Órgãos municipais apresentam plano de trabalho para o Réveillon 2019

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
PREFEITURA DIVULGA ESQUEMA DE SEGURANÇA NA FESTA DA VIRADA NA PRAIA DE ATALAIA, E VAI REFORÇAR LINHAS DE ÔNIBUS
PREFEITURA DIVULGA ESQUEMA DE SEGURANÇA NA FESTA DA VIRADA NA PRAIA DE ATALAIA, E VAI REFORÇAR LINHAS DE ÔNIBUS

Diretores de órgãos envolvidos na organização do Réveillon explicam como será a estrutura da festa
Diretores de órgãos envolvidos na organização do Réveillon explicam como será a estrutura da festa



Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 29/12/2018 às 06:49:00

 

Uma multidão é espera-
da na Orla da Atalaia na 
próxima segunda-feira (31), para se despedir deste ano e receber 2019 com alegria e a certeza de que este será um ciclo de realizações ainda maiores para a população da cidade. A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) trabalha há meses na produção do evento e, na manhã desta sexta-feira, 28, representantes dos órgãos municipais envolvidos na operação apresentaram à imprensa o plano de trabalho que vai garantir comodidade e segurança ao público na maior festa de Réveillon do estado.
A entrevista coletiva aconteceu na sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e contou com a presença da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Guarda Municipal, Defesa Civil e da Secretaria Municipal da Saúde. O superintendente interino da SMTT, Renato Telles, enalteceu o trabalho coletivo. "As secretarias e autarquias municipais estão somando forças para fazer uma grande festa. Não só as que estão aqui presentes, mas também outras que têm papel fundamental neste processo, como a Funcaju [Fundação Cultural Cidade de Aracaju] e a Secom [Secretaria Municipal da Comunicação Social]. Tenho certeza de que será um grande evento", disse.
Transporte e trânsito - O esquema de trânsito para o Réveillon 2019 foi detalhado pelo coordenador Operacional de Trânsito, major Alexandre Cardoso. O trabalho da SMTT com foco no evento terá início às 15h do dia 31 e só acaba às 5h de 1º de janeiro. "Esta é a nossa maior operação anual. São semanas estudando a melhor dinâmica de trânsito para garantir mobilidade e segurança ao público e aos profissionais que trabalham no evento. Isso envolve não só trabalho de fiscalização, mas também reprogramação dos semáforos e instalação de sinalização provisória", exemplificou o major. Mais de 80 agentes de trânsito trabalharão na festa.
O transporte público será reforçado, especialmente as linhas que circulam pela região da Atalaia. Todas as regiões de Aracaju e da Região Metropolitana estão contempladas neste plano. Haverá opções de ônibus para os bairros da zona Norte, zona Oeste, zona Sul, Zona de Expansão, assim como para a Barra dos Coqueiros e para os conjuntos mais populosos de São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro. O Terminal de Integração da Zona Sul funcionará durante toda a madrugada, e os demais fecharão à meia-noite e reabrirão às 4h da manhã. Já os táxis estarão organizados em dois lugares: na avenida Rotary e na rua Francisco R. Leite Neto.
Guarda Municipal e Defesa Civil - A Guarda Municipal de Aracaju (GMA) empregará um efetivo de 160 profissionais para garantir a ordem no evento. "A festa de Réveillon na Orla, tradicionalmente, é muito tranquila. Mas, para aumentar a sensação de segurança do público, estaremos presentes com uma quantidade significativa de guardas. Eles estarão distribuídos estrategicamente em vários pontos da festa, circulando pela área, e entrarão em ação sempre que houver necessidade", explicou o subinspetor Fernando Mendonça, diretor-geral da GMA. 
Mendonça revelou ainda algumas novidades no esquema de trabalho da Guarda em comparação ao executado no Réveillon do ano passado. "Vamos levar o ônibus de videomonitoramento para que possamos acompanhar melhor a movimentação na Orla e identificar situações que precisem de uma intervenção nossa. Além disso, vamos utilizar quadriciclos na areia da praia, não só para a ronda, mas também para o trabalho de segurança dos brigadistas responsáveis pela queima de fogos", detalhou.
O trabalho da Defesa Civil do Município de Aracaju também diz respeito à proteção do público, já que o órgão zela para que a estrutura da festa esteja dentro dos padrões de segurança. "Estamos acompanhando desde a primeira apresentação do projeto, apontando pendências e propostas para solucioná-las. A primeira etapa foi toda aprovada e agora estamos acompanhando a execução da montagem, observando a qualidade do material empregado e a fidelidade ao projeto", relatou o coordenador-geral da Defesa Civil, major Sílvio Prado.   
Saúde e limpeza urbana - A Secretaria Municipal da Saúde foi representada pelo assessor da Rede de Urgência e Emergência (REUE), Júlio César Lima. Segundo ele, a secretaria montará um posto de atendimento à população com dois médicos, dois enfermeiros e seis auxiliares de enfermagem à disposição do público. "Também estarão no local duas viaturas do Samu, uma de suporte básico e outra de suporte avançado, para atender casos de emergência durante o Réveillon 2019", complementou.  
Durante a festa, 20 fiscais da Emsurb vão verificar in loco a atuação dos ambulantes e inibir a comercialização irregular. E logo após o evento, o órgão novamente entra em cena com a limpeza da área. "Às 5h da manhã, teremos cerca de 100 agentes coletores na Orla da Atalaia para recolher o lixo da praia, tirar a sujeira das vias e deixar o local limpo em até três horas. Assim, quem quiser aproveitar a primeira manhã do ano neste que é um dos cartões-postais da nossa cidade terá uma experiência muito agradável", contou o presidente da Emsurb, Luiz Roberto. 

