PRÊMIO E CASTIGO

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 13/12/2018 às 04:55:00

 

* Rômulo Rodrigues
Uma das frases mais bestiais proferidas pelos que têm o cérebro alugado, quando alguém se refere aos desmandos das elites é, vá para Cuba.
Acaba que, o que seria um escárnio, revela um conselho que deveria ser dado a quem se estima, como indicação de um lugar a ser visitado, com grandes predicativos, como o que foi destacado num evento mundial sobre turismo em Madri, Espanha, de que Cuba é o País mais seguro para turistas, no mundo.
Um dos mais raivosos pistoleiros ideológicos do Site "O Antagonista", a título de execrar a Ilha, vomitou que lá só tem três coisas que prestam; Saúde, Educação e Segurança. Só para aumentar sua raiva, um relatório recente da OMS diz que, a Saúde em Cuba é uma das melhores do mundo, comprovadamente atestada por centenas de pessoas dos EUA que vão para lá fazer tratamentos por não terem remédios e profissionais à altura dos cubanos.
Outra constatação para deixar desinformado espumando é de um grupo de brasileiros que disse encontrar mais "Gente de Rua" em qualquer Rua ou Avenida de Sampa do que em todo território da Ilha. Ah! Antes que me desejem o prêmio de ir para Cuba, desejo-lhes o castigo de irem para Porto Rico e que levem toneladas de laranjas para comemorar a descoberta da ponta da linha do carretel  da corrupção de quem eles votaram para Presidente.
Motivos não hão de faltar para comemorar; foram mais de 10 mil  CPF'S furtados de idosos para aquisições de Chips telefônicos para emissão de Fakes News.
De lá da Colônia da Matriz poderão esclarecer porque nas denúncias do MPF nunca apareceram contas, saques ou depósitos, malas de dinheiro em nome de Lula e o porque não investigarem o que já apareceu em nome da família Bolsonaro.
Notícias poderão dar conta de que na lista de mesada de Pezão, Governador eleito com o apoio de Jair, está o nome de Michelle Bolsonaro, mas quem foi perseguida até à morte foi Da. Marisa Letícia.
Ficarão sabendo também, que Fabrício Queiroz, não era um simples assessor de Flávio Bolsonaro; ele pescava com o pai do patrão, conforme farto material de divulgação na Internet.
Ora, pois! Um motorista que movimentou R$ 1,2 milhão e empregou a mulher e duas filhas nos gabinetes dos mitinhos, fez 176 operações de saques e depósitos, sendo cinco saques em um só dia; que agia como caixa eletrônico da família e, pede R$ 40 mil emprestados ao Chefão, para pagar em 10 parcelas iguais, deposita um cheque de R$ 40 mil na conta da 1ª dama, tinha que ser nomeado  Ministro da Economia e do Emprego, por empregar tanta gente nos gabinetes dos descendentes do homem que foi preso porque exercia a profissão de Dentista, sem ser formado. Não foi o pai do Lula, foi o pai de Jair Messias.
Interessante é essa astuta imprensa não descobrir que outros sete assessores de Eduardo Bolsonaro fizeram depósitos na conta do policial militar, ex-assessor, amigo íntimo e parceiro de pescarias nas horas vagas.
A explicação do presidente eleito sobre o depósito de R$ 24 mil é; ou uma grande piada ou imbecilidade pura. Ele disse: Eu poderia ter depositado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa porque eu não tempo de sair de casa. Peraí, pelo que todo mundo sabe quem sai de casa para depositar é o emitente do cheque e não o receptor.
Ninguém espere que Moro vá investigar o depósito na conta de Michelle; por princípio e para não ser acusado de misoginia. Ele não costuma investigar contas de mulheres. Foi assim com a mulher de Cunha e com a mulher dele que teve depósito feito por Tacla Duran. Compreensível, a Da. Rosângela Moro também é suspeita nos desvios das APAES do Paraná de R$ 500 milhões.
É, atribuída a Moro a seguinte reflexão; o que há de errado em um motorista dar à esposa do pai do seu patrão, um cheque de 24 mil reais?
Aproveitem bem, afinal você vãos ser respeitados e aplaudidos na nova Pátria, como o incrível povo de um País Latino cuja classe baixa se achava média, a média se achava alta e a alta se achava norte-americana.
Logo de cara ostentarão o índice de 15,2 milhões de pessoas na extrema pobreza, alcançado nos últimos dois anos e, encherão o peito de orgulho ao dizerem: deixamos para trás um País livre do PT.
 Livramo-nos da CLT, de Férias, 13º Salário, Previdência, FGTS, Aposentadoria e do Ministério do Trabalho e do Emprego. Estamos livres para conquistar o mundo sem a ameaça do Comunismo.
Por tudo isso, estamos aqui, nesse País Colônia, para comemorar as vitórias de uma Nação que lança Bomba que custa 100 milhões de Dólares, que voa a um custo de 42 mil Dólares a hora para matar pessoas que teimam em viver com menos de um Dólar por dia.
Viva a riqueza, ela é tudo.
* Rômulo Rodrigues é militante político

