Banese dispõe de recursos para empresários do setor de turismo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
Banese oferece empréstimos com prazos de pagamento e taxas acessíveis para os empresários do setor turístico
Banese oferece empréstimos com prazos de pagamento e taxas acessíveis para os empresários do setor turístico

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 16/01/2019 às 06:30:00

 

O Banco do Estado 
de Sergipe (Bane-
se) dispõe de recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) para operações de crédito destinadas preferencialmente às micro, pequenas e médias empresas do setor turístico legalmente constituídas e estabelecidas. A informação é do gerente da Área de Crédito de Desenvolvimento do Banese, Bruno Santiago Silva Goveia, segundo o qual as linhas de crédito que o banco operacionaliza através do Fungetur oferecem prazos de pagamento e taxas acessíveis para os empresários do setor de turismo, com vistas a fomentar a economia local e promover o desenvolvimento do Estado.
Reestruturado recentemente, pelo Ministério do Turismo (MTur), o Fungetur concedeu, em 2018, R$ 55 milhões em financiamentos para hotéis, pousadas, barcos, restaurantes e empresas de transporte turístico, entre outros empreendimentos.
Além do Banese, são as seguintes as instituições financeiras do país credenciadas pelo MTur para operar as linhas de crédito do Fungetur: Agência de Fomento do Mato Grosso (Desenvolve MT), Agência de Fomento do Rio Grande do Sul (Badesul), Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Caixa Econômica Federal (CEF) e Agência de Desenvolvimento de São Paulo (Desenvolve SP).

O Banco do Estado  de Sergipe (Bane- se) dispõe de recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) para operações de crédito destinadas preferencialmente às micro, pequenas e médias empresas do setor turístico legalmente constituídas e estabelecidas. A informação é do gerente da Área de Crédito de Desenvolvimento do Banese, Bruno Santiago Silva Goveia, segundo o qual as linhas de crédito que o banco operacionaliza através do Fungetur oferecem prazos de pagamento e taxas acessíveis para os empresários do setor de turismo, com vistas a fomentar a economia local e promover o desenvolvimento do Estado.
Reestruturado recentemente, pelo Ministério do Turismo (MTur), o Fungetur concedeu, em 2018, R$ 55 milhões em financiamentos para hotéis, pousadas, barcos, restaurantes e empresas de transporte turístico, entre outros empreendimentos.
Além do Banese, são as seguintes as instituições financeiras do país credenciadas pelo MTur para operar as linhas de crédito do Fungetur: Agência de Fomento do Mato Grosso (Desenvolve MT), Agência de Fomento do Rio Grande do Sul (Badesul), Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Caixa Econômica Federal (CEF) e Agência de Desenvolvimento de São Paulo (Desenvolve SP).