Ciclista cai de ponte improvisada entre povoados e sai ferido

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 04/12/2018 às 07:17:00

 

Um ciclista ficou ferido após cair de ponte improvisada de madeira que passa pelo Rio Poxim-Mirim, entre os povoados Cardoso (São Cristóvão) e Lavandeiras (Nossa Senhora do Socorro). O acidente aconteceu na manhã deste domingo, quando a vítima fazia uma trilha pela região com um grupo de ciclistas. Ao passar de bicicleta pelo local, o condutor esbarrou em alguns pedaços de madeira, se desequilibrou e caiu de uma altura aproximada de 10 metros. 
Os outros ciclistas e moradores da vizinhança se mobilizaram rapidamente e prestaram os primeiros socorros, retirando o ciclista do leito do rio. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez o resgate do paciente e o levou para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), com suspeita de fraturas nos braços e no rosto. O estado de saúde dele não é considerado grave.
Os moradores improvisaram a ponte sobre o rio para interligar a estrada de terra entre os dois povoados, usando troncos de eucalipto e outros pedaços de pau. Eles afirmam que uma antiga ponte, construída ainda na época da colonização de Sergipe pelos portugueses, ficou em ruínas, o que interrompeu a ligação entre os povoados. Ainda segundo a comunidade, este não foi o primeiro acidente ocorrido na ponte improvisada. Há cerca de um mês, outro ciclista caiu do mesmo local e foi internado com fraturas nas costelas. Outra vítima de queda foi um portador de deficiência física.
Os habitantes dos povoados relatam que, sem a ponte, só é possível atravessar o rio em tempos de pouca chuva, quando o rio seca. Já nas chuvas, os povoados ficam ilhados. Eles asseguram ainda que já fizeram várias reclamações às prefeituras de Socorro e de São Cristóvão, dando conhecimento do problema e reivindicando a construção de uma nova ponte. As duas prefeituras informaram em notas, que estão conversando para firmar uma parceria e construir a nova ponte, mas pretendem buscar apoio e recursos junto ao governo do Estado.

Um ciclista ficou ferido após cair de ponte improvisada de madeira que passa pelo Rio Poxim-Mirim, entre os povoados Cardoso (São Cristóvão) e Lavandeiras (Nossa Senhora do Socorro). O acidente aconteceu na manhã deste domingo, quando a vítima fazia uma trilha pela região com um grupo de ciclistas. Ao passar de bicicleta pelo local, o condutor esbarrou em alguns pedaços de madeira, se desequilibrou e caiu de uma altura aproximada de 10 metros. 
Os outros ciclistas e moradores da vizinhança se mobilizaram rapidamente e prestaram os primeiros socorros, retirando o ciclista do leito do rio. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez o resgate do paciente e o levou para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), com suspeita de fraturas nos braços e no rosto. O estado de saúde dele não é considerado grave.
Os moradores improvisaram a ponte sobre o rio para interligar a estrada de terra entre os dois povoados, usando troncos de eucalipto e outros pedaços de pau. Eles afirmam que uma antiga ponte, construída ainda na época da colonização de Sergipe pelos portugueses, ficou em ruínas, o que interrompeu a ligação entre os povoados. Ainda segundo a comunidade, este não foi o primeiro acidente ocorrido na ponte improvisada. Há cerca de um mês, outro ciclista caiu do mesmo local e foi internado com fraturas nas costelas. Outra vítima de queda foi um portador de deficiência física.
Os habitantes dos povoados relatam que, sem a ponte, só é possível atravessar o rio em tempos de pouca chuva, quando o rio seca. Já nas chuvas, os povoados ficam ilhados. Eles asseguram ainda que já fizeram várias reclamações às prefeituras de Socorro e de São Cristóvão, dando conhecimento do problema e reivindicando a construção de uma nova ponte. As duas prefeituras informaram em notas, que estão conversando para firmar uma parceria e construir a nova ponte, mas pretendem buscar apoio e recursos junto ao governo do Estado.