* Rômulo Rodrigues

Uma das frases mais bestiais proferidas pelos que têm o cérebro alugado, quando alguém se refere aos desmandos das elites é, vá para Cuba.
Acaba que, o que seria um escárnio, revela um conselho que deveria ser dado a quem se estima, como indicação de um lugar a ser visitado, com grandes predicativos, como o que foi destacado num evento mundial sobre turismo em Madri, Espanha, de que Cuba é o País mais seguro para turistas, no mundo.
Um dos mais raivosos pistoleiros ideológicos do Site "O Antagonista", a título de execrar a Ilha, vomitou que lá só tem três coisas que prestam; Saúde, Educação e Segurança. Só para aumentar sua raiva, um relatório recente da OMS diz que, a Saúde em Cuba é uma das melhores do mundo, comprovadamente atestada por centenas de pessoas dos EUA que vão para lá fazer tratamentos por não terem remédios e profissionais à altura dos cubanos.
Outra constatação para deixar desinformado espumando é de um grupo de brasileiros que disse encontrar mais "Gente de Rua" em qualquer Rua ou Avenida de Sampa do que em todo território da Ilha. Ah! Antes que me desejem o prêmio de ir para Cuba, desejo-lhes o castigo de irem para Porto Rico e que levem toneladas de laranjas para comemorar a descoberta da ponta da linha do carretel  da corrupção de quem eles votaram para Presidente.
Motivos não hão de faltar para comemorar; foram mais de 10 mil  CPF'S furtados de idosos para aquisições de Chips telefônicos para emissão de Fakes News.
De lá da Colônia da Matriz poderão esclarecer porque nas denúncias do MPF nunca apareceram contas, saques ou depósitos, malas de dinheiro em nome de Lula e o porque não investigarem o que já apareceu em nome da família Bolsonaro.
Notícias poderão dar conta de que na lista de mesada de Pezão, Governador eleito com o apoio de Jair, está o nome de Michelle Bolsonaro, mas quem foi perseguida até à morte foi Da. Marisa Letícia.
Ficarão sabendo também, que Fabrício Queiroz, não era um simples assessor de Flávio Bolsonaro; ele pescava com o pai do patrão, conforme farto material de divulgação na Internet.
Ora, pois! Um motorista que movimentou R$ 1,2 milhão e empregou a mulher e duas filhas nos gabinetes dos mitinhos, fez 176 operações de saques e depósitos, sendo cinco saques em um só dia; que agia como caixa eletrônico da família e, pede R$ 40 mil emprestados ao Chefão, para pagar em 10 parcelas iguais, deposita um cheque de R$ 40 mil na conta da 1ª dama, tinha que ser nomeado  Ministro da Economia e do Emprego, por empregar tanta gente nos gabinetes dos descendentes do homem que foi preso porque exercia a profissão de Dentista, sem ser formado. Não foi o pai do Lula, foi o pai de Jair Messias.
Interessante é essa astuta imprensa não descobrir que outros sete assessores de Eduardo Bolsonaro fizeram depósitos na conta do policial militar, ex-assessor, amigo íntimo e parceiro de pescarias nas horas vagas.
A explicação do presidente eleito sobre o depósito de R$ 24 mil é; ou uma grande piada ou imbecilidade pura. Ele disse: Eu poderia ter depositado na minha conta. Foi para a conta da minha esposa porque eu não tempo de sair de casa. Peraí, pelo que todo mundo sabe quem sai de casa para depositar é o emitente do cheque e não o receptor.
Ninguém espere que Moro vá investigar o depósito na conta de Michelle; por princípio e para não ser acusado de misoginia. Ele não costuma investigar contas de mulheres. Foi assim com a mulher de Cunha e com a mulher dele que teve depósito feito por Tacla Duran. Compreensível, a Da. Rosângela Moro também é suspeita nos desvios das APAES do Paraná de R$ 500 milhões.
É, atribuída a Moro a seguinte reflexão; o que há de errado em um motorista dar à esposa do pai do seu patrão, um cheque de 24 mil reais?
Aproveitem bem, afinal você vãos ser respeitados e aplaudidos na nova Pátria, como o incrível povo de um País Latino cuja classe baixa se achava média, a média se achava alta e a alta se achava norte-americana.
Logo de cara ostentarão o índice de 15,2 milhões de pessoas na extrema pobreza, alcançado nos últimos dois anos e, encherão o peito de orgulho ao dizerem: deixamos para trás um País livre do PT.
 Livramo-nos da CLT, de Férias, 13º Salário, Previdência, FGTS, Aposentadoria e do Ministério do Trabalho e do Emprego. Estamos livres para conquistar o mundo sem a ameaça do Comunismo.
Por tudo isso, estamos aqui, nesse País Colônia, para comemorar as vitórias de uma Nação que lança Bomba que custa 100 milhões de Dólares, que voa a um custo de 42 mil Dólares a hora para matar pessoas que teimam em viver com menos de um Dólar por dia.
Viva a riqueza, ela é tudo.

* Rômulo Rodrigues é militante político