Funcionários do Banese apoiam a campanha Papai Noel dos Correios

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Presentes doados pelos baneseanos serão entregues pelos Correios
Presentes doados pelos baneseanos serão entregues pelos Correios

O Banese ganhou certificado de participação na campanha Papai Noel dos Correios
O Banese ganhou certificado de participação na campanha Papai Noel dos Correios

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 20/12/2018 às 07:05:00

 

Funcionários do Banco do Estado de Sergipe (Banese) estão participando da campanha Papai Noel dos Correios, que é realizada anualmente com o objetivo de atender aos pedidos de presentes de Natal de crianças que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Os pedidos são feitos pelas crianças através de cartas encaminhadas para a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que realiza a campanha há 29 anos, em todo o país.
A campanha Papai Noel dos Correios, segundo a ECT, além de estimular as crianças a escreverem cartas, dissemina valores natalinos, como a solidariedade. Neste Natal, em adesão à campanha, os funcionários do Banese adotaram um lote de 50 cartas com os pedidos de presente de crianças do Estado: bolas, bonecas, tênis, carrinhos de controle remoto e material escolar, entre outros. Os presentes doados pelos baneseanos serão entregues às crianças pelos Correios.
Participante da campanha há vários anos, a funcionária do Banese Mônica Andrade Reis conta que sempre se emociona diante dos pedidos das cartinhas escritas pelas crianças. "Durante a escolha da carta, compra do presente e sua embalagem, fico imaginando a alegria que ele irá causar. Acho que participar da campanha Papai Noel dos Correios é um ato tão singelo diante do que temos e, especialmente, do tamanho da felicidade que iremos proporcionar às crianças. Mais do que dinheiro, doa-se tempo e amor. Isso para mim é Natal", acentuou.

Funcionários do Banco do Estado de Sergipe (Banese) estão participando da campanha Papai Noel dos Correios, que é realizada anualmente com o objetivo de atender aos pedidos de presentes de Natal de crianças que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Os pedidos são feitos pelas crianças através de cartas encaminhadas para a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que realiza a campanha há 29 anos, em todo o país.
A campanha Papai Noel dos Correios, segundo a ECT, além de estimular as crianças a escreverem cartas, dissemina valores natalinos, como a solidariedade. Neste Natal, em adesão à campanha, os funcionários do Banese adotaram um lote de 50 cartas com os pedidos de presente de crianças do Estado: bolas, bonecas, tênis, carrinhos de controle remoto e material escolar, entre outros. Os presentes doados pelos baneseanos serão entregues às crianças pelos Correios.
Participante da campanha há vários anos, a funcionária do Banese Mônica Andrade Reis conta que sempre se emociona diante dos pedidos das cartinhas escritas pelas crianças. "Durante a escolha da carta, compra do presente e sua embalagem, fico imaginando a alegria que ele irá causar. Acho que participar da campanha Papai Noel dos Correios é um ato tão singelo diante do que temos e, especialmente, do tamanho da felicidade que iremos proporcionar às crianças. Mais do que dinheiro, doa-se tempo e amor. Isso para mim é Natal", acentuou.