreendido pela polícia em outra ocasião. A prisão aconteceu na tarde desta segunda-feira.
"José Milton foi preso pelo crime de causar incêndio, tipificado no artigo 250 do Código Penal, expondo a perigo a vida, a integridade física e o patrimônio de outra pessoa. Na noite do domingo, um veículo Siena, o qual estava apreendido em operações anteriores e estacionado em frente à delegacia de Ribeirópolis, foi incendiado criminosamente.  Após diversas diligências entre o dia do fato e até a tarde da segunda-feira, o acusado foi preso", explicou o delegado Eurico Nascimento. 
Ainda de acordo com Nascimento, o investigado reside na rua onde está sediada a delegacia e tem histórico de alcoolismo e problema de saúde mental. José Milton foi encaminhado à Delegacia Regional de Itabaiana. "Diversos são os indícios da autoria delitiva, como imagens de câmeras de segurança, diversos depoimentos de populares, dentre outros", finalizou o delegado.
Tornozeleira - Ontem, agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam Ubaldo Santos Menezes, 23 anos, por descumprir as regras de monitoramento por tornozeleira eletrônica. A apreensão ocorreu na cidade de Carira (Sertão). Ele será transferido ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição do Juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Propriá.
Segundo informações, Ubaldo foi preso em 2015 acusado de tráfico de drogas, na cidade de Propriá. Após alguns meses encarcerado, foi sentenciado ao benefício do monitoramento eletrônico com o uso de tornozeleira. No entanto, violou sucessivamente as regras da decisão, se afastando de sua residência e, em abril deste ano, foi decretada sua prisão preventiva.

Policiais civis da delegacia de Ribeirópolis prenderam José Milton Bispo dos Santos, acusado de incendiar um veículo que estava estacionado, no último domingo, em frente à delegacia do município. O carro havia sido apreendido pela polícia em outra ocasião. A prisão aconteceu na tarde desta segunda-feira.
"José Milton foi preso pelo crime de causar incêndio, tipificado no artigo 250 do Código Penal, expondo a perigo a vida, a integridade física e o patrimônio de outra pessoa. Na noite do domingo, um veículo Siena, o qual estava apreendido em operações anteriores e estacionado em frente à delegacia de Ribeirópolis, foi incendiado criminosamente.  Após diversas diligências entre o dia do fato e até a tarde da segunda-feira, o acusado foi preso", explicou o delegado Eurico Nascimento. 
Ainda de acordo com Nascimento, o investigado reside na rua onde está sediada a delegacia e tem histórico de alcoolismo e problema de saúde mental. José Milton foi encaminhado à Delegacia Regional de Itabaiana. "Diversos são os indícios da autoria delitiva, como imagens de câmeras de segurança, diversos depoimentos de populares, dentre outros", finalizou o delegado.

Tornozeleira - Ontem, agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) prenderam Ubaldo Santos Menezes, 23 anos, por descumprir as regras de monitoramento por tornozeleira eletrônica. A apreensão ocorreu na cidade de Carira (Sertão). Ele será transferido ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição do Juiz de Direito da 2ª Vara Criminal da Comarca de Propriá.
Segundo informações, Ubaldo foi preso em 2015 acusado de tráfico de drogas, na cidade de Propriá. Após alguns meses encarcerado, foi sentenciado ao benefício do monitoramento eletrônico com o uso de tornozeleira. No entanto, violou sucessivamente as regras da decisão, se afastando de sua residência e, em abril deste ano, foi decretada sua prisão preventiva.