Pela primeira vez no ano, dólar fecha em alta e Bolsa, em queda

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 08/01/2019 às 06:37:00

 

Camila Maciel 
Agência Brasil 
 
O dólar norte-ameicano fechou esta segunda-feira (7) com alta 0,46%, cotado a R$ 3.7331 para venda, em um movimento de correção, após acumular três quedas seguidas. Foi a primeira alta da moeda americana neste ano.
Na mínima do dia, o dólar atingiu R$ 3,69 e, na máxima, R$ 3,7356. Já o dólar turismo foi vendido perto de R$ 3,86, sem considerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).
Ao longo do dia, os investidores monitoraram as apostas de que a elevação dos juros nos Estados Unidos será menor que o esperado e permaneceram na expectativa do encontro entre representantes do governos americano e chinês sobre a disputa comercial entre os dois países.
O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou o dia com queda de 0,15%, atingindo 91.699 pontos. É o primeiro dia do ano de funcionamento da Bolsa de Valores em que a variação é negativa.
Na sexta-feira (4), o Ibovespa fechou com mais um recorde nominal, ao encerrar o dia em 91.840 pontos, uma alta de 0,30% sobre o pregão anterior. Naquele dia, o dólar valia R$ 3,7160.
No pregão desta segunda-feira, os papéis com melhor desempenho foram Lojas Americanas, Petrobras, Tim, Embraer e Santander.

O dólar norte-ameicano fechou esta segunda-feira (7) com alta 0,46%, cotado a R$ 3.7331 para venda, em um movimento de correção, após acumular três quedas seguidas. Foi a primeira alta da moeda americana neste ano.
Na mínima do dia, o dólar atingiu R$ 3,69 e, na máxima, R$ 3,7356. Já o dólar turismo foi vendido perto de R$ 3,86, sem considerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).
Ao longo do dia, os investidores monitoraram as apostas de que a elevação dos juros nos Estados Unidos será menor que o esperado e permaneceram na expectativa do encontro entre representantes do governos americano e chinês sobre a disputa comercial entre os dois países.
O Ibovespa, principal indicador de desempenho das ações negociadas na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), encerrou o dia com queda de 0,15%, atingindo 91.699 pontos. É o primeiro dia do ano de funcionamento da Bolsa de Valores em que a variação é negativa.
Na sexta-feira (4), o Ibovespa fechou com mais um recorde nominal, ao encerrar o dia em 91.840 pontos, uma alta de 0,30% sobre o pregão anterior. Naquele dia, o dólar valia R$ 3,7160.
No pregão desta segunda-feira, os papéis com melhor desempenho foram Lojas Americanas, Petrobras, Tim, Embraer e Santander.