MP apresentará documentário sobre produções culturais de membros da Instituição

Cultura

 

A Procuradoria-Geral de Justiça e o Centro de Memória do Ministério Público de Sergipe - "Procurador de Justiça Pedro Iroíto Dória Leó" apresentarão nesta sexta-feira (07), às 9h, no Auditório Promotor de Justiça Valdir de Freitas Dantas, edifício-sede na Capital, o documentário "Poesia e Corredores".
Dirigido pelo cineasta e professor de geografia Sérgio Borges, o filme traz depoimentos de cinco personalidades do Estado que dedicaram a vida ao Ministério Público. Essas mesmas personagens têm uma forte ligação com o universo cultural, seja na área da literatura, imprensa escrita, teatro e artes plásticas. 
"O documentário pretende mostrar a participação de cinco membros aposentados do MP do Estado de Sergipe. A produção enfatiza o resgate da memória oral por meio de depoimentos, com enfoque no aspecto humano, valorizando o viés cultural, propondo-se à captação de vozes de homens e mulheres já aposentados, que constroem, unem, emocionam, sensibilizam e atuam como fator de aproximação da justiça ao trabalho com seus operadores e com a sociedade", explicou Sérgio Borges.
O curta-metragem, com 37 minutos, conta com depoimentos do procurador de Justiça e também escritor Manoel Pascoal Nabuco D' Ávila; da procuradora de Justiça e poetisa Maria Eugênia da Silva Ribeiro; da promotora de Justiça e poetisa Maria Esther Lima de Azevedo Andrade; do procurador de Justiça, escritor e poeta Eduardo de Cabral Menezes; e do procurador de Justiça e pianista clássico Darcilo Melo Costa.

A Procuradoria-Geral de Justiça e o Centro de Memória do Ministério Público de Sergipe - "Procurador de Justiça Pedro Iroíto Dória Leó" apresentarão nesta sexta-feira (07), às 9h, no Auditório Promotor de Justiça Valdir de Freitas Dantas, edifício-sede na Capital, o documentário "Poesia e Corredores".
Dirigido pelo cineasta e professor de geografia Sérgio Borges, o filme traz depoimentos de cinco personalidades do Estado que dedicaram a vida ao Ministério Público. Essas mesmas personagens têm uma forte ligação com o universo cultural, seja na área da literatura, imprensa escrita, teatro e artes plásticas. 
"O documentário pretende mostrar a participação de cinco membros aposentados do MP do Estado de Sergipe. A produção enfatiza o resgate da memória oral por meio de depoimentos, com enfoque no aspecto humano, valorizando o viés cultural, propondo-se à captação de vozes de homens e mulheres já aposentados, que constroem, unem, emocionam, sensibilizam e atuam como fator de aproximação da justiça ao trabalho com seus operadores e com a sociedade", explicou Sérgio Borges.
O curta-metragem, com 37 minutos, conta com depoimentos do procurador de Justiça e também escritor Manoel Pascoal Nabuco D' Ávila; da procuradora de Justiça e poetisa Maria Eugênia da Silva Ribeiro; da promotora de Justiça e poetisa Maria Esther Lima de Azevedo Andrade; do procurador de Justiça, escritor e poeta Eduardo de Cabral Menezes; e do procurador de Justiça e pianista clássico Darcilo Melo Costa.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS