Mais um banhista morre na Praia de Atalaia

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/12/2018 às 06:40:00

 

Milton Alves Júnior
Na manhã de ontem equipes do Grupamento Marítimo Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (GMar), resgataram ainda com vida o alagoano, José Fábio Pereira, de 39 anos, que sofreu afogamento enquanto se banhava na Praia de Atalaia, nas mediações dos arcos da Orla. De acordo com a corporação, populares flagraram o acidente, conseguiram remover da água o banhista ainda com vida, e, ainda respirando ele chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento Fernando Franco, no bairro Augusto Franco. Apesar dos esforços coletivos José Fábio Pereira acabou falecendo. O CBM volta a enaltecer as zonas de perigo na faixa litorânea mais utilizada pelos sergipanos em dia de sol.
"Todas as praias, desde Mosqueiro até Coroa do Meio, estão perigosas. Existem aquelas piscinas naturais, mas o banhistas costumam passar delas para o encontro das ondas e corre o risco da correnteza o levar para a parte mais profunda. E é aí que costuma acontecer o afogamento. Estamos sempre tirando o pessoal da área de risco e conscientizando, mas infelizmente hoje aconteceu essa fatalidade", declarou o comandante do GMar, coronel Hector Monteiro. Ainda sobre o alagoano natural da cidade de Arapiraca, até a tarde de ontem as investigações indicavam que a vítima estava sozinho no momento em que ocorreu o afogamento.
Sobre a atuação procedida neste caso, o comandante do Grupamento Marítimo enalteceu o trabalho rápido promovido pela equipe de resgate, bem como dos profissionais da unidade de saúde. "Assim que recebemos o comunicado de imediato seguimos para o local indicado, onde nos deparamos com a vítima já fora da água. Os primeiros socorros foram realizados e em seguida encaminhado às pressas para a unidade mais próxima, onde também foi atendido rapidamente. É triste saber que mais uma pessoa perdeu a vida por afogamento sofrido nesta região que volto a destacar: é bastante perigosa", afirmou Hector Monteiro.
Conforme procedimento natural, o corpo de José Fábio Pereira foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, onde seguiu aguardando reconhecimento e liberação por parte de algum familiar. Com mais este registro, sobe para quatro o número de vítimas fatais causada por afogamento no Estado de Sergipe nesta primeira quinzena de dezembro.

Na manhã de ontem equipes do Grupamento Marítimo Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (GMar), resgataram ainda com vida o alagoano, José Fábio Pereira, de 39 anos, que sofreu afogamento enquanto se banhava na Praia de Atalaia, nas mediações dos arcos da Orla. De acordo com a corporação, populares flagraram o acidente, conseguiram remover da água o banhista ainda com vida, e, ainda respirando ele chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento Fernando Franco, no bairro Augusto Franco. Apesar dos esforços coletivos José Fábio Pereira acabou falecendo. O CBM volta a enaltecer as zonas de perigo na faixa litorânea mais utilizada pelos sergipanos em dia de sol.
"Todas as praias, desde Mosqueiro até Coroa do Meio, estão perigosas. Existem aquelas piscinas naturais, mas o banhistas costumam passar delas para o encontro das ondas e corre o risco da correnteza o levar para a parte mais profunda. E é aí que costuma acontecer o afogamento. Estamos sempre tirando o pessoal da área de risco e conscientizando, mas infelizmente hoje aconteceu essa fatalidade", declarou o comandante do GMar, coronel Hector Monteiro. Ainda sobre o alagoano natural da cidade de Arapiraca, até a tarde de ontem as investigações indicavam que a vítima estava sozinho no momento em que ocorreu o afogamento.
Sobre a atuação procedida neste caso, o comandante do Grupamento Marítimo enalteceu o trabalho rápido promovido pela equipe de resgate, bem como dos profissionais da unidade de saúde. "Assim que recebemos o comunicado de imediato seguimos para o local indicado, onde nos deparamos com a vítima já fora da água. Os primeiros socorros foram realizados e em seguida encaminhado às pressas para a unidade mais próxima, onde também foi atendido rapidamente. É triste saber que mais uma pessoa perdeu a vida por afogamento sofrido nesta região que volto a destacar: é bastante perigosa", afirmou Hector Monteiro.
Conforme procedimento natural, o corpo de José Fábio Pereira foi encaminhado ao Instituto Médico Legal, onde seguiu aguardando reconhecimento e liberação por parte de algum familiar. Com mais este registro, sobe para quatro o número de vítimas fatais causada por afogamento no Estado de Sergipe nesta primeira quinzena de dezembro.