Aracaju é selecionada na categoria Música do projeto Cidades Criativas do Ministério da Cultura

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/12/2018 às 06:20:00

 

O município de Ara-
caju foi seleciona
do na categoria Música, através de edital do Ministério da Cultura (MinC), para receber consultoria com o objetivo de desenvolver candidatura à Rede das Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A rede tem o objetivo de promover a cooperação internacional entre cidades que investem na cultura e na criatividade como fatores de estímulo ao desenvolvimento sustentável.
Até este domingo, o MinC e a Unesco estão realizando uma seleção pública para contratar consultores responsáveis por elaborar dossiês de candidatura das 15 cidades brasileiras contempladas. Podem se candidatar profissionais de Ciências Humanas, Sociais ou Sociais Aplicadas com experiência ou pós-graduação em mercado cultural e criativo. 
 Serão 15 vagas, distribuídas em cinco perfis, de acordo com as categorias em que as cidades querem se candidatar: música para Diamantina (MG), Campinas (SP), Rio das Ostras (RJ), Pelotas (RS), Aracaju (SE) e Taubaté (SP); cinema para Cataguases (MG), Niterói (RJ) e Novo Hamburgo (RS); gastronomia para Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP); artesanato e artes folclóricas para Itaboraí (RJ), Imbituba (SC) e Santana de Parnaíba (SP); e artes midiáticas para Duque de Caxias (RJ). 
A consultoria será prestada pelo período de três meses, nos quais o consultor terá que elaborar uma série de documentos, como diagnóstico de potencialidades, oportunidades de desenvolvimento e desafios do setor escolhido no município, proposta de plano de ação à luz da missão da Rede de Cidades Criativas e minuta do formulário de candidatura.
A candidatura deve demonstrar, de forma clara e prática, a disposição, o compromisso e a capacidade da localidade em contribuir com os compromissos da Rede. Deve apresentar um plano de ação realístico, incluindo detalhamento de projetos, iniciativas e políticas a serem executadas nos quatro anos seguintes à admissão ao Programa.
  
Cidades Criativas  - A Rede de Cidades Criativas foi criada em 2004. Na prática, as participantes assumem o compromisso de compartilhar experiências e conhecimento entre si; desenvolver parcerias com os setores público, privado e a sociedade civil; fomentar programas e redes de intercâmbio profissional e artístico; e realizar estudos, pesquisas e criar meios de divulgação que ampliem o conhecimento sobre a Rede e suas atividades.

O município de Ara- caju foi seleciona do na categoria Música, através de edital do Ministério da Cultura (MinC), para receber consultoria com o objetivo de desenvolver candidatura à Rede das Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A rede tem o objetivo de promover a cooperação internacional entre cidades que investem na cultura e na criatividade como fatores de estímulo ao desenvolvimento sustentável.
Até este domingo, o MinC e a Unesco estão realizando uma seleção pública para contratar consultores responsáveis por elaborar dossiês de candidatura das 15 cidades brasileiras contempladas. Podem se candidatar profissionais de Ciências Humanas, Sociais ou Sociais Aplicadas com experiência ou pós-graduação em mercado cultural e criativo. 
 Serão 15 vagas, distribuídas em cinco perfis, de acordo com as categorias em que as cidades querem se candidatar: música para Diamantina (MG), Campinas (SP), Rio das Ostras (RJ), Pelotas (RS), Aracaju (SE) e Taubaté (SP); cinema para Cataguases (MG), Niterói (RJ) e Novo Hamburgo (RS); gastronomia para Belo Horizonte (MG) e São Paulo (SP); artesanato e artes folclóricas para Itaboraí (RJ), Imbituba (SC) e Santana de Parnaíba (SP); e artes midiáticas para Duque de Caxias (RJ). 
A consultoria será prestada pelo período de três meses, nos quais o consultor terá que elaborar uma série de documentos, como diagnóstico de potencialidades, oportunidades de desenvolvimento e desafios do setor escolhido no município, proposta de plano de ação à luz da missão da Rede de Cidades Criativas e minuta do formulário de candidatura.
A candidatura deve demonstrar, de forma clara e prática, a disposição, o compromisso e a capacidade da localidade em contribuir com os compromissos da Rede. Deve apresentar um plano de ação realístico, incluindo detalhamento de projetos, iniciativas e políticas a serem executadas nos quatro anos seguintes à admissão ao Programa.  

Cidades Criativas  - A Rede de Cidades Criativas foi criada em 2004. Na prática, as participantes assumem o compromisso de compartilhar experiências e conhecimento entre si; desenvolver parcerias com os setores público, privado e a sociedade civil; fomentar programas e redes de intercâmbio profissional e artístico; e realizar estudos, pesquisas e criar meios de divulgação que ampliem o conhecimento sobre a Rede e suas atividades.