Uma multidão é espera- da na Orla da Atalaia na  próxima segunda-feira (31), para se despedir deste ano e receber 2019 com alegria e a certeza de que este será um ciclo de realizações ainda maiores para a população da cidade. A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) trabalha há meses na produção do evento e, na manhã desta sexta-feira, 28, representantes dos órgãos municipais envolvidos na operação apresentaram à imprensa o plano de trabalho que vai garantir comodidade e segurança ao público na maior festa de Réveillon do estado.
A entrevista coletiva aconteceu na sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e contou com a presença da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Guarda Municipal, Defesa Civil e da Secretaria Municipal da Saúde. O superintendente interino da SMTT, Renato Telles, enalteceu o trabalho coletivo. "As secretarias e autarquias municipais estão somando forças para fazer uma grande festa. Não só as que estão aqui presentes, mas também outras que têm papel fundamental neste processo, como a Funcaju [Fundação Cultural Cidade de Aracaju] e a Secom [Secretaria Municipal da Comunicação Social]. Tenho certeza de que será um grande evento", disse.

Transporte e trânsito - O esquema de trânsito para o Réveillon 2019 foi detalhado pelo coordenador Operacional de Trânsito, major Alexandre Cardoso. O trabalho da SMTT com foco no evento terá início às 15h do dia 31 e só acaba às 5h de 1º de janeiro. "Esta é a nossa maior operação anual. São semanas estudando a melhor dinâmica de trânsito para garantir mobilidade e segurança ao público e aos profissionais que trabalham no evento. Isso envolve não só trabalho de fiscalização, mas também reprogramação dos semáforos e instalação de sinalização provisória", exemplificou o major. Mais de 80 agentes de trânsito trabalharão na festa.
O transporte público será reforçado, especialmente as linhas que circulam pela região da Atalaia. Todas as regiões de Aracaju e da Região Metropolitana estão contempladas neste plano. Haverá opções de ônibus para os bairros da zona Norte, zona Oeste, zona Sul, Zona de Expansão, assim como para a Barra dos Coqueiros e para os conjuntos mais populosos de São Cristóvão e Nossa Senhora do Socorro. O Terminal de Integração da Zona Sul funcionará durante toda a madrugada, e os demais fecharão à meia-noite e reabrirão às 4h da manhã. Já os táxis estarão organizados em dois lugares: na avenida Rotary e na rua Francisco R. Leite Neto.

Guarda Municipal e Defesa Civil - A Guarda Municipal de Aracaju (GMA) empregará um efetivo de 160 profissionais para garantir a ordem no evento. "A festa de Réveillon na Orla, tradicionalmente, é muito tranquila. Mas, para aumentar a sensação de segurança do público, estaremos presentes com uma quantidade significativa de guardas. Eles estarão distribuídos estrategicamente em vários pontos da festa, circulando pela área, e entrarão em ação sempre que houver necessidade", explicou o subinspetor Fernando Mendonça, diretor-geral da GMA. 
Mendonça revelou ainda algumas novidades no esquema de trabalho da Guarda em comparação ao executado no Réveillon do ano passado. "Vamos levar o ônibus de videomonitoramento para que possamos acompanhar melhor a movimentação na Orla e identificar situações que precisem de uma intervenção nossa. Além disso, vamos utilizar quadriciclos na areia da praia, não só para a ronda, mas também para o trabalho de segurança dos brigadistas responsáveis pela queima de fogos", detalhou.
O trabalho da Defesa Civil do Município de Aracaju também diz respeito à proteção do público, já que o órgão zela para que a estrutura da festa esteja dentro dos padrões de segurança. "Estamos acompanhando desde a primeira apresentação do projeto, apontando pendências e propostas para solucioná-las. A primeira etapa foi toda aprovada e agora estamos acompanhando a execução da montagem, observando a qualidade do material empregado e a fidelidade ao projeto", relatou o coordenador-geral da Defesa Civil, major Sílvio Prado.   

Saúde e limpeza urbana - A Secretaria Municipal da Saúde foi representada pelo assessor da Rede de Urgência e Emergência (REUE), Júlio César Lima. Segundo ele, a secretaria montará um posto de atendimento à população com dois médicos, dois enfermeiros e seis auxiliares de enfermagem à disposição do público. "Também estarão no local duas viaturas do Samu, uma de suporte básico e outra de suporte avançado, para atender casos de emergência durante o Réveillon 2019", complementou.  
Durante a festa, 20 fiscais da Emsurb vão verificar in loco a atuação dos ambulantes e inibir a comercialização irregular. E logo após o evento, o órgão novamente entra em cena com a limpeza da área. "Às 5h da manhã, teremos cerca de 100 agentes coletores na Orla da Atalaia para recolher o lixo da praia, tirar a sujeira das vias e deixar o local limpo em até três horas. Assim, quem quiser aproveitar a primeira manhã do ano neste que é um dos cartões-postais da nossa cidade terá uma experiência muito agradável", contou o presidente da Emsurb, Luiz Roberto.