Tradicionais Concertos Natalinos encerram Temporada 2018 da Orquestra Sinfônica

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A Orquestra Sinfônica vai encerrar o ano com concertos natalinos
A Orquestra Sinfônica vai encerrar o ano com concertos natalinos

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/12/2018 às 04:37:00

 

O Natal se aproxima 
e, com ele, as já tra-
dicionais apresentações da Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse) prometem encantar o público aracajuano. No próximo dia 19, quarta-feira, às 20h30, com a participação do Coro Sinfônico, a Orsse realizará um grande concerto no Teatro Atheneu. No dia seguinte, às 20h, a mesma apresentação será realizada ao ar livre, na Concha Acústica do Centro de Criatividade. A Orsse é uma realização do Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Cultura.
Os concertos terão a regência do Maestro Guilherme Mannis. O Coro da Orsse, por sua vez, é regido pelo Maestro Daniel Freire e tem orientação vocal de Verônica Santos, que também fará os solos das canções natalinas. O repertório, além da famosa Sinfonia nº 40, em Sol menor, de Mozart, trará peças de Bach, Vivaldi, Haendel, Wade, Gruber e Eli-Eri Moura.
Para a apresentação do Teatro Atheneu, os ingressos, a preços populares estão disponíveis nas bilheterias do Teatro; já no concerto do Centro de Criatividade, a entrada é franca.
Entre as obras do concerto, a mais famosa é a Sinfonia nº 40 de Mozart, composta no verão de 1788. Em um afã de produtividade sinfônica, aparentemente espontânea e não sob encomenda, Mozart concebeu aquelas que seriam as suas três últimas sinfonias. Como seria de esperar nas obras do último período do compositor, a peça está repleta de momentos de ousadia, especialmente em termos harmônicos, o que rapidamente fará um ouvinte atento reconhecer lhes proximidade para com alguns dos recursos mais associados à música do Romantismo que não tardaria a eclodir.
Serviço
Orquestra Sinfônica de Sergipe - Concertos Natalinos
Teatro Atheneu, 19 de dezembro, quarta-feira, 20h30
Concha Acústica do Centro de Criatividade, 20 de dezembro, quinta-feira, 20h30
GUILHERME MANNIS, regente
CORO SINFÔNICO DA ORSSE
DANIEL FREIRE, regente
VERÔNICA SANTOS, preparadora vocal e solista das peças natalinas

O Natal se aproxima  e, com ele, as já tra- dicionais apresentações da Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse) prometem encantar o público aracajuano. No próximo dia 19, quarta-feira, às 20h30, com a participação do Coro Sinfônico, a Orsse realizará um grande concerto no Teatro Atheneu. No dia seguinte, às 20h, a mesma apresentação será realizada ao ar livre, na Concha Acústica do Centro de Criatividade. A Orsse é uma realização do Governo de Sergipe, por meio da Secretaria de Estado da Cultura.
Os concertos terão a regência do Maestro Guilherme Mannis. O Coro da Orsse, por sua vez, é regido pelo Maestro Daniel Freire e tem orientação vocal de Verônica Santos, que também fará os solos das canções natalinas. O repertório, além da famosa Sinfonia nº 40, em Sol menor, de Mozart, trará peças de Bach, Vivaldi, Haendel, Wade, Gruber e Eli-Eri Moura.
Para a apresentação do Teatro Atheneu, os ingressos, a preços populares estão disponíveis nas bilheterias do Teatro; já no concerto do Centro de Criatividade, a entrada é franca.
Entre as obras do concerto, a mais famosa é a Sinfonia nº 40 de Mozart, composta no verão de 1788. Em um afã de produtividade sinfônica, aparentemente espontânea e não sob encomenda, Mozart concebeu aquelas que seriam as suas três últimas sinfonias. Como seria de esperar nas obras do último período do compositor, a peça está repleta de momentos de ousadia, especialmente em termos harmônicos, o que rapidamente fará um ouvinte atento reconhecer lhes proximidade para com alguns dos recursos mais associados à música do Romantismo que não tardaria a eclodir.
Serviço
Orquestra Sinfônica de Sergipe - Concertos Natalinos
Teatro Atheneu, 19 de dezembro, quarta-feira, 20h30
Concha Acústica do Centro de Criatividade, 20 de dezembro, quinta-feira, 20h30
GUILHERME MANNIS, regente
CORO SINFÔNICO DA ORSSE
DANIEL FREIRE, regente
VERÔNICA SANTOS, preparadora vocal e solista das peças natalinas