Agrese foi beneficiada através do programa "Águas de Sergipe"

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 28/12/2018 às 07:06:00

 

Na manhã da última quinta-feira, 27, na sala de reuniões da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) aconteceu a entrega de alguns equipamentos oriundos do 'Águas de Sergipe', programa firmado entre o governo do Estado e o Banco Mundial, desenvolvido através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). O programa tem como principal objetivo a despoluição da bacia do Rio Sergipe. 
"Quero agradecer a parceria que a Semarh teve em estruturar a agência que regula a companhia de saneamento com equipamentos que tem a ligação da Agrese e Semarh em função dos nossos objetivos. Ressalto ainda, que, com esses equipamentos, iremos montar um auditório, uma sala de videoconferência, além de estruturar as câmaras técnicas e outros setores, realmente esses computadores atenderão todas as nossas necessidades. Foi um processo muito intenso de trabalho que encerra com um saldo positivo", destacou o diretor Presidente da Agrese, Luiz Hamilton Santana de Oliveira. 
"Começamos com móveis doados pela Casa Civil e hoje com essa parceria conseguimos equipar a Agência Reguladora", enfatizou o diretor Administrativo e Financeiro da Agrese, Said Schoucair. 
Ao todo, a Agrese foi contemplada com a doação de equipamentos distribuídos dentre eles microcomputadores, notebooks, tablets, GPS´s, televisores de 55" e de 32", estabilizadores, impressoras dentre outros. 
"Hoje é um dia feliz e por isso, quero agradecer ao secretário Olivier Chagas, por dá sequência a esse processo. Com essa parceria iremos modernizar as câmaras técnicas, a exemplo desses tablets, que serão utilizados para realizar as ações no campo com prioridade e tecnologia", frisou o diretor Técnico da Agrese, Jean Carlos Nascimento. 
Também estiveram presentes ao ato de entrega, o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Olivier Chagas, o coordenador da unidade de administração do projeto Águas de Sergipe, Everton Teixeira e o coordenador de serviços gerais da Agrese, Júlio César Moreira Melo.

Na manhã da última quinta-feira, 27, na sala de reuniões da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Agrese) aconteceu a entrega de alguns equipamentos oriundos do 'Águas de Sergipe', programa firmado entre o governo do Estado e o Banco Mundial, desenvolvido através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). O programa tem como principal objetivo a despoluição da bacia do Rio Sergipe. 
"Quero agradecer a parceria que a Semarh teve em estruturar a agência que regula a companhia de saneamento com equipamentos que tem a ligação da Agrese e Semarh em função dos nossos objetivos. Ressalto ainda, que, com esses equipamentos, iremos montar um auditório, uma sala de videoconferência, além de estruturar as câmaras técnicas e outros setores, realmente esses computadores atenderão todas as nossas necessidades. Foi um processo muito intenso de trabalho que encerra com um saldo positivo", destacou o diretor Presidente da Agrese, Luiz Hamilton Santana de Oliveira. 
"Começamos com móveis doados pela Casa Civil e hoje com essa parceria conseguimos equipar a Agência Reguladora", enfatizou o diretor Administrativo e Financeiro da Agrese, Said Schoucair. 
Ao todo, a Agrese foi contemplada com a doação de equipamentos distribuídos dentre eles microcomputadores, notebooks, tablets, GPS´s, televisores de 55" e de 32", estabilizadores, impressoras dentre outros. 
"Hoje é um dia feliz e por isso, quero agradecer ao secretário Olivier Chagas, por dá sequência a esse processo. Com essa parceria iremos modernizar as câmaras técnicas, a exemplo desses tablets, que serão utilizados para realizar as ações no campo com prioridade e tecnologia", frisou o diretor Técnico da Agrese, Jean Carlos Nascimento. 
Também estiveram presentes ao ato de entrega, o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Olivier Chagas, o coordenador da unidade de administração do projeto Águas de Sergipe, Everton Teixeira e o coordenador de serviços gerais da Agrese, Júlio César Moreira Melo.