Adutora de Itapicuru será concluída em janeiro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 05/01/2019 às 06:45:00

 

Obras da Adutora de Itapicuru deverão ser concluídas até a primeira quinzena de janeiro. Foi o que informou o governador Belivaldo Chagas. A Adutora de Itapicuru é a alternativa do governo do Estado para a estiagem que atinge o município Tobias Barreto e a grave situação da barragem Jabeberi. 
"Em Tobias Barreto, nós temos uma barragem que se tivéssemos tido chuvas o ano passado, não estaríamos passando por esse problema. Nós estamos puxando água de uma adutora, que vem de Itapicuru, através de poços artesianos, que foram perfurados com autorização do governo da Bahia. Investimentos da ordem de R$ 7 milhões. Até o final da próxima semana, essa adutora vai estar concluída, para que a gente diminua o sofrimento da população", informou. 
Segundo o diretor de Operações da Deso, Carlos Anderson Silveira Pedreira, a previsão é de que até o final de janeiro a barragem Jabeberi não tenha mais condições de atender à população.  Em função disso, a Deso elaborou um projeto de engenharia para levar água do município de Itapicuru (Bahia), no povoado Catu Grande, através de poços artesianos. A rede terá 15 km, que é a distância do povoado Catu Grande até o município de Tobias Barreto, em Sergipe. A adutora será capaz de abastecer a população de Tobias Barreto com aproximadamente 100m³/hora. Para a distribuição de água que vem da adutora, a Deso irá fazer um rodizio de manobra, no qual divididirá o município em três setores. A adutora de Itapicuru terá 1/3 da capacidade do que é produzido hoje na barragem de Tobias Barreto. 
Caixas d'água - Paralelo a Adutora de Itapirucu, a Deso irá dividir a cidade em 19 distritos, cada distrito terá uma caixa de água com capacidade 10 mil litros, que será abastecida diariamente por 15 caminhões-pipas.  As pessoas que necessitarem, poderão se deslocar até as caixas para ter acesso à água. Essa operação será realizada pela Deso em conjunto com Polícia Militar, Prefeitura de Tobias Barreto e Defesa Civil Estadual. A previsão é de que as caixas com água a comecem a ser instaladas já a partir da próxima semana. A distribuição deverá começar assim que a atual barragem não tenha condições de atender à população do município. 
"No sertão, tivemos a sorte de ter tido chuvas em Poço Redondo, que melhorou muito, apesar disso tivemos a necessidade de colocar 20 caminhões-pipas. O Estado faz uma parte, mas é preciso que tenhamos chuvas", ressaltou o governador.   

Obras da Adutora de Itapicuru deverão ser concluídas até a primeira quinzena de janeiro. Foi o que informou o governador Belivaldo Chagas. A Adutora de Itapicuru é a alternativa do governo do Estado para a estiagem que atinge o município Tobias Barreto e a grave situação da barragem Jabeberi. 
"Em Tobias Barreto, nós temos uma barragem que se tivéssemos tido chuvas o ano passado, não estaríamos passando por esse problema. Nós estamos puxando água de uma adutora, que vem de Itapicuru, através de poços artesianos, que foram perfurados com autorização do governo da Bahia. Investimentos da ordem de R$ 7 milhões. Até o final da próxima semana, essa adutora vai estar concluída, para que a gente diminua o sofrimento da população", informou. 
Segundo o diretor de Operações da Deso, Carlos Anderson Silveira Pedreira, a previsão é de que até o final de janeiro a barragem Jabeberi não tenha mais condições de atender à população.  Em função disso, a Deso elaborou um projeto de engenharia para levar água do município de Itapicuru (Bahia), no povoado Catu Grande, através de poços artesianos. A rede terá 15 km, que é a distância do povoado Catu Grande até o município de Tobias Barreto, em Sergipe. A adutora será capaz de abastecer a população de Tobias Barreto com aproximadamente 100m³/hora. Para a distribuição de água que vem da adutora, a Deso irá fazer um rodizio de manobra, no qual divididirá o município em três setores. A adutora de Itapicuru terá 1/3 da capacidade do que é produzido hoje na barragem de Tobias Barreto. 

Caixas d'água - Paralelo a Adutora de Itapirucu, a Deso irá dividir a cidade em 19 distritos, cada distrito terá uma caixa de água com capacidade 10 mil litros, que será abastecida diariamente por 15 caminhões-pipas.  As pessoas que necessitarem, poderão se deslocar até as caixas para ter acesso à água. Essa operação será realizada pela Deso em conjunto com Polícia Militar, Prefeitura de Tobias Barreto e Defesa Civil Estadual. A previsão é de que as caixas com água a comecem a ser instaladas já a partir da próxima semana. A distribuição deverá começar assim que a atual barragem não tenha condições de atender à população do município. "No sertão, tivemos a sorte de ter tido chuvas em Poço Redondo, que melhorou muito, apesar disso tivemos a necessidade de colocar 20 caminhões-pipas. O Estado faz uma parte, mas é preciso que tenhamos chuvas", ressaltou o governador.