Escola Sérgio Correa homenageia secretário de esportes

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/12/2018 às 04:28:00

 

A Escola de Árbitros Sérgio Corrêa uma parceria da Federação Sergipana de Futebol (FSF) promoveu na noite do último sábado, 15 a solenidade de formatura de mais uma turma de árbitros, que já se encontram aptos para atuar em competições oficiais. O homenageado deste ano foi o secretário estadual de Esportes e ex-ábitro Antônio Hora Filho. 
Foram colocados à disposição da FSF 22 profissionais do apito, alguns deles já estão atuando em jogos oficiais como Michel Tavares, que apitou domingo a decisão do futebol feminino entre Canindé e Real Sergipe, no Andrezão em Canindé, com excelente trabalho.     
O evento aconteceu no salão nobre do Quality Hotel e contou com as presenças dos formandos, familiares, dirigentes e autoridades da sociedade sergipana, além da imprensa. O início das aulas aconteceu em janeiro e teve a duração de 12 meses. Nesse período os alunos participaram de aulas teóricas e práticas. 
  
Os alunos da escola também tiveram a oportunidade de estagiar e se aperfeiçoaram no Campeonato Sergipano SUB-18 e SUB-16, além do Campeonato Feminino Adulto. As duas competições foram promovidas pela FSF. Ao longo do curso foram realizadas jornadas técnicas com a presença de instrutores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
O diretor da Escola Sérgio Corrêa, Ivaney Alves Lima comandou e gerenciou o curso durante todo o ano. Em 2019, Ivaney informou que a turma da Escola de 2019 levará o nome do presidente da FSF, Milton Dantas. A previsão é do início das aulas em janeiro, nos próximos dias a EASC estará divulgando a programação do curso.

A Escola de Árbitros Sérgio Corrêa uma parceria da Federação Sergipana de Futebol (FSF) promoveu na noite do último sábado, 15 a solenidade de formatura de mais uma turma de árbitros, que já se encontram aptos para atuar em competições oficiais. O homenageado deste ano foi o secretário estadual de Esportes e ex-ábitro Antônio Hora Filho. 
Foram colocados à disposição da FSF 22 profissionais do apito, alguns deles já estão atuando em jogos oficiais como Michel Tavares, que apitou domingo a decisão do futebol feminino entre Canindé e Real Sergipe, no Andrezão em Canindé, com excelente trabalho.     
O evento aconteceu no salão nobre do Quality Hotel e contou com as presenças dos formandos, familiares, dirigentes e autoridades da sociedade sergipana, além da imprensa. O início das aulas aconteceu em janeiro e teve a duração de 12 meses. Nesse período os alunos participaram de aulas teóricas e práticas.   Os alunos da escola também tiveram a oportunidade de estagiar e se aperfeiçoaram no Campeonato Sergipano SUB-18 e SUB-16, além do Campeonato Feminino Adulto. As duas competições foram promovidas pela FSF. Ao longo do curso foram realizadas jornadas técnicas com a presença de instrutores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
O diretor da Escola Sérgio Corrêa, Ivaney Alves Lima comandou e gerenciou o curso durante todo o ano. Em 2019, Ivaney informou que a turma da Escola de 2019 levará o nome do presidente da FSF, Milton Dantas. A previsão é do início das aulas em janeiro, nos próximos dias a EASC estará divulgando a programação do curso.