Prefeitura finaliza busca ativa no Santa Maria e no 17 de Março

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/12/2018 às 06:37:00

 

A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Educação (Semed), encerrou ontem, o levantamento sobre a demanda por matrícula na educação infantil nos bairros Santa Maria e 17 de Março. Durante toda esta semana, as escolas municipais, os postos de saúde e os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) dos bairros receberam técnicos da Semed para realizar os cadastramentos.
O objetivo da Busca Ativa, que teve início na última segunda-feira, 10, é identificar a demanda de crianças de zero a cinco anos e onze meses, residentes nos dois bairros, e que não estão matriculadas em nenhuma instituição de ensino, pública ou privada. O levantamento ajudará a planejar a oferta de vagas em creches e pré-escolas para os próximos anos.
A população atendeu ao chamado e compareceu aos postos de cadastramento durante esta semana. A gerente de transportadora Lilian Mara Monteiro soube da busca ativa pela televisão e levou sua documentação à Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Papa João Paulo II. "Tenho uma filha de um ano e nove meses e gostaria de matriculá-la em uma escola de educação infantil aqui do bairro. Achei a forma que a Prefeitura encontrou para fazer esse levantamento muito prática e também pude esclarecer algumas dúvidas aqui", comentou.
Os números serão consolidados no final de semana, mas há a estimativa de que mais de 600 famílias responderam ao chamamento público e compareceram aos postos de atendimento. "Concluindo esta semana de trabalho, vemos como essa foi uma ação vitoriosa. Em alguns locais nesta sexta-feira, houve até filas. Na próxima segunda-feira, sentaremos com a secretária Cecília Leite para avaliarmos tanto a realização desta atividade, quanto dos números que ela produziu e, evidentemente, essa reunião definirá a continuação do chamamento público em outros territórios da cidade, principalmente naquelas regiões que sabemos que tem maior demanda", afirmou o diretor de Educação Básica da Semed, Manuel Prado.

A Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Educação (Semed), encerrou ontem, o levantamento sobre a demanda por matrícula na educação infantil nos bairros Santa Maria e 17 de Março. Durante toda esta semana, as escolas municipais, os postos de saúde e os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) dos bairros receberam técnicos da Semed para realizar os cadastramentos.
O objetivo da Busca Ativa, que teve início na última segunda-feira, 10, é identificar a demanda de crianças de zero a cinco anos e onze meses, residentes nos dois bairros, e que não estão matriculadas em nenhuma instituição de ensino, pública ou privada. O levantamento ajudará a planejar a oferta de vagas em creches e pré-escolas para os próximos anos.
A população atendeu ao chamado e compareceu aos postos de cadastramento durante esta semana. A gerente de transportadora Lilian Mara Monteiro soube da busca ativa pela televisão e levou sua documentação à Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Papa João Paulo II. "Tenho uma filha de um ano e nove meses e gostaria de matriculá-la em uma escola de educação infantil aqui do bairro. Achei a forma que a Prefeitura encontrou para fazer esse levantamento muito prática e também pude esclarecer algumas dúvidas aqui", comentou.
Os números serão consolidados no final de semana, mas há a estimativa de que mais de 600 famílias responderam ao chamamento público e compareceram aos postos de atendimento. "Concluindo esta semana de trabalho, vemos como essa foi uma ação vitoriosa. Em alguns locais nesta sexta-feira, houve até filas. Na próxima segunda-feira, sentaremos com a secretária Cecília Leite para avaliarmos tanto a realização desta atividade, quanto dos números que ela produziu e, evidentemente, essa reunião definirá a continuação do chamamento público em outros territórios da cidade, principalmente naquelas regiões que sabemos que tem maior demanda", afirmou o diretor de Educação Básica da Semed, Manuel Prado.