Equipes estão com jogadores regularizados

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 14/01/2019 às 13:13:00

 

Como acontece anualmente, semana que antecede início de campeonato é uma semana de muito trabalho para o Departamento de Registros da Federação Sergipana de Futebol (FSF). Dirigentes registrando contratos, muitos de olho no BID para ver os nomes dos seus atletas. Só assim eles descansam.  O ano de 2019, não foi diferente. 
Durante o mês de janeiro, o Departamento de Registro e Transferência (DRT) da FSF registrou uma movimentação intensa dos dirigentes e funcionários dos clubes que estarão disputando o estadual. Ao todo foram registrados 140 profissionais no BID, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) via FSF.
O Departamento de Registro e Transferência, gerenciando por Edileuza Nascimento, divulgou nesta sexta-feira (11) um levantamento dos registros aprovados e publicados no BID da CBF entre os dias 03 até 11 de janeiro. Confira alguns dos dados:
Boca Júnior: 13 atletas profissionais registrados
Confiança: 16 atletas registrados, uma prorrogação de contrato e um registro de técnico de futebol
Dorense: 23 atletas profissionais registrados
Frei Paulistano: 16 atletas profissionais registrados
Guarany: 17 atletas profissionais registrados
Itabaiana: 16 atletas profissionais registrados e um registro de técnico de futebol
Lagarto: sete atletas profissionais registrados
Olímpico: 14 atletas profissionais registrados
Sergipe: 12 atletas profissionais registrados
É bom lembrar que somente poderão participar do Campeonato Sergipano os atletas que tenham sido registrados na DRT e cujos nomes constem do BID da CBF publicado até o último dia útil que anteceder a cada partida. 
O prazo limite para a inscrição no estadual vai até o último dia útil da segunda rodada do hexagonal, do Campeonato Sergipano. Lembrando que é necessário constar no BID da CBF. 
Na sede da FSF a entidade também disponibiliza para o clube interessado um espaço para que o dirigente ou o funcionário responsável pelos registros do clube realize seu trabalho com total apoio e orientação dos funcionários da FSF. Neste espaço o profissional tem acesso a internet, computador, impressora e outros acessórios para executar os trâmites necessários.
Regulamento - Na primeira fase da competição, os nove clubes se enfrentam em turno único. Os seis primeiros avançam para o hexagonal, e os dois últimos são rebaixados. O hexagonal também é em turno único. Os dois primeiros fazem a grande final em duas partidas.

Como acontece anualmente, semana que antecede início de campeonato é uma semana de muito trabalho para o Departamento de Registros da Federação Sergipana de Futebol (FSF). Dirigentes registrando contratos, muitos de olho no BID para ver os nomes dos seus atletas. Só assim eles descansam.  O ano de 2019, não foi diferente. 
Durante o mês de janeiro, o Departamento de Registro e Transferência (DRT) da FSF registrou uma movimentação intensa dos dirigentes e funcionários dos clubes que estarão disputando o estadual. Ao todo foram registrados 140 profissionais no BID, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) via FSF.
O Departamento de Registro e Transferência, gerenciando por Edileuza Nascimento, divulgou nesta sexta-feira (11) um levantamento dos registros aprovados e publicados no BID da CBF entre os dias 03 até 11 de janeiro. Confira alguns dos dados:
Boca Júnior: 13 atletas profissionais registrados
Confiança: 16 atletas registrados, uma prorrogação de contrato e um registro de técnico de futebol
Dorense: 23 atletas profissionais registrados
Frei Paulistano: 16 atletas profissionais registrados
Guarany: 17 atletas profissionais registrados
Itabaiana: 16 atletas profissionais registrados e um registro de técnico de futebol
Lagarto: sete atletas profissionais registrados
Olímpico: 14 atletas profissionais registrados
Sergipe: 12 atletas profissionais registrados
É bom lembrar que somente poderão participar do Campeonato Sergipano os atletas que tenham sido registrados na DRT e cujos nomes constem do BID da CBF publicado até o último dia útil que anteceder a cada partida. 
O prazo limite para a inscrição no estadual vai até o último dia útil da segunda rodada do hexagonal, do Campeonato Sergipano. Lembrando que é necessário constar no BID da CBF. 
Na sede da FSF a entidade também disponibiliza para o clube interessado um espaço para que o dirigente ou o funcionário responsável pelos registros do clube realize seu trabalho com total apoio e orientação dos funcionários da FSF. Neste espaço o profissional tem acesso a internet, computador, impressora e outros acessórios para executar os trâmites necessários.

Regulamento - Na primeira fase da competição, os nove clubes se enfrentam em turno único. Os seis primeiros avançam para o hexagonal, e os dois últimos são rebaixados. O hexagonal também é em turno único. Os dois primeiros fazem a grande final em duas partidas.