Votação fica para próxima segunda-feira

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/06/2012 às 12:13:00

Luciana Lima
Agência Brasil

Brasília - A votação do processo disciplinar contra o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) foi remarcada para a próxima segunda-feira (25) no Conselho de Ética do Senado. Na reunião de ontem, o relator Humberto Costa (PT-PE) leu apenas a parte descritiva do relatório, que antecede o voto, atendendo a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender o julgamento do processo disciplinar.
Demóstenes Torres é processado com base em denúncia feita pelo PSOL, que o acusa de usar seu mandato de senador em favor da suposta organização criminosa cujo comando é atribuído ao empresário goiano Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.
No voto, o relator terá que julgar se Demóstenes incorreu em quebra de decoro parlamentar. Caso essa hipótese se confirme, ele poderá indicar uma pena que vai de censura até a cassação do mandato, que terá que ser decidida em votação secreta no plenário do Senado.
Antes de chegar a essa votação, no entanto, o parecer terá que ser também apreciado pela Comissão de Constituição e Justiça do (CCJ) do Senado.