SMTT inicia "Operação Volta às Aulas 2019" no dia 14

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 11/01/2019 às 06:50:00

 

A maioria das escolas da rede privada de ensino em Aracaju inicia o ano letivo na próxima segunda-feira (14). Com isso, o fluxo de veículos deve aumentar nas ruas e avenidas da cidade, podendo causar retenções e lentidão no trânsito. Com o objetivo de amenizar estes efeitos no trânsito da cidade, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) da capital realizará a "Operação Volta às Aulas 2019". 
A operação terá três frentes de trabalho: organização do trânsito, fiscalização do transporte escolar e ações educativas. "Trata-se de uma força-tarefa que envolve atuação ostensiva dos nossos agentes em áreas escolares, garantindo mobilidade e verificando in loco as condições dos veículos e a regularidade dos condutores do transporte escolar. Além disso, nossas equipes estarão fazendo um trabalho educativo, orientando os condutores para termos mais segurança no trânsito no entorno das escolas", explica o superintendente interino da SMTT, Renato Telles.  
Equipes de agentes de trânsito vão atuar em pontos estratégicos para evitar a sobrecarga de ruas e avenidas nos arredores das escolas com grande número de estudantes. Os condutores também devem colaborar com a mobilidade urbana nesses locais com pequenas atitudes que podem fazer a diferença, como evitar fila dupla e ensinar as crianças a estarem prontas para desembarcar/embarcar imediatamente.  
O coordenador de Trânsito da SMTT, major Alexandre Cardoso, reforça as orientações. "Sabemos que muitos pais querem deixar o filho na porta da escola, mas, para isso, o ideal é que ele estacione o veículo em local seguro e leve a criança até a recepção do local. No caso de adolescentes e pré-adolescentes, os pais ou responsáveis também podem orientá-los sobre travessia segura e combinar um local próximo para embarque e desembarque. Isso contribui muito para a redução de congestionamentos", conta o major.   
A fiscalização do transporte escolar será conduzida pela Diretoria de Transportes Públicos (DTP) da SMTT. Os agentes estarão nas ruas da cidade checando as condições dos veículos que realizam o serviço, a funcionalidade dos itens de segurança e a regularidade dos permissionários junto ao órgão. A orientação é que todos os pais observem com atenção as características do veículo escolhido para levar os estudantes.

A maioria das escolas da rede privada de ensino em Aracaju inicia o ano letivo na próxima segunda-feira (14). Com isso, o fluxo de veículos deve aumentar nas ruas e avenidas da cidade, podendo causar retenções e lentidão no trânsito. Com o objetivo de amenizar estes efeitos no trânsito da cidade, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) da capital realizará a "Operação Volta às Aulas 2019". 
A operação terá três frentes de trabalho: organização do trânsito, fiscalização do transporte escolar e ações educativas. "Trata-se de uma força-tarefa que envolve atuação ostensiva dos nossos agentes em áreas escolares, garantindo mobilidade e verificando in loco as condições dos veículos e a regularidade dos condutores do transporte escolar. Além disso, nossas equipes estarão fazendo um trabalho educativo, orientando os condutores para termos mais segurança no trânsito no entorno das escolas", explica o superintendente interino da SMTT, Renato Telles.  
Equipes de agentes de trânsito vão atuar em pontos estratégicos para evitar a sobrecarga de ruas e avenidas nos arredores das escolas com grande número de estudantes. Os condutores também devem colaborar com a mobilidade urbana nesses locais com pequenas atitudes que podem fazer a diferença, como evitar fila dupla e ensinar as crianças a estarem prontas para desembarcar/embarcar imediatamente.  
O coordenador de Trânsito da SMTT, major Alexandre Cardoso, reforça as orientações. "Sabemos que muitos pais querem deixar o filho na porta da escola, mas, para isso, o ideal é que ele estacione o veículo em local seguro e leve a criança até a recepção do local. No caso de adolescentes e pré-adolescentes, os pais ou responsáveis também podem orientá-los sobre travessia segura e combinar um local próximo para embarque e desembarque. Isso contribui muito para a redução de congestionamentos", conta o major.   
A fiscalização do transporte escolar será conduzida pela Diretoria de Transportes Públicos (DTP) da SMTT. Os agentes estarão nas ruas da cidade checando as condições dos veículos que realizam o serviço, a funcionalidade dos itens de segurança e a regularidade dos permissionários junto ao órgão. A orientação é que todos os pais observem com atenção as características do veículo escolhido para levar os estudantes.