Escola Estadual José de Alencar Cardoso promove Sarau Poético e lança livreto com textos dos alunos

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/12/2018 às 07:03:00

 

A noite da última sexta-feira (30), tornou-se inesquecível para a comunidade escolar da Escola Estadual José Alencar Cardoso, localizada em Aracaju. A culminância do projeto "Noite poética: nossos versos..." contou com apresentações de teatro, dança, música e recitação de poemas. Na oportunidade, os alunos também autografaram o livreto intitulado Inquietude em versos, lançado durante o evento. Este conteúdo foi organizado pelo professor de Língua Portuguesa, Adilson Oliveira Almeida.
Os moradores do bairro Bugio, pais, equipes diretiva e docente, poetas e pesquisadores prestigiaram o evento. Na ocasião, a chefe de gabinete, Roslilene Maria Santos, representou o secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho. De acordo com ela, iniciativas como esta só comprovam que a rede pública estadual conta com o envolvimento de profissionais altamente capacitados e comprometidos com a melhoria da qualidade do ensino.
 "Com esta ação é visível que os alunos são os protagonistas. Além disso, há uma ruptura do modelo onde somente o professor tem espaço. Assim, tanto os docentes, quanto os discentes são agentes participativos", frisou Rosilene Maria Santos, ao informar que o secretário deixou um grande abraço para todos da Escola Estadual José Alencar Cardoso.
Ainda de acordo com a chefe de gabinete, a realização de projetos pedagógicos promove uma maior eficácia no processo de ensino e aprendizagem. "Por este motivo, nós da Secretaria de Estado da Educação (Seed) nos preocupamos com a formação destes jovens, apoiamos as ações e iniciativas que, de maneira direta ou indireta, promovem avanços no cenário educacional sergipano", anunciou.
O docente, idealizador do projeto e organizador da obra, Adilson Oliveira, destacou que para a realização da culminância desse projeto didático, o apoio da Seed e da equipe da Escola Estadual José de Alencar Cardoso foi de extrema importância. De acordo com ele, houve um incentivo dado pelo chefe da pasta da Educação, no sentido de que a produção dos estudantes deveria ser valorizada. Ele complementa que a poesia é um gênero textual da esfera literária que deve ser trabalhado continuamente na sala de aula, tendo em vista seu poder de educar para a sensibilidade, aguçar os sensos estético e crítico e despertar nos discentes bons sentimentos, além de possibilitar-lhes enxergar o mundo com outros olhos.

A noite da última sexta-feira (30), tornou-se inesquecível para a comunidade escolar da Escola Estadual José Alencar Cardoso, localizada em Aracaju. A culminância do projeto "Noite poética: nossos versos..." contou com apresentações de teatro, dança, música e recitação de poemas. Na oportunidade, os alunos também autografaram o livreto intitulado Inquietude em versos, lançado durante o evento. Este conteúdo foi organizado pelo professor de Língua Portuguesa, Adilson Oliveira Almeida.
Os moradores do bairro Bugio, pais, equipes diretiva e docente, poetas e pesquisadores prestigiaram o evento. Na ocasião, a chefe de gabinete, Roslilene Maria Santos, representou o secretário de Estado da Educação, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho. De acordo com ela, iniciativas como esta só comprovam que a rede pública estadual conta com o envolvimento de profissionais altamente capacitados e comprometidos com a melhoria da qualidade do ensino.
 "Com esta ação é visível que os alunos são os protagonistas. Além disso, há uma ruptura do modelo onde somente o professor tem espaço. Assim, tanto os docentes, quanto os discentes são agentes participativos", frisou Rosilene Maria Santos, ao informar que o secretário deixou um grande abraço para todos da Escola Estadual José Alencar Cardoso.
Ainda de acordo com a chefe de gabinete, a realização de projetos pedagógicos promove uma maior eficácia no processo de ensino e aprendizagem. "Por este motivo, nós da Secretaria de Estado da Educação (Seed) nos preocupamos com a formação destes jovens, apoiamos as ações e iniciativas que, de maneira direta ou indireta, promovem avanços no cenário educacional sergipano", anunciou.
O docente, idealizador do projeto e organizador da obra, Adilson Oliveira, destacou que para a realização da culminância desse projeto didático, o apoio da Seed e da equipe da Escola Estadual José de Alencar Cardoso foi de extrema importância. De acordo com ele, houve um incentivo dado pelo chefe da pasta da Educação, no sentido de que a produção dos estudantes deveria ser valorizada. Ele complementa que a poesia é um gênero textual da esfera literária que deve ser trabalhado continuamente na sala de aula, tendo em vista seu poder de educar para a sensibilidade, aguçar os sensos estético e crítico e despertar nos discentes bons sentimentos, além de possibilitar-lhes enxergar o mundo com outros olhos.