Aracaju e municípios vizinhos avançam na discussão sobre consórcio do transporte público

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Dirigentes de Transportes da Grande Aracaju discutem implantação do consórcio de transportes
Dirigentes de Transportes da Grande Aracaju discutem implantação do consórcio de transportes

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/12/2018 às 08:49:00

 

Melhorar o serviço oferecido às pessoas que precisam se deslocar de ônibus pela capital sergipana e pelas cidades que integram a Grande Aracaju passa pela formalização e implantação do Consórcio Metropolitano do Transporte Público. Uma comissão com representantes dos quatro municípios interessados foi formada em agosto, e na tarde desta terça-feira o grupo se reuniu na sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) da capital para trocar informações e definir as próximas etapas do processo.
O consórcio é fundamental para definir a participação de cada município na gestão do sistema e imprescindível para a futura licitação do serviço. O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, sugeriu aos prefeitos de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros que cada uma das administrações indicasse um profissional da área jurídica e outro ligado ao órgão municipal de trânsito para que, em conjunto, as cidades pudessem discutir as leis existentes e construir um acordo coletivo que seja benéfico para os moradores de toda a região metropolitana. A comissão foi formada e, desde então, vem trocando informações e analisando os pontos de convergência e divergência.
A reunião desta terça foi conduzida pelo superintendente da SMTT de Aracaju, Renato Telles, que destacou a importância desta etapa do processo. "É uma fase burocrática, mas essencial para alicerçar os passos subsequentes que levarão à licitação do transporte público e às melhorias que a população da nossa cidade tanto anseia e merece", explicou. "Todos os representantes deixaram o encontro com tarefas a fazer e prazos a cumprir para que na próxima reunião a gente possa avançar ainda mais", contou.
Os dirigentes das SMTT's dos demais municípios que integram o grupo ficaram satisfeitos. "Começamos aqui a desenhar um acordo que, de fato, contemple as necessidades dos moradores dos quatro municípios", declarou o major José Luiz Ferreira, de São Cristóvão. Gilvan Mecenas, da Barra dos Coqueiros, enalteceu o nível técnico do grupo. "São pessoas gabaritadas que estão se dedicando muito para que tenhamos, num futuro próximo, um sistema de transporte público melhor", disse. O capitão José Toledo Neto, de Nossa Senhora do Socorro, avaliou a reunião como produtiva. "Estamos empolgados para formalizar esse consórcio o quanto antes para que, em breve, a gente possa melhorar a gestão do sistema", afirmou.
O Governo de Sergipe também participa da comissão e acompanha todo o processo. Na reunião desta terça, estavam presentes o procurador Eduardo José Cabral de Melo Filho, da Procuradoria Geral do Estado (PGE), e Nelma Lisboa, assessora técnica da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). "O Governo tem muito interesse no sucesso da implantação desse consórcio e estamos contribuindo com a assessoria jurídica da PGE e o compartilhamento de informações importantes para que este processo seja finalizado com êxito", explicou Nelma.
A reunião também contou com a presença da procuradora-geral do Município de Nossa Senhora do Socorro, Viviane Sobral; o procurador-geral do Município da Barra dos Coqueiros, Saul Silveira Schuster; o assessor jurídico da Prefeitura de São Cristóvão, Diego Araújo; e o coordenador Especial de Registro e Edição de Atos Oficiais e Legislação da Secretaria do Governo de Aracaju, Manoel Dantas.

Melhorar o serviço oferecido às pessoas que precisam se deslocar de ônibus pela capital sergipana e pelas cidades que integram a Grande Aracaju passa pela formalização e implantação do Consórcio Metropolitano do Transporte Público. Uma comissão com representantes dos quatro municípios interessados foi formada em agosto, e na tarde desta terça-feira o grupo se reuniu na sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) da capital para trocar informações e definir as próximas etapas do processo.
O consórcio é fundamental para definir a participação de cada município na gestão do sistema e imprescindível para a futura licitação do serviço. O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, sugeriu aos prefeitos de Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros que cada uma das administrações indicasse um profissional da área jurídica e outro ligado ao órgão municipal de trânsito para que, em conjunto, as cidades pudessem discutir as leis existentes e construir um acordo coletivo que seja benéfico para os moradores de toda a região metropolitana. A comissão foi formada e, desde então, vem trocando informações e analisando os pontos de convergência e divergência.
A reunião desta terça foi conduzida pelo superintendente da SMTT de Aracaju, Renato Telles, que destacou a importância desta etapa do processo. "É uma fase burocrática, mas essencial para alicerçar os passos subsequentes que levarão à licitação do transporte público e às melhorias que a população da nossa cidade tanto anseia e merece", explicou. "Todos os representantes deixaram o encontro com tarefas a fazer e prazos a cumprir para que na próxima reunião a gente possa avançar ainda mais", contou.
Os dirigentes das SMTT's dos demais municípios que integram o grupo ficaram satisfeitos. "Começamos aqui a desenhar um acordo que, de fato, contemple as necessidades dos moradores dos quatro municípios", declarou o major José Luiz Ferreira, de São Cristóvão. Gilvan Mecenas, da Barra dos Coqueiros, enalteceu o nível técnico do grupo. "São pessoas gabaritadas que estão se dedicando muito para que tenhamos, num futuro próximo, um sistema de transporte público melhor", disse. O capitão José Toledo Neto, de Nossa Senhora do Socorro, avaliou a reunião como produtiva. "Estamos empolgados para formalizar esse consórcio o quanto antes para que, em breve, a gente possa melhorar a gestão do sistema", afirmou.
O Governo de Sergipe também participa da comissão e acompanha todo o processo. Na reunião desta terça, estavam presentes o procurador Eduardo José Cabral de Melo Filho, da Procuradoria Geral do Estado (PGE), e Nelma Lisboa, assessora técnica da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). "O Governo tem muito interesse no sucesso da implantação desse consórcio e estamos contribuindo com a assessoria jurídica da PGE e o compartilhamento de informações importantes para que este processo seja finalizado com êxito", explicou Nelma.
A reunião também contou com a presença da procuradora-geral do Município de Nossa Senhora do Socorro, Viviane Sobral; o procurador-geral do Município da Barra dos Coqueiros, Saul Silveira Schuster; o assessor jurídico da Prefeitura de São Cristóvão, Diego Araújo; e o coordenador Especial de Registro e Edição de Atos Oficiais e Legislação da Secretaria do Governo de Aracaju, Manoel Dantas.