Comerciantes esperam boas vendas

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 02/12/2018 às 11:05:00

 

Milton Alves Júnior
Aberta oficialmente o 
período de compras 
destinadas às festas de final de ano, comerciantes intensificam os trabalhos na expectativa de ultrapassar as tendências progressivas de venda, e começam a ofertar descontos especiais para pagamentos à vista, maior oferta de bandeiras de cartões no crédito e débito, além da realização de atividades culturais com a presença de artistas nacionalmente conhecidos. Depois de cinco anos de incertezas em decorrência da instabilidade econômica enfrentadas pelo país, esse final de ano carrega a esperança de lucro significativo para todas as lojas instalaras nos polos comerciais da capital e região metropolitana. Essa mesma ansiedade lucrativa atinge em cheio os três shoppings da Grande Aracaju.
Para o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL Sergipe), Breno Barreto, a expectativa é de que as vendas no comércio de Aracaju cresçam entre 7 e 8% este ano. Como se não bastasse o ascendente índice de confiabilidade dos consumidores, o próprio setor lojista tem se demonstrado interessado em ofertar produtos cada vez mais de qualidade, variados e com condições de pagamentos capazes de induzir o sergipano ou turista às compras. Essa mudança real de comportamento que envolve o cidadão consumidor e o setor empresarial gera a crença de reajuste acima dos 10% para alguns seguimentos lojistas. Essas porcentagens são comparadas ao mesmo fluxo de venda do mesmo período do ano passado.
"Estamos diante de um novo cenário comercial. Depois da instabilidade econômica que atingiu o país, - e ainda atinge, porém em escala bem inferior -, é possível se deparar com mais pessoas visitando o centro da cidade, os bairros com comércio representativo e todos os demais seguimentos como shoppings e redes de supermercado. A expectativa realmente para este ano é de aumento girando em torno dos 7%, mas acreditamos, é isso não será surpresa, se o resultado desse balanço comercial relacionado às vendas de final de ano ultrapassarem essas perspectivas", avaliou o presidente.
No que se refere às vendas paralelas, uma pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), mostra que neste final de ano o vinho importado deve liderar o índice de compras com 13,81%, seguido do panetone com 13,06%. O ranking segue com: refrigerante (12,44%), carne bovina (12,35%), cerveja (12,19%) e frango congelado (12,11%). O setor aposta ainda nas vendas de frutas nacionais dessa época (11,38%), e frutas secas (9,70%). Todos os itens tiveram aumento significativo na perspectiva em relação a 2017. O peru, uma das aves mais tradicionais do final de ano, registrou 7,14% das expectativas de vendas, leve acréscimo nas encomendas em relação ao ano passado, que registrou 7,07% da expectativa no período.
Entre as carnes mais consumidas nas festas de final de ano, o pernil é a aposta de vendas para os supermercadistas, com perspectiva de alta de 11,91% nas vendas. Em relação aos peixes, assim como em 2017, os supermercadistas estão apostando mais nos frescos (11,25%), seguido do congelado (9,10%), e bacalhau (8,85%). "Muitos consumidores já começaram a receber seus vencimentos mensais e o pagamento do décimo terceiro salário. Acreditamos ainda que já a partir dessa segunda-feira as vendas comecem a ser efetuadas no ritimo previsto para as festas de final de ano. Em virtude da disposição empresarial, acreditamos que todos os setores apresentarão crescimento este ano", declarou Breno Barreto.
Atrações - Entre os atrativos previstos, este ano além da lendária imagem do Papai Noel e todos os seus assistentes, o shopping Riomar, bairro Coroa do Meio, Aracaju, recebe Elba Ramalho e Saulo Fernandes. De acordo com a assessoria de comunicação, as apresentações ocorrem nos próximos dias 11 e 18 de dezembro, respectivamente. As atrações fazem parte da campanha do Natal RioMar 'Shows de Presentes', que teve início nesse sábado, 1º de dezembro e segue até o dia 18. Para participar o cliente que realizar suas compras no valor de 400 reais, nas lojas do RioMar Shopping participantes da promoção, pode trocar as notas ficais por um par de pulseiras, por CPF cadastrado, para um dos shows.
Funcionamento - Dezembro começa com mudança no horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais situados no Centro comercial e Shoppings de Aracaju. A mudança é resultado de um acordo coletivo de trabalho firmado entre o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) e o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio. A mudança teve início ontem, mas o lojista pode optar ou não por acompanhar o novo horário. No Centro/Comércio até o dia 31/12, o horário estendido será das 08h às 22h. Nos dias 24/12 e 31/12 (véspera Natal/Ano Novo): das 08 às 17h. Já os shoppings centers até o dia 30/12 o funcionamento será das 10h às 23h. As consideradas mega lojas e âncoras funcionam das 09h às 23h. Nos dias 24/12 e 31/12 (véspera Natal/Ano Novo), o funcionamento será das 09h às 18h em todas as lojas do shopping.

