Prédio em Brasília é esvaziado após denúncia de bomba

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 19/06/2012 às 12:13:00

Da Agência Brasil

Brasília - O Esquadrão Antibombas da Polícia Militar explodiu um pacote suspeito enviado ontem à sede da Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (Anabb), na Quadra 507 Sul, em Brasília. O conteúdo da caixa ainda não foi identificado e, após a destruição do pacote, o prédio foi liberado por volta das 18h. O local ficou interditado por cerca de três horas.
O vice-presidente de Relações Institucionais da associação, Fernando Amaral, relatou que um pacote envolto em papel pardo, do tamanho de uma caixa de sapato, foi entregue no prédio por um motoboy entre as 13h e as 14h endereçado ao presidente da entidade, Antonio Sérgio Riede. "Não havia nenhuma informação de onde [a caixa] vinha, só o destinatário. O presidente ficou desconfiado e seguiu a orientação da polícia em não abrir", disse Amaral.

Esvaziado - O esquadrão chegou ao local por volta das 15h. Cerca de 100 funcionários trabalhavam na associação na hora em que o pacote chegou e o prédio foi imediatamente esvaziado. De acordo com o capitão Ricardo Napoleão, a explosão do objeto não causou riscos aos outros prédios da quadra.