CEEP Gov. Marcelo Déda Chagas realiza formatura das primeiras turmas de Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Alunos durante a formatura em Carmopolis
Alunos durante a formatura em Carmopolis

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 04/12/2018 às 07:25:00

 

Após quase dois 
anos de estudos e 
desafios, 87 alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda, em Carmópolis, concluíram os cursos técnicos subsequentes de Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho. No último final de semana, as cinco primeiras turmas (três de Petróleo e Gás e duas de Segurança do Trabalho) realizaram a cerimônia de formatura. O evento aconteceu no Parque Ecológico das Mangueiras, em Carmópolis, e contou com a participação de 47 alunos formandos, além de seus familiares, amigos e convidados.
O secretário de estado da Educação, professor Josué Modesto, esteve na solenidade de formatura e destacou a importância dos dois cursos para a região. "Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho são cursos que têm muito a ver com a realidade socioeconômica de Carmópolis e região. A escola está chamando muita atenção da comunidade, que está apostando nela como estratégia de qualificação da força de trabalho. Além disso, tem também um certo simbolismo, por levar o nome do governador Marcelo Déda. Essa escola era um projeto muito importante para ele. Hoje é um momento de festa e vamos comemorar com todos", disse.
A professora Rivânia Andrade, coordenadora do Serviço de Educação Profissionalizante, explicou que as necessidades profissionais da região foram o norte para a formatação dos cursos. "Esses cursos vieram para atender a demanda da cidade de Carmópolis. Era uma demanda reprimida que havia na região leste de Sergipe, então formatamos esses cursos junto à Petrobras para atender à comunidade", disse.
A formatura foi um marco para os alunos, principalmente, por serem as primeiras turmas do Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda.
Vestidos de beca e cheios de ansiedade, os jovens formandos não escondiam a emoção por chegarem à conclusão dos estudos. Os alunos Patrícia dos Santos Santana e Rosenaldo de Araújo Santos fizeram o juramento dos cursos.
A diretora do CEEP Gov. Marcelo Déda Chagas, Jerusa Magaly Cruz Silveira Porciúncula, destacou que essas primeiras turmas foram de grande importância para a consolidação e o aprimoramento dos cursos. "No início eu dizia que ao alunos seriam a pedra fundamental. A construção e implantação de um serviço de educação não é fácil, mas estamos caminhando junto com os alunos para que a escola se fortaleça. Os estudantes são o alicerce do Centro Marcelo Déda", afirmou.
 O orador da turma de Segurança do Trabalho, Weberton dos Santos, fez uma avaliação bastante positiva de como o curso irá auxiliar os alunos que estão concluindo os estudos. "O mercado de trabalho está cada vez mais concorrido no Brasil todo, por isso temos que nos qualificar. As pessoas dão muita importância ao nível superior, e têm que dar realmente. Só que o nível técnico surge como uma oportunidade de encontrar emprego mais rapidamente e depois correr atrás da graduação", disse.
O Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda, em Carmópolis, possui atualmente 576 alunos matriculados, entre as turmas de cursos subsequentes, integrados e os de Formação Inicial e Continuada (FICs).
De acordo com a diretora, Jerusa Magaly Cruz Silveira Porciúncula, além dos cursos técnicos de Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho, no próximo ano serão iniciados os cursos técnicos de Mecânica Industrial, Química e Administração.

Após quase dois  anos de estudos e  desafios, 87 alunos do Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda, em Carmópolis, concluíram os cursos técnicos subsequentes de Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho. No último final de semana, as cinco primeiras turmas (três de Petróleo e Gás e duas de Segurança do Trabalho) realizaram a cerimônia de formatura. O evento aconteceu no Parque Ecológico das Mangueiras, em Carmópolis, e contou com a participação de 47 alunos formandos, além de seus familiares, amigos e convidados.
O secretário de estado da Educação, professor Josué Modesto, esteve na solenidade de formatura e destacou a importância dos dois cursos para a região. "Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho são cursos que têm muito a ver com a realidade socioeconômica de Carmópolis e região. A escola está chamando muita atenção da comunidade, que está apostando nela como estratégia de qualificação da força de trabalho. Além disso, tem também um certo simbolismo, por levar o nome do governador Marcelo Déda. Essa escola era um projeto muito importante para ele. Hoje é um momento de festa e vamos comemorar com todos", disse.
A professora Rivânia Andrade, coordenadora do Serviço de Educação Profissionalizante, explicou que as necessidades profissionais da região foram o norte para a formatação dos cursos. "Esses cursos vieram para atender a demanda da cidade de Carmópolis. Era uma demanda reprimida que havia na região leste de Sergipe, então formatamos esses cursos junto à Petrobras para atender à comunidade", disse.
A formatura foi um marco para os alunos, principalmente, por serem as primeiras turmas do Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda.
Vestidos de beca e cheios de ansiedade, os jovens formandos não escondiam a emoção por chegarem à conclusão dos estudos. Os alunos Patrícia dos Santos Santana e Rosenaldo de Araújo Santos fizeram o juramento dos cursos.
A diretora do CEEP Gov. Marcelo Déda Chagas, Jerusa Magaly Cruz Silveira Porciúncula, destacou que essas primeiras turmas foram de grande importância para a consolidação e o aprimoramento dos cursos. "No início eu dizia que ao alunos seriam a pedra fundamental. A construção e implantação de um serviço de educação não é fácil, mas estamos caminhando junto com os alunos para que a escola se fortaleça. Os estudantes são o alicerce do Centro Marcelo Déda", afirmou.
 O orador da turma de Segurança do Trabalho, Weberton dos Santos, fez uma avaliação bastante positiva de como o curso irá auxiliar os alunos que estão concluindo os estudos. "O mercado de trabalho está cada vez mais concorrido no Brasil todo, por isso temos que nos qualificar. As pessoas dão muita importância ao nível superior, e têm que dar realmente. Só que o nível técnico surge como uma oportunidade de encontrar emprego mais rapidamente e depois correr atrás da graduação", disse.
O Centro Estadual de Educação Profissional Governador Marcelo Déda, em Carmópolis, possui atualmente 576 alunos matriculados, entre as turmas de cursos subsequentes, integrados e os de Formação Inicial e Continuada (FICs).
De acordo com a diretora, Jerusa Magaly Cruz Silveira Porciúncula, além dos cursos técnicos de Petróleo e Gás e Segurança do Trabalho, no próximo ano serão iniciados os cursos técnicos de Mecânica Industrial, Química e Administração.