O comunismo cubano ameaça invadir os EUA

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 29/11/2018 às 06:29:00

 

* Rômulo Rodrigues
O Senador Bernie Sanders, democrata dos EUA, está empenhado em formar uma Frente Progressista Internacional  e, um nome convidado para integra-la foi Fernando Haddad, já que eixos da proposta dele para seu Partido é; 1) Reforma Tributária; 2) Valorização do Salário Mínimo; 3) Ampliação do Atendimento Básico de Saúde e Redução dos Preços dos Remédios; 4) Garantir o Ensino Superior Gratuito e Reduzir as Dividas Estudantis; 5) Traçar um Plano em Defesa dos Direitos das Minorias; 6) Fazer a Reforma da Imigração, Regularizando os Documentos de 11 milhões de Imigrantes  e que, finaliza propondo que não basta aos democratas serem apenas o Anti-Trump; é preciso ter um Programa Progressista voltado aos interesses dos Trabalhadores e das Minorias.
Interessante que o que ele está propondo hoje, não é nada diferente do que os Governos do PT estavam fazendo com absoluto sucesso.
A mídia corporativa dá muito pouco espaço, ou nenhum, para este tipo de notícia; entretanto, com intensa massificação, faz um contingente muito grande de Cabeças Ocas acreditarem em "Kit Gay" e em mamadeiras com formato de Pênis que teriam sido distribuídas pelo PT.
Essa mesma mídia está jorrando notícias de que as vagas deixadas pelos Médicos e Médicas cubanos já estão preenchidas, mesmo que, seus próprios Reportes constatem que as populações estão em desespero, só para; no final da reportagem acusar subliminarmente que a culpa é do Governo de Cuba; sempre com o agravante de dizerem que o projeto original foi feito em Cuba e imposto ao Brasil. 
Sempre alinhado com a tese do minta, minta, minta que alguma coisa fica, escondem que o Pré-sal destinava 100% do lucro para a Saúde e a Educação e, agora tudo isso vai para as Petroleiras Multinacionais.
Nesta segunda feira, saiu o resultado  do relatório da Oxfam Brasil e o País está estagnado em relação a 2016, ano do golpe, e caiu de 10º para 9º na escala de desigualdade no mundo; o mais desigual é escala 1.
Nesse compasso de uso contínuo de "Think Tanks", coisas estarrecedoras vão se proliferando sem que os contaminados deem importância.
Os adeptos do novo "Tim Tones" estão se lixando para fatos como: um Juiz manda prender um candidato para que seu adversário ganhe a eleição e depois vira Ministro Todo Poderoso dele; o único delator, sem provas, que fez acusações contra o candidato favorito também é premiado com a nomeação do genro para a Presidência da Caixa Econômica Federal.
As ilações de que o BNDES foi usado para financiamento de ditaduras comunistas e bolivarianas, ficam comprometidas com a nomeação de Joaquim Levy para Presidente, já que ele foi Conselheiro do Tesouro Nacional do Governo Lula e Ministro da Fazenda do Governo Dilma, com amplo poder de fiscalização do Banco que vai presidir.
Claro que é uma mesa repleta de pratos cheios para a mídia e o judiciário antipetistas as delações requentadas de Antônio Palocci contra Lula e, contra Dilma, para obter sua liberdade; mas, se a mídia fosse tão investigativa sobre os casos de violência de um Ex-Embaixador e, hoje empresário Thompson Flores, contra a atriz da Globo, poderia saber se ele é parente do Presidente do TRF-4 que condenou Lula e atropelou o H.C; e também se o Vereador do PSDB de um Município de Santa Catarina, próximo a Curitiba, de sobrenome Dallagnol, preso por tráfico de drogas e armas restritas, não teria nenhum parentesco com o Príncipe da Lava Jato?
Para chamar mais a atenção dos incautos, lembrar que o Delegado da Polícia Federal que descumpriu a ordem de um Desembargador do TRF-4, a quem estava subordinado, para soltar Lula, vai ocupar posto chave na direção da P.F; assim como a Delegada que chefiou a operação que provocou o suicídio do Reitor da Universidade de Santa Catarina.
Este será o cenário de terror que estará visível para as forças democráticas a partir de 2019 e que será agravado pelos resultados das ordens do General Villas Boas de reeditar o que seria uma releitura do "Plano Cohen; A ameaça Vermelha", de 1935, que resultou na Ditadura do Estado Novo.
Para quem pensa, nada mais atual do que Vladimir Maiakóvsky, quando profetizou: "Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim e não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem, pisam nossas flores, matam nosso cão e não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta e, como não dissemos nada; já não podemos dizer mais nada.
Diante deste Inferno de Dante, os automatas cumprem seus papeis de repetirem que a lei nº 8213 que instituiu o Auxilio Reclusão de 24 de Junho de 1991 e a Lei Rouanet de nº 8313, de 23 de Dezembro de 1991, sancionadas por Fernando Collor como Presidente e aprovadas com os votos de Jair Bolsonaro como Deputado Federal, foram criações de Lula.
É por isso que americanos vão se tratar todos os dias em Cuba, por ser o tratamento melhor que na Pátria deles e uma fábrica americana faz parceria com uma cubana para fabricar remédios contra o Câncer, sem medo de virarem comunistas enquanto, no Brasil, a estratégica Educação é entregue a um colombiano, com passagem por Medelim, como proteção a uma nova "Ameaça Vermelha".
* Rômulo Rodrigues é militante político

* Rômulo Rodrigues

O Senador Bernie Sanders, democrata dos EUA, está empenhado em formar uma Frente Progressista Internacional  e, um nome convidado para integra-la foi Fernando Haddad, já que eixos da proposta dele para seu Partido é; 1) Reforma Tributária; 2) Valorização do Salário Mínimo; 3) Ampliação do Atendimento Básico de Saúde e Redução dos Preços dos Remédios; 4) Garantir o Ensino Superior Gratuito e Reduzir as Dividas Estudantis; 5) Traçar um Plano em Defesa dos Direitos das Minorias; 6) Fazer a Reforma da Imigração, Regularizando os Documentos de 11 milhões de Imigrantes  e que, finaliza propondo que não basta aos democratas serem apenas o Anti-Trump; é preciso ter um Programa Progressista voltado aos interesses dos Trabalhadores e das Minorias.
Interessante que o que ele está propondo hoje, não é nada diferente do que os Governos do PT estavam fazendo com absoluto sucesso.
A mídia corporativa dá muito pouco espaço, ou nenhum, para este tipo de notícia; entretanto, com intensa massificação, faz um contingente muito grande de Cabeças Ocas acreditarem em "Kit Gay" e em mamadeiras com formato de Pênis que teriam sido distribuídas pelo PT.
Essa mesma mídia está jorrando notícias de que as vagas deixadas pelos Médicos e Médicas cubanos já estão preenchidas, mesmo que, seus próprios Reportes constatem que as populações estão em desespero, só para; no final da reportagem acusar subliminarmente que a culpa é do Governo de Cuba; sempre com o agravante de dizerem que o projeto original foi feito em Cuba e imposto ao Brasil. 
Sempre alinhado com a tese do minta, minta, minta que alguma coisa fica, escondem que o Pré-sal destinava 100% do lucro para a Saúde e a Educação e, agora tudo isso vai para as Petroleiras Multinacionais.
Nesta segunda feira, saiu o resultado  do relatório da Oxfam Brasil e o País está estagnado em relação a 2016, ano do golpe, e caiu de 10º para 9º na escala de desigualdade no mundo; o mais desigual é escala 1.
Nesse compasso de uso contínuo de "Think Tanks", coisas estarrecedoras vão se proliferando sem que os contaminados deem importância.
Os adeptos do novo "Tim Tones" estão se lixando para fatos como: um Juiz manda prender um candidato para que seu adversário ganhe a eleição e depois vira Ministro Todo Poderoso dele; o único delator, sem provas, que fez acusações contra o candidato favorito também é premiado com a nomeação do genro para a Presidência da Caixa Econômica Federal.
As ilações de que o BNDES foi usado para financiamento de ditaduras comunistas e bolivarianas, ficam comprometidas com a nomeação de Joaquim Levy para Presidente, já que ele foi Conselheiro do Tesouro Nacional do Governo Lula e Ministro da Fazenda do Governo Dilma, com amplo poder de fiscalização do Banco que vai presidir.
Claro que é uma mesa repleta de pratos cheios para a mídia e o judiciário antipetistas as delações requentadas de Antônio Palocci contra Lula e, contra Dilma, para obter sua liberdade; mas, se a mídia fosse tão investigativa sobre os casos de violência de um Ex-Embaixador e, hoje empresário Thompson Flores, contra a atriz da Globo, poderia saber se ele é parente do Presidente do TRF-4 que condenou Lula e atropelou o H.C; e também se o Vereador do PSDB de um Município de Santa Catarina, próximo a Curitiba, de sobrenome Dallagnol, preso por tráfico de drogas e armas restritas, não teria nenhum parentesco com o Príncipe da Lava Jato?
Para chamar mais a atenção dos incautos, lembrar que o Delegado da Polícia Federal que descumpriu a ordem de um Desembargador do TRF-4, a quem estava subordinado, para soltar Lula, vai ocupar posto chave na direção da P.F; assim como a Delegada que chefiou a operação que provocou o suicídio do Reitor da Universidade de Santa Catarina.
Este será o cenário de terror que estará visível para as forças democráticas a partir de 2019 e que será agravado pelos resultados das ordens do General Villas Boas de reeditar o que seria uma releitura do "Plano Cohen; A ameaça Vermelha", de 1935, que resultou na Ditadura do Estado Novo.
Para quem pensa, nada mais atual do que Vladimir Maiakóvsky, quando profetizou: "Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim e não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem, pisam nossas flores, matam nosso cão e não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta e, como não dissemos nada; já não podemos dizer mais nada.
Diante deste Inferno de Dante, os automatas cumprem seus papeis de repetirem que a lei nº 8213 que instituiu o Auxilio Reclusão de 24 de Junho de 1991 e a Lei Rouanet de nº 8313, de 23 de Dezembro de 1991, sancionadas por Fernando Collor como Presidente e aprovadas com os votos de Jair Bolsonaro como Deputado Federal, foram criações de Lula.
É por isso que americanos vão se tratar todos os dias em Cuba, por ser o tratamento melhor que na Pátria deles e uma fábrica americana faz parceria com uma cubana para fabricar remédios contra o Câncer, sem medo de virarem comunistas enquanto, no Brasil, a estratégica Educação é entregue a um colombiano, com passagem por Medelim, como proteção a uma nova "Ameaça Vermelha".

* Rômulo Rodrigues é militante político