Copa do Nordeste com clássicos estaduais

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/01/2019 às 06:09:00

 

Vai começar um dos torneios com o maior número de torcidas apaixonadas do país. A partir desta terça-feira (15), a bola começa a rolar pela Copa do Nordeste. Este ano, o torneio será disputado em um novo formato, com os 16 clubes divididos em dois grupos. As chaves foram sorteadas de forma que as equipes do mesmo estado não se enfrentem na primeira fase da competição, semelhante ao que ocorre na Libertadores.
Na chave A, estão Santa Cruz (PE), Vitória (BA), Fortaleza (CE), CRB (AL), Salgueiro (PE), Sergipe (SE), Sampaio Corrêa (MA) e Altos (PI). No grupo B, Bahia (BA), CSA (AL), ABC (RN), Confiança (SE), Náutico (PE), Ceará (CE), Moto Club (MA) e Botafogo (PB).
O grupo A conta com apenas um representante que está na primeira divisão: o Fortaleza. No outro lado, Bahia, Ceará e CSA são os times nordestinos que estão na elite do Brasileirão.
Como os times de um grupo enfrentam as equipes do outro na fase de classificação, a Lampions League contará logo de cara com duelos como Santa Cruz x Náutico, Vitória x Bahia, Fortaleza x Ceará, CSA x CRB, Sergipe x Confiança e Sampaio Corrêa x Moto Club, além de clássicos regionais.
Fortaleza e Vitória largam na frente no grupo A. O Tricolor de Aço é o atual campeão da Série B. O time que ficou fora da Copa do Nordeste em 2018 quer fazer um bom papel na competição este ano. Quem também vem forte é o Vitória, maior vencedor da Copa do Nordeste, com quatro conquistas. Time a ser batido e querendo surpreender novamente, o Sampaio Corrêa disputa com Santa Cruz e CRB as outras vagas do grupo. Salgueiro, Sergipe e Altos correm por fora.
No Grupo B, a disputa também promete ser equilibrada. O Ceará, do técnico Lisca Doido, conta com a manutenção de boa parte do elenco e é favorito. Outro forte candidato ao título que está no Grupo B é o Bahia. CSA, vice-campeão brasileiro em 2018, manteve boa parte do elenco. Atrás dos três clubes do grupo que disputam a primeira divisão, Náutico, Botafogo (PB) e ABC lutam, na teoria, pela outra vaga do grupo. 
As equipes de uma chave enfrentam em jogos de ida os times da outra, sendo que as quatro melhores de cada grupo avançam às quartas de final. Até a semifinal, os jogos são eliminatórios e em jogo único. Na grande decisão, o regulamento prevê partidas de ida e volta.
Garantia de grandes partidas e estádios lotados, a Copa do Nordeste irá distribuir, neste ano, R$ 26,4 milhões para os clubes que participarem da competição. Na fase de grupos, Vitória, Bahia, Santa Cruz e Ceará devem receber R$ 1,9 milhão. ABC, Náutico, CRB e Sampaio Corrêa ganharão R$ 1,42 milhão, enquanto Fortaleza, Botafogo (PB), Salgueiro e Confiança ficam R$ 1,22 milhão.
Com cotas menores, CSA, Moto Club, Altos e Sergipe irão lucrar R$ 510 mil na primeira fase. As equipes que se classificarem para as quartas de final embolsam R$ 300 mil. Quem chegar às semifinais, soma mais R$ 375 mil. O vice-campeão leva para casa R$ 500 mil e o campeão a quantia de R$ 1 milhão

Vai começar um dos torneios com o maior número de torcidas apaixonadas do país. A partir desta terça-feira (15), a bola começa a rolar pela Copa do Nordeste. Este ano, o torneio será disputado em um novo formato, com os 16 clubes divididos em dois grupos. As chaves foram sorteadas de forma que as equipes do mesmo estado não se enfrentem na primeira fase da competição, semelhante ao que ocorre na Libertadores.
Na chave A, estão Santa Cruz (PE), Vitória (BA), Fortaleza (CE), CRB (AL), Salgueiro (PE), Sergipe (SE), Sampaio Corrêa (MA) e Altos (PI). No grupo B, Bahia (BA), CSA (AL), ABC (RN), Confiança (SE), Náutico (PE), Ceará (CE), Moto Club (MA) e Botafogo (PB).
O grupo A conta com apenas um representante que está na primeira divisão: o Fortaleza. No outro lado, Bahia, Ceará e CSA são os times nordestinos que estão na elite do Brasileirão.
Como os times de um grupo enfrentam as equipes do outro na fase de classificação, a Lampions League contará logo de cara com duelos como Santa Cruz x Náutico, Vitória x Bahia, Fortaleza x Ceará, CSA x CRB, Sergipe x Confiança e Sampaio Corrêa x Moto Club, além de clássicos regionais.
Fortaleza e Vitória largam na frente no grupo A. O Tricolor de Aço é o atual campeão da Série B. O time que ficou fora da Copa do Nordeste em 2018 quer fazer um bom papel na competição este ano. Quem também vem forte é o Vitória, maior vencedor da Copa do Nordeste, com quatro conquistas. Time a ser batido e querendo surpreender novamente, o Sampaio Corrêa disputa com Santa Cruz e CRB as outras vagas do grupo. Salgueiro, Sergipe e Altos correm por fora.
No Grupo B, a disputa também promete ser equilibrada. O Ceará, do técnico Lisca Doido, conta com a manutenção de boa parte do elenco e é favorito. Outro forte candidato ao título que está no Grupo B é o Bahia. CSA, vice-campeão brasileiro em 2018, manteve boa parte do elenco. Atrás dos três clubes do grupo que disputam a primeira divisão, Náutico, Botafogo (PB) e ABC lutam, na teoria, pela outra vaga do grupo. 
As equipes de uma chave enfrentam em jogos de ida os times da outra, sendo que as quatro melhores de cada grupo avançam às quartas de final. Até a semifinal, os jogos são eliminatórios e em jogo único. Na grande decisão, o regulamento prevê partidas de ida e volta.
Garantia de grandes partidas e estádios lotados, a Copa do Nordeste irá distribuir, neste ano, R$ 26,4 milhões para os clubes que participarem da competição. Na fase de grupos, Vitória, Bahia, Santa Cruz e Ceará devem receber R$ 1,9 milhão. ABC, Náutico, CRB e Sampaio Corrêa ganharão R$ 1,42 milhão, enquanto Fortaleza, Botafogo (PB), Salgueiro e Confiança ficam R$ 1,22 milhão.
Com cotas menores, CSA, Moto Club, Altos e Sergipe irão lucrar R$ 510 mil na primeira fase. As equipes que se classificarem para as quartas de final embolsam R$ 300 mil. Quem chegar às semifinais, soma mais R$ 375 mil. O vice-campeão leva para casa R$ 500 mil e o campeão a quantia de R$ 1 milhão