Acusado de matar menino de 12 anos na Atalaia é detido

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 06/12/2018 às 07:34:00

 

Em outra ação policial ocorrida ontem na Barra dos Coqueiros, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam Marques Dias de Santana, 21 anos, acusado de matar um adolescente de 12 anos. O crime aconteceu após uma discussão na noite do dia 6 de novembro, na porta de uma agência do Banese na Orla de Atalaia (zona sul).
De acordo com o delegado Kassio Viana, responsável pelo caso, Marques saiu da região do Aeroporto, onde morava, e mudou-se para região da Barra dos Coqueiros para não levantar suspeitas, após cometer o homicídio contra o adolescente e cometer três roubos. Por meio das investigações do DHPP, do Disque-Denúncia e informações passadas pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e pela 9ª Delegacia Metropolitana (9ª DM), que já o investigavam por crimes de roubo a farmácias, o homem de 21 anos, foi preso com alguns pertences utilizados por ele durante os crimes.  
"Encontramos dinheiro, provavelmente produto dos roubos, uma mochila que utilizava no dia que praticou o homicídio, e a bicicleta que ele estava no dia. A bicicleta, inclusive era preta com amarelo, mas quando encontramos ele já tinha pintado ela toda de preto para que a polícia não encontrasse. Encontramos o revólver utilizado no crime, apreendemos também uma faca que estava em poder dele e celulares, provavelmente fruto de roubos", explicou.        
Ainda de acordo com o delegado, Marques não tinha nenhuma passagem pela polícia antes de cometer esses crimes. Sobre a motivação do crime, o acusado disse que fez isso por conta de uma suposta ameaça. No entanto, as investigações seguem para chegar até o real motivo. Já as investigações sobre os demais crimes, que ele praticou naquela área do Santa Maria e Aruana, seguirão em andamento.  

Em outra ação policial ocorrida ontem na Barra dos Coqueiros, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam Marques Dias de Santana, 21 anos, acusado de matar um adolescente de 12 anos. O crime aconteceu após uma discussão na noite do dia 6 de novembro, na porta de uma agência do Banese na Orla de Atalaia (zona sul).
De acordo com o delegado Kassio Viana, responsável pelo caso, Marques saiu da região do Aeroporto, onde morava, e mudou-se para região da Barra dos Coqueiros para não levantar suspeitas, após cometer o homicídio contra o adolescente e cometer três roubos. Por meio das investigações do DHPP, do Disque-Denúncia e informações passadas pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e pela 9ª Delegacia Metropolitana (9ª DM), que já o investigavam por crimes de roubo a farmácias, o homem de 21 anos, foi preso com alguns pertences utilizados por ele durante os crimes.  
"Encontramos dinheiro, provavelmente produto dos roubos, uma mochila que utilizava no dia que praticou o homicídio, e a bicicleta que ele estava no dia. A bicicleta, inclusive era preta com amarelo, mas quando encontramos ele já tinha pintado ela toda de preto para que a polícia não encontrasse. Encontramos o revólver utilizado no crime, apreendemos também uma faca que estava em poder dele e celulares, provavelmente fruto de roubos", explicou.        
Ainda de acordo com o delegado, Marques não tinha nenhuma passagem pela polícia antes de cometer esses crimes. Sobre a motivação do crime, o acusado disse que fez isso por conta de uma suposta ameaça. No entanto, as investigações seguem para chegar até o real motivo. Já as investigações sobre os demais crimes, que ele praticou naquela área do Santa Maria e Aruana, seguirão em andamento.