Hospitais municipai recebem novos equipamentos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/11/2018 às 06:54:00

 

Uma média de 600 pacientes passa, diariamente, pelos dois hospitais municipais de Aracaju, o Nestor Piva, localizado na zona Norte, e o Fernando Franco, na zona Sul da cidade, sendo que, mensalmente, em torno de 80 pessoas recebem atendimento pela ala vermelha de cada uma dessas unidades. Para atender essa demanda, um dos fatores primordiais, além de profissionais qualificados e dedicados, é ter equipamentos que possam suprir as necessidades. Há alguns anos, esses hospitais vinham lidando com a deficiência de equipamentos, muito por conta da negligência da gestão passada, o que, por vezes, afetou consideravelmente a rotina das unidades hospitalares.
Na tarde desta quarta-feira, no entanto, a chegada de novos equipamentos foi capaz de renovar as energias de quem, dia após dia, se dedica ao ofício de cuidar da saúde do próximo e, para além disso, vai ser fundamental para aqueles que chegam aos hospitais com o único intuito de poder viver por mais alguns anos. A aquisição de 13 oxímetros portáteis, 10 ventiladores pulmonares, 20 monitores cardíacos, quatro desfibriladores e sete bombas de infusão vai atender, justamente, a ala que acolhe os pacientes mais graves, os da estabilização, e isso é motivo de comemoração para as equipes das unidades. 
A secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza afirma que a entrega dos materiais para as duas unidades hospitalares foi o resultado de um trabalho conjunto entre diversos setores que compõem a gestão municipal. "Dos profissionais que trabalham na ponta e identificam as reais necessidades do serviço, aos servidores administrativos que trabalham para viabilizar os trâmites necessários para essa aquisição. O esforço conjunto de todos foi essencial para que pudéssemos atender essa demanda. Apesar do todas as dificuldades que enfrentamos dia a dia, garanto que a gestão municipal está unida por uma mesma causa, que é a melhoria da prestação e da assistência aos nossos usuários", garantiu.

Uma média de 600 pacientes passa, diariamente, pelos dois hospitais municipais de Aracaju, o Nestor Piva, localizado na zona Norte, e o Fernando Franco, na zona Sul da cidade, sendo que, mensalmente, em torno de 80 pessoas recebem atendimento pela ala vermelha de cada uma dessas unidades. Para atender essa demanda, um dos fatores primordiais, além de profissionais qualificados e dedicados, é ter equipamentos que possam suprir as necessidades. Há alguns anos, esses hospitais vinham lidando com a deficiência de equipamentos, muito por conta da negligência da gestão passada, o que, por vezes, afetou consideravelmente a rotina das unidades hospitalares.
Na tarde desta quarta-feira, no entanto, a chegada de novos equipamentos foi capaz de renovar as energias de quem, dia após dia, se dedica ao ofício de cuidar da saúde do próximo e, para além disso, vai ser fundamental para aqueles que chegam aos hospitais com o único intuito de poder viver por mais alguns anos. A aquisição de 13 oxímetros portáteis, 10 ventiladores pulmonares, 20 monitores cardíacos, quatro desfibriladores e sete bombas de infusão vai atender, justamente, a ala que acolhe os pacientes mais graves, os da estabilização, e isso é motivo de comemoração para as equipes das unidades. 
A secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza afirma que a entrega dos materiais para as duas unidades hospitalares foi o resultado de um trabalho conjunto entre diversos setores que compõem a gestão municipal. "Dos profissionais que trabalham na ponta e identificam as reais necessidades do serviço, aos servidores administrativos que trabalham para viabilizar os trâmites necessários para essa aquisição. O esforço conjunto de todos foi essencial para que pudéssemos atender essa demanda. Apesar do todas as dificuldades que enfrentamos dia a dia, garanto que a gestão municipal está unida por uma mesma causa, que é a melhoria da prestação e da assistência aos nossos usuários", garantiu.