Aberta oficialmente o  período de compras  destinadas às festas de final de ano, comerciantes intensificam os trabalhos na expectativa de ultrapassar as tendências progressivas de venda, e começam a ofertar descontos especiais para pagamentos à vista, maior oferta de bandeiras de cartões no crédito e débito, além da realização de atividades culturais com a presença de artistas nacionalmente conhecidos. Depois de cinco anos de incertezas em decorrência da instabilidade econômica enfrentadas pelo país, esse final de ano carrega a esperança de lucro significativo para todas as lojas instalaras nos polos comerciais da capital e região metropolitana. Essa mesma ansiedade lucrativa atinge em cheio os três shoppings da Grande Aracaju.
Para o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL Sergipe), Breno Barreto, a expectativa é de que as vendas no comércio de Aracaju cresçam entre 7 e 8% este ano. Como se não bastasse o ascendente índice de confiabilidade dos consumidores, o próprio setor lojista tem se demonstrado interessado em ofertar produtos cada vez mais de qualidade, variados e com condições de pagamentos capazes de induzir o sergipano ou turista às compras. Essa mudança real de comportamento que envolve o cidadão consumidor e o setor empresarial gera a crença de reajuste acima dos 10% para alguns seguimentos lojistas. Essas porcentagens são comparadas ao mesmo fluxo de venda do mesmo período do ano passado.
"Estamos diante de um novo cenário comercial. Depois da instabilidade econômica que atingiu o país, - e ainda atinge, porém em escala bem inferior -, é possível se deparar com mais pessoas visitando o centro da cidade, os bairros com comércio representativo e todos os demais seguimentos como shoppings e redes de supermercado. A expectativa realmente para este ano é de aumento girando em torno dos 7%, mas acreditamos, é isso não será surpresa, se o resultado desse balanço comercial relacionado às vendas de final de ano ultrapassarem essas perspectivas", avaliou o presidente.
No que se refere às vendas paralelas, uma pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), mostra que neste final de ano o vinho importado deve liderar o índice de compras com 13,81%, seguido do panetone com 13,06%. O ranking segue com: refrigerante (12,44%), carne bovina (12,35%), cerveja (12,19%) e frango congelado (12,11%). O setor aposta ainda nas vendas de frutas nacionais dessa época (11,38%), e frutas secas (9,70%). Todos os itens tiveram aumento significativo na perspectiva em relação a 2017. O peru, uma das aves mais tradicionais do final de ano, registrou 7,14% das expectativas de vendas, leve acréscimo nas encomendas em relação ao ano passado, que registrou 7,07% da expectativa no período.
Entre as carnes mais consumidas nas festas de final de ano, o pernil é a aposta de vendas para os supermercadistas, com perspectiva de alta de 11,91% nas vendas. Em relação aos peixes, assim como em 2017, os supermercadistas estão apostando mais nos frescos (11,25%), seguido do congelado (9,10%), e bacalhau (8,85%). "Muitos consumidores já começaram a receber seus vencimentos mensais e o pagamento do décimo terceiro salário. Acreditamos ainda que já a partir dessa segunda-feira as vendas comecem a ser efetuadas no ritimo previsto para as festas de final de ano. Em virtude da disposição empresarial, acreditamos que todos os setores apresentarão crescimento este ano", declarou Breno Barreto.

Atrações - Entre os atrativos previstos, este ano além da lendária imagem do Papai Noel e todos os seus assistentes, o shopping Riomar, bairro Coroa do Meio, Aracaju, recebe Elba Ramalho e Saulo Fernandes. De acordo com a assessoria de comunicação, as apresentações ocorrem nos próximos dias 11 e 18 de dezembro, respectivamente. As atrações fazem parte da campanha do Natal RioMar 'Shows de Presentes', que teve início nesse sábado, 1º de dezembro e segue até o dia 18. Para participar o cliente que realizar suas compras no valor de 400 reais, nas lojas do RioMar Shopping participantes da promoção, pode trocar as notas ficais por um par de pulseiras, por CPF cadastrado, para um dos shows.

Funcionamento - Dezembro começa com mudança no horário de funcionamento dos estabelecimentos comerciais situados no Centro comercial e Shoppings de Aracaju. A mudança é resultado de um acordo coletivo de trabalho firmado entre o Sindicato dos Lojistas (Sindilojas) e o Sindicato dos Trabalhadores do Comércio. A mudança teve início ontem, mas o lojista pode optar ou não por acompanhar o novo horário. No Centro/Comércio até o dia 31/12, o horário estendido será das 08h às 22h. Nos dias 24/12 e 31/12 (véspera Natal/Ano Novo): das 08 às 17h. Já os shoppings centers até o dia 30/12 o funcionamento será das 10h às 23h. As consideradas mega lojas e âncoras funcionam das 09h às 23h. Nos dias 24/12 e 31/12 (véspera Natal/Ano Novo), o funcionamento será das 09h às 18h em todas as lojas do shopping.