Cortejo homenageia Santa Bárbara

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
ASSOCIAÇÃO LUZ DO ORIENTE COMBATE A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA
ASSOCIAÇÃO LUZ DO ORIENTE COMBATE A INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

O cortejofoi em homenagem a Santa Bárbara, Iansã
O cortejofoi em homenagem a Santa Bárbara, Iansã

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 05/12/2018 às 07:11:00

 

Pelo décimo segundo ano consecutivo a Associação Luz do Oriente realizou a festividade em homenagem a Santa Bárbara, ou Iansã para as religiões de matriz africana. Na luta contra a intolerância religiosa, o cortejo foi realizado na manhã de ontem em bairros da região Norte de Aracaju, com destino ao mercado central da capital. Como já é de tradição, os grupos ocuparam vias expressas ao som de atabaques e clarins, enquanto perfumavam o trajeto com água de cheiro.
Para a yaolorixá, Rita de Cássia, semelhantemente aos anos anteriores, é de fundamental importância agradecer a participação dos filhos de santo e simpatizantes das religiões de matriz afro que participaram do evento. Conforme avaliado por Rita, o dia de ontem trata-se de um momento especial, já que os grupos participantes decidem abrir as portas do terreiro para festejar na rua, mostrando ao povo a devoção e reafirmando a sobrevivência da cultura no Estado de Sergipe. Para garantir a segurança dos religiosos, equipes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), acompanharam o cortejo.
 
"Ao longo dos últimos anos temos percebido que o preconceito vem caindo e as pessoas passam a compreender a nossa religião. Apesar desses avanços, nos deparamos ainda com atos de intolerância religiosa e hoje também é um dia de luta em busca por respeito. A partir do momento em que o livre arbítrio for respeitado, acreditem, passaremos a vivenciar um mundo muito mais harmonioso, repleto de paz, bênçãos e fraternidade entre os povos. Viva a cultura afro!", declarou. Sobre o futuro do movimento, a yaolorixá destacou: "seguimos trabalhando para que os avanços sejam conquistados e essa data especial não seja esquecida". A atividade foi encerrada por voltas das 11h. (Milton Alves Júnior)

Pelo décimo segundo ano consecutivo a Associação Luz do Oriente realizou a festividade em homenagem a Santa Bárbara, ou Iansã para as religiões de matriz africana. Na luta contra a intolerância religiosa, o cortejo foi realizado na manhã de ontem em bairros da região Norte de Aracaju, com destino ao mercado central da capital. Como já é de tradição, os grupos ocuparam vias expressas ao som de atabaques e clarins, enquanto perfumavam o trajeto com água de cheiro.
Para a yaolorixá, Rita de Cássia, semelhantemente aos anos anteriores, é de fundamental importância agradecer a participação dos filhos de santo e simpatizantes das religiões de matriz afro que participaram do evento. Conforme avaliado por Rita, o dia de ontem trata-se de um momento especial, já que os grupos participantes decidem abrir as portas do terreiro para festejar na rua, mostrando ao povo a devoção e reafirmando a sobrevivência da cultura no Estado de Sergipe. Para garantir a segurança dos religiosos, equipes da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), acompanharam o cortejo. "Ao longo dos últimos anos temos percebido que o preconceito vem caindo e as pessoas passam a compreender a nossa religião. Apesar desses avanços, nos deparamos ainda com atos de intolerância religiosa e hoje também é um dia de luta em busca por respeito. A partir do momento em que o livre arbítrio for respeitado, acreditem, passaremos a vivenciar um mundo muito mais harmonioso, repleto de paz, bênçãos e fraternidade entre os povos. Viva a cultura afro!", declarou. Sobre o futuro do movimento, a yaolorixá destacou: "seguimos trabalhando para que os avanços sejam conquistados e essa data especial não seja esquecida". A atividade foi encerrada por voltas das 11h. (Milton Alves Júnior)