Apoio Cultural IHDMS beneficia três projetos na sua primeira edição

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/01/2019 às 07:36:00

 

O Instituto Hélvio Doria Maciel Silva realizou, nesta terça-feira, 15, a assinatura dos contratos dos três primeiros projetos selecionados pelo edital de Apoio Cultura IHDMS. Na cerimônia, que contou com a presença dos conselheiros do IHDMS, amigos e familiares de Hélvio, também foram entregues os cheques do apoio financeiro.
Nesta edição, foram beneficiados os projetos 'Piedade, a seu dispô', do grupo teatral Dicuri, representado por Isabel Santos; 'In-Conexão - Teatro Para Todos os Ouvidos', do grupo Boca de Cena, representado por Luca Pineyro; e 'Paisagens Sonoras', do grupo musical Tríade BR, representado por Diego Lima. Além do recurso em dinheiro, os três grupos irão receber apoio em serviços de criação, oferecidos pela Agência Conceito Comunicação Integrada, parceira do IHDMS.
O presidente do Instituto, Irineu Fontes, aproveitou a oportunidade para anunciar que novas edições do edital serão abertas em 2019 com patrocínio de R$ 5mil, e convidou os empresários presentes a se somarem para aumentar este valor. "Temos que entender que investir em cultura não só é importante para formação da identidade e cidadania das pessoas, como também alimenta um mercado de grande potencial", ressaltou.
Sobre o IHDMS - Fundado em 2015, por amigos do falecido jornalista e publicitário Hélvio Dória Maciel Silva, o IHDMS é uma instituição sem fins lucrativos, que tem como objetivo perpetuar ideias do seu homenageado, um entusiasta da cultura, das artes, música, comunicação social, dentre outras áreas. O Apoio Cultural IHDMS é uma iniciativa espontânea a fim de fomentar a cena artística, neste período de degradação da cultura pelas gestões públicas, e utiliza de recursos próprios, doada por seus colaboradores.

O Instituto Hélvio Doria Maciel Silva realizou, nesta terça-feira, 15, a assinatura dos contratos dos três primeiros projetos selecionados pelo edital de Apoio Cultura IHDMS. Na cerimônia, que contou com a presença dos conselheiros do IHDMS, amigos e familiares de Hélvio, também foram entregues os cheques do apoio financeiro.
Nesta edição, foram beneficiados os projetos 'Piedade, a seu dispô', do grupo teatral Dicuri, representado por Isabel Santos; 'In-Conexão - Teatro Para Todos os Ouvidos', do grupo Boca de Cena, representado por Luca Pineyro; e 'Paisagens Sonoras', do grupo musical Tríade BR, representado por Diego Lima. Além do recurso em dinheiro, os três grupos irão receber apoio em serviços de criação, oferecidos pela Agência Conceito Comunicação Integrada, parceira do IHDMS.
O presidente do Instituto, Irineu Fontes, aproveitou a oportunidade para anunciar que novas edições do edital serão abertas em 2019 com patrocínio de R$ 5mil, e convidou os empresários presentes a se somarem para aumentar este valor. "Temos que entender que investir em cultura não só é importante para formação da identidade e cidadania das pessoas, como também alimenta um mercado de grande potencial", ressaltou.

Sobre o IHDMS - Fundado em 2015, por amigos do falecido jornalista e publicitário Hélvio Dória Maciel Silva, o IHDMS é uma instituição sem fins lucrativos, que tem como objetivo perpetuar ideias do seu homenageado, um entusiasta da cultura, das artes, música, comunicação social, dentre outras áreas. O Apoio Cultural IHDMS é uma iniciativa espontânea a fim de fomentar a cena artística, neste período de degradação da cultura pelas gestões públicas, e utiliza de recursos próprios, doada por seus colaboradores.