Alunos do 24 de Outubro colorem paredes da escola com projeto de pintura

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 15/01/2019 às 06:15:00

 

om o objetivo de dar um aspecto mais leve ao visual da escola, estudantes do Colégio Estadual 24 de Outubro promoveram na quinta-feira, 10, o projeto "Colorindo a Escola". A ação contou, ao todo, com a participação de 35 alunos dos ensinos fundamental e médio, e foi coordenada pelo presidente do Grêmio Escolar, Júlio César Santos, juntamente com a equipe diretiva.
A ideia do projeto nasceu da insatisfação dos alunos com as cores tradicionais das paredes da unidade de ensino e pela existência de várias pichações feitas por pessoas de fora. A ação foi também uma maneira encontrada pela comunidade escolar para melhorar visualmente o prédio da escola.
O presidente do Grêmio Escolar, Júlio César, explicou que foi realizada uma reunião entre o Conselho Escolar e a diretora, Ivone de Moraes, que autorizou a pintura na fachada do colégio. Os estudantes pediram apoio ao Núcleo de Processos Criativos e Inovadores (NUPI), o qual forneceu todo o material para a pintura da escola.
"Pintamos a fachada, mas o projeto se estenderá para as demais áreas do colégio, que é a nossa segunda casa. Queremos deixá-lo com a nossa cara, deixá-lo jovem. Aqui temos que nos sentir bem, e quando os alunos se juntam com uma finalidade, a comunidade escolar só tem a ganhar", disse Júlio César, explicando ainda que durante esta semana serão feitos desenhos artísticos e a finalização de um mosaico.
Para a diretora do Colégio Estadual 24 de Outubro, Ivone de Moraes, o projeto foi de grande importância para levantar a autoestima dos estudantes e ter um lugar mais bonito para estudar. "A escola só tem a ganhar com a colaboração dos alunos. Fiquei muito feliz com o empenho de toda a comunidade, e agora estamos todos comemorando esse resultado", declarou.

Com o objetivo de dar um aspecto mais leve ao visual da escola, estudantes do Colégio Estadual 24 de Outubro promoveram na quinta-feira, 10, o projeto "Colorindo a Escola". A ação contou, ao todo, com a participação de 35 alunos dos ensinos fundamental e médio, e foi coordenada pelo presidente do Grêmio Escolar, Júlio César Santos, juntamente com a equipe diretiva.
A ideia do projeto nasceu da insatisfação dos alunos com as cores tradicionais das paredes da unidade de ensino e pela existência de várias pichações feitas por pessoas de fora. A ação foi também uma maneira encontrada pela comunidade escolar para melhorar visualmente o prédio da escola.
O presidente do Grêmio Escolar, Júlio César, explicou que foi realizada uma reunião entre o Conselho Escolar e a diretora, Ivone de Moraes, que autorizou a pintura na fachada do colégio. Os estudantes pediram apoio ao Núcleo de Processos Criativos e Inovadores (NUPI), o qual forneceu todo o material para a pintura da escola.
"Pintamos a fachada, mas o projeto se estenderá para as demais áreas do colégio, que é a nossa segunda casa. Queremos deixá-lo com a nossa cara, deixá-lo jovem. Aqui temos que nos sentir bem, e quando os alunos se juntam com uma finalidade, a comunidade escolar só tem a ganhar", disse Júlio César, explicando ainda que durante esta semana serão feitos desenhos artísticos e a finalização de um mosaico.
Para a diretora do Colégio Estadual 24 de Outubro, Ivone de Moraes, o projeto foi de grande importância para levantar a autoestima dos estudantes e ter um lugar mais bonito para estudar. "A escola só tem a ganhar com a colaboração dos alunos. Fiquei muito feliz com o empenho de toda a comunidade, e agora estamos todos comemorando esse resultado", declarou.