Conselheira destaca treinamento voltado ao Controle Interno de 14 municípios

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/12/2018 às 06:27:00

 

A conselheira Susana Azevedo, do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), anunciou na sessão do Pleno dessa quinta-feira, 13, que o Controle Interno dos 14 municípios atualmente sob sua relatoria passarão por treinamento para assegurar o bom gerenciamento dos recursos públicos nessas localidades. A ação já teve início com o município de Carmópolis, e seguirá junto aos demais no mês de janeiro.
"Tudo começa com o Controle Interno; se este controle fizer um trabalho excelente, sério, de fiscalização do município, com certeza o resultado virá nas prestações de contas", disse a conselheira.
A ideia é saber o que está acontecendo nas contas públicas destes municípios a fim de "ver a sangria e o que está sendo embutido nas contas e nas folhas de pagamento". Para a conselheira, o foco é gerar economia nestas gestões públicas, apesar dos recursos escassos atuais, a fim de que possa haver mais investimentos em áreas específicas que são mais necessitadas pela população, como a da Saúde.  
Compete atualmente a Susana Azevedo relatar os processos dos municípios que integram a 3ª Área de Controle e Inspeção. São eles: Aquidabã, Barra dos Coqueiros, Campo do Brito, Carmópolis, Cristinápolis, General Maynard, Indiaroba, Maruim, Malhador, Santa Luzia do Itanhy, Santo Amaro das Brotas, Rosário do Catete, Umbaúba e Pacatuba.

A conselheira Susana Azevedo, do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE), anunciou na sessão do Pleno dessa quinta-feira, 13, que o Controle Interno dos 14 municípios atualmente sob sua relatoria passarão por treinamento para assegurar o bom gerenciamento dos recursos públicos nessas localidades. A ação já teve início com o município de Carmópolis, e seguirá junto aos demais no mês de janeiro.
"Tudo começa com o Controle Interno; se este controle fizer um trabalho excelente, sério, de fiscalização do município, com certeza o resultado virá nas prestações de contas", disse a conselheira.
A ideia é saber o que está acontecendo nas contas públicas destes municípios a fim de "ver a sangria e o que está sendo embutido nas contas e nas folhas de pagamento". Para a conselheira, o foco é gerar economia nestas gestões públicas, apesar dos recursos escassos atuais, a fim de que possa haver mais investimentos em áreas específicas que são mais necessitadas pela população, como a da Saúde.  
Compete atualmente a Susana Azevedo relatar os processos dos municípios que integram a 3ª Área de Controle e Inspeção. São eles: Aquidabã, Barra dos Coqueiros, Campo do Brito, Carmópolis, Cristinápolis, General Maynard, Indiaroba, Maruim, Malhador, Santa Luzia do Itanhy, Santo Amaro das Brotas, Rosário do Catete, Umbaúba e Pacatuba.