Bomba queima e Santo Antonio fica sem água

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 30/11/2018 às 07:04:00

 

Engenheiros da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) seguem intensificando os trabalhos para normalizar o fornecimento de água em toda a região do bairro Santo Antônio, zona Norte de Aracaju. De acordo com o órgão Estadual responsável pelo fornecimento do serviço, o problema se arrasta desde a última segunda-feira (26), quando durante a madrugada uma queda de energia ter contribuído para queimar uma bomba, localizada no loteamento São Sebastião. Conforme enaltecido pela Deso, os populares começaram a se deparar com o problema apenas no dia seguinte em virtude de ainda possuir água nos reservatórios.
Segundo Flávio Vieira, assessor de comunicação da Deso, em virtude dos esforços somados ao longo das últimas 72 horas, a perspectiva é que a bomba danificada seja recuperada ainda hoje e nas próximas horas o fornecimento volte a ser realizado de forma gradativa. Enquanto isso não acontece, assim como ocorreu durante a manhã de ontem, caminhões pipa estão sendo encaminhados para a comunidade a fim de minimizar os contratempos sofridos pelos contribuintes. Essa atitude paliativa deve permanecer até que a Deso se depare com a solução do impasse que atinge mais de 20 mil pessoas.
Dano - O 'apagão' citado pela companhia refere-se à pane operacional registrada na subestação Jardim da Companhia Hidrelétrica do São Francisco em Nossa Senhora do Socorro, a qual gerou queda e suspensão de energia por mais de uma hora para pelo menos 427 mil clientes/residências de Aracaju e demais municípios da região metropolitana. De acordo com o Grupo Energisa, responsável por fornecer o sistema, a energia esteve interrompida das 3h24 às 4h41. Semelhantemente ao dano causado na bomba da Deso, a brusca queda de energia danificou ainda aparelhos eletrodomésticos de clientes da Energisa. (Milton Alves Júnior)

Engenheiros da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) seguem intensificando os trabalhos para normalizar o fornecimento de água em toda a região do bairro Santo Antônio, zona Norte de Aracaju. De acordo com o órgão Estadual responsável pelo fornecimento do serviço, o problema se arrasta desde a última segunda-feira (26), quando durante a madrugada uma queda de energia ter contribuído para queimar uma bomba, localizada no loteamento São Sebastião. Conforme enaltecido pela Deso, os populares começaram a se deparar com o problema apenas no dia seguinte em virtude de ainda possuir água nos reservatórios.
Segundo Flávio Vieira, assessor de comunicação da Deso, em virtude dos esforços somados ao longo das últimas 72 horas, a perspectiva é que a bomba danificada seja recuperada ainda hoje e nas próximas horas o fornecimento volte a ser realizado de forma gradativa. Enquanto isso não acontece, assim como ocorreu durante a manhã de ontem, caminhões pipa estão sendo encaminhados para a comunidade a fim de minimizar os contratempos sofridos pelos contribuintes. Essa atitude paliativa deve permanecer até que a Deso se depare com a solução do impasse que atinge mais de 20 mil pessoas.

Dano - O 'apagão' citado pela companhia refere-se à pane operacional registrada na subestação Jardim da Companhia Hidrelétrica do São Francisco em Nossa Senhora do Socorro, a qual gerou queda e suspensão de energia por mais de uma hora para pelo menos 427 mil clientes/residências de Aracaju e demais municípios da região metropolitana. De acordo com o Grupo Energisa, responsável por fornecer o sistema, a energia esteve interrompida das 3h24 às 4h41. Semelhantemente ao dano causado na bomba da Deso, a brusca queda de energia danificou ainda aparelhos eletrodomésticos de clientes da Energisa. (Milton Alves Júnior)