Edvaldo autoriza retomada de obras em 53 ruas do bairro Marivan

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 17/01/2019 às 08:09:00

 

O prefeito Edvaldo 
Nogueira esteve 
no bairro Marivan, zona Sul da capital sergipana, na manhã desta quarta-feira, 16, para honrar mais um compromisso firmado com a comunidade. O gestor municipal assinou a ordem de serviço que garantirá a retomada das obras de infraestrutura da localidade, iniciada ainda em seu mandato anterior, em 2012, mas que não teve continuidade na administração passada. 
Com investimento mais de R$ 12 milhões, serão realizados serviços de terraplanagem, drenagem pluvial e profunda, construção de rede de esgoto, pavimentação, calçadas e ciclovias, levando melhorias para 53 ruas do bairro. A obra conta com recursos do governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento, e de recursos próprios da gestão municipal, graças ao financiamento CPAC.
Em seu discurso na solenidade de assinatura da ordem de serviço, Edvaldo lembrou o início das obras ainda em sua gestão anterior. "As obras começaram em 2012. Era uma obra grande, para dois anos e meio, orçada, à época, em R$ 18 milhões. Quem mora aqui há mais tempo sabe como era o Marivan, ninguém entrava, quando chovia era uma tragédia, as pessoas não gostavam nem dizer que moravam nesta região. Vim aqui em 2011 dar ordem de serviço, a obra começou, concluí meu mandato, deixei o dinheiro em caixa, mas, infelizmente, a gestão passada paralisou a obra e não a entregou, o que sempre me deixou muito triste, pois sou um dos prefeitos que mais trabalhou por esta região. Do conjunto Padre Pedro II ao 17 de março, não tem uma obra sequer que não tenha minha mão", afirmou.
Por isto, ressaltou o prefeito, a retomada desta obra é motivo de "grande felicidade". "Ao retornar à Prefeitura, vimos que os recursos existentes não eram mais suficientes para concluir a obra, então busquei um empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, realizamos uma nova licitação e hoje, a obra será retomada. Se Deus quiser, em um ano, ela será inaugurada. Vamos fazer a drenagem, o esgotamento sanitário e a pavimentação, garantindo mais qualidade de vida para esta população", disse.

O prefeito Edvaldo  Nogueira esteve  no bairro Marivan, zona Sul da capital sergipana, na manhã desta quarta-feira, 16, para honrar mais um compromisso firmado com a comunidade. O gestor municipal assinou a ordem de serviço que garantirá a retomada das obras de infraestrutura da localidade, iniciada ainda em seu mandato anterior, em 2012, mas que não teve continuidade na administração passada. 
Com investimento mais de R$ 12 milhões, serão realizados serviços de terraplanagem, drenagem pluvial e profunda, construção de rede de esgoto, pavimentação, calçadas e ciclovias, levando melhorias para 53 ruas do bairro. A obra conta com recursos do governo federal, através do Programa de Aceleração do Crescimento, e de recursos próprios da gestão municipal, graças ao financiamento CPAC.
Em seu discurso na solenidade de assinatura da ordem de serviço, Edvaldo lembrou o início das obras ainda em sua gestão anterior. "As obras começaram em 2012. Era uma obra grande, para dois anos e meio, orçada, à época, em R$ 18 milhões. Quem mora aqui há mais tempo sabe como era o Marivan, ninguém entrava, quando chovia era uma tragédia, as pessoas não gostavam nem dizer que moravam nesta região. Vim aqui em 2011 dar ordem de serviço, a obra começou, concluí meu mandato, deixei o dinheiro em caixa, mas, infelizmente, a gestão passada paralisou a obra e não a entregou, o que sempre me deixou muito triste, pois sou um dos prefeitos que mais trabalhou por esta região. Do conjunto Padre Pedro II ao 17 de março, não tem uma obra sequer que não tenha minha mão", afirmou.
Por isto, ressaltou o prefeito, a retomada desta obra é motivo de "grande felicidade". "Ao retornar à Prefeitura, vimos que os recursos existentes não eram mais suficientes para concluir a obra, então busquei um empréstimo junto à Caixa Econômica Federal, realizamos uma nova licitação e hoje, a obra será retomada. Se Deus quiser, em um ano, ela será inaugurada. Vamos fazer a drenagem, o esgotamento sanitário e a pavimentação, garantindo mais qualidade de vida para esta população", disse.