Ações de vandalismo nos terminais de integração prejudicam transporte público de Aracaju

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 10/01/2019 às 07:23:00

 

Atos de vandalismo nos terminais de integração do transporte coletivo têm sido registrados constantemente e isso vêm preocupando a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). Para se ter uma ideia, desde dezembro de 2018 até hoje, foram registradas oito situações de depredação do patrimônio público nestes locais. A última ocorreu no fim da tarde da última segunda-feira (07), no Terminal Maracaju, quando torneiras dos banheiros do local foram roubadas. No fim do ano passado, a SMTT fez a recuperação dos banheiros dos Terminais do Mercado, da Atalaia, Maracaju e do D.I.A. 
Em menos de 45 dias, atos de vandalismo foram registrados em três diferentes terminais: no da Atalaia, foram roubadas tampas de vasos sanitários e outros vasos quebrados; no da Maracaju, as portas dos sanitários foram pichadas, os vasos quebrados, e as torneiras das pias, roubadas; já no Terminal DIA, as tampas dos vasos sanitários foram retiradas e levadas. 
O superintendente interino da SMTT, Renato Telles, lamenta os casos e lembra que os atos contra o patrimônio público foram feitos logo após investimentos na recuperação dos banheiros dos terminais. "Recuperamos os banheiros desses terminais e, assim que finalizamos os trabalhos e os colocamos à disposição dos passageiros, fomos surpreendidos com essas situações lamentáveis de vandalismo, que prejudicam totalmente os usuários do transporte coletivo e o sistema como um todo", declara.
A população pode e deve contribuir no combate ao vandalismo, denunciando ações dessa natureza, como ressalta o superintendente interino. "Contamos com o apoio da sociedade nessa luta, afinal, os terminais são patrimônio de todos. Quem presenciar atos de vandalismo pode denunciar à Guarda Municipal de Aracaju, através do telefone 153, ou à Polícia Militar, por meio do número 190", orienta Renato.

Atos de vandalismo nos terminais de integração do transporte coletivo têm sido registrados constantemente e isso vêm preocupando a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). Para se ter uma ideia, desde dezembro de 2018 até hoje, foram registradas oito situações de depredação do patrimônio público nestes locais. A última ocorreu no fim da tarde da última segunda-feira (07), no Terminal Maracaju, quando torneiras dos banheiros do local foram roubadas. No fim do ano passado, a SMTT fez a recuperação dos banheiros dos Terminais do Mercado, da Atalaia, Maracaju e do D.I.A. 
Em menos de 45 dias, atos de vandalismo foram registrados em três diferentes terminais: no da Atalaia, foram roubadas tampas de vasos sanitários e outros vasos quebrados; no da Maracaju, as portas dos sanitários foram pichadas, os vasos quebrados, e as torneiras das pias, roubadas; já no Terminal DIA, as tampas dos vasos sanitários foram retiradas e levadas. O superintendente interino da SMTT, Renato Telles, lamenta os casos e lembra que os atos contra o patrimônio público foram feitos logo após investimentos na recuperação dos banheiros dos terminais. "Recuperamos os banheiros desses terminais e, assim que finalizamos os trabalhos e os colocamos à disposição dos passageiros, fomos surpreendidos com essas situações lamentáveis de vandalismo, que prejudicam totalmente os usuários do transporte coletivo e o sistema como um todo", declara.
A população pode e deve contribuir no combate ao vandalismo, denunciando ações dessa natureza, como ressalta o superintendente interino. "Contamos com o apoio da sociedade nessa luta, afinal, os terminais são patrimônio de todos. Quem presenciar atos de vandalismo pode denunciar à Guarda Municipal de Aracaju, através do telefone 153, ou à Polícia Militar, por meio do número 190", orienta Renato.