Luizinho diz que derrota foi um castigo

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
O treinador Luizinho Vieira sabe que o Sergipe terá uma sequência de jogos perigosa e que precisa somar pontos nas duas competições
O treinador Luizinho Vieira sabe que o Sergipe terá uma sequência de jogos perigosa e que precisa somar pontos nas duas competições

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 18/01/2019 às 07:09:00

 

Givaldo Batista
givaldobs@yahoo.com.br
O Sergipe perdeu a 
segunda partida 
na temporada. Depois da derrota no clássico contra o Confiança o time rubro perdeu na estreia da Copa do Nordeste contra o ABC em Natal. E coincidentemente, mais uma vez o time não se apresentou tão mal que fizesse jus a derrota. O Sergipe dominou todo o primeiro tempo, saiu na frente com um gol de Ariel, mas levou a virada com um gol aos 45 da fase final.
E a partir de agora o time rubro mão terá moleza. Será uma sequência pesada de jogos pelo certame estadual e pela Copa do Nordeste e já há quem questione a presença do treinador Luizinho Vieira à frente da equipe. Mais duas derrotas e com certeza o treinador não se sustentará. 
A sequência de jogos do Sergipe apresenta neste sábado o confronto contra o Frei Paulistano, na Arena Batistão. Há quem diga que a pretensão do treinador é entrar com uma equipe mista, poupando os titulares para o jogo da terça-feira 22 contra o Náutico pela Copa do Nordeste. No outro domingo, 27, o jogo será contra o Guarany, no Andrezão em Canindé do São Francisco. 
Uma sequência de jogos perigosa, principalmente os jogos do estadual que classifica apenas seis equipes para a próxima fase. Essa partida de sábado contra o Frei Paulistano muito importante para as pretensões dos rubros na competição estadual.
Sobre a derrota para o ABC-RN, logo após a partida ainda em Natal, o treinador Luizinho Vieira concedeu entrevista à imprensa local lamentando o resultado. "Dentro da ideia da competição, de você somar pontos fora e fazer o dever de casa, ficou um gostinho amargo porque poderíamos ter ao menos empatado. Infelizmente tomamos o gol no finalzinho da partida em um lance casual, de falta. O mais justo seria até o empate pelas situações criadas", comentou Luizinho Vieira. 
A delegação do Sergipe desembarcou em Aracaju na manhã desta quinta-feira e os jogadores já iniciaram o trabalho de preparação para a partida deste sábado contra o Frei Paulistano na Arena Batistão. Nesta sexta-feira, Luizinho comando o treino apronto, quando pretende fazer algumas modificações na equipe.
O time volta agora as atenções novamente para o Campeonato Sergipano. No próximo sábado, o adversário será o Frei Paulistano, na Arena Batistão. Pela 'Lampions League', volta a jogar apenas no dia 22 de janeiro, contra o Náutico, também em Aracaju. 
- Agora cabe a nós projetar o próximo jogo. Tem um jogo pelo Estadual no sábado, mas acima de tudo, precisamos vencer na competição e depois temos um jogo em casa pela Copa do Nordeste contra o Náutico. É procurar somar pontos para estar na briga em termos de classificação - concluiu Luizinho.

O Sergipe perdeu a  segunda partida  na temporada. Depois da derrota no clássico contra o Confiança o time rubro perdeu na estreia da Copa do Nordeste contra o ABC em Natal. E coincidentemente, mais uma vez o time não se apresentou tão mal que fizesse jus a derrota. O Sergipe dominou todo o primeiro tempo, saiu na frente com um gol de Ariel, mas levou a virada com um gol aos 45 da fase final.
E a partir de agora o time rubro mão terá moleza. Será uma sequência pesada de jogos pelo certame estadual e pela Copa do Nordeste e já há quem questione a presença do treinador Luizinho Vieira à frente da equipe. Mais duas derrotas e com certeza o treinador não se sustentará. 
A sequência de jogos do Sergipe apresenta neste sábado o confronto contra o Frei Paulistano, na Arena Batistão. Há quem diga que a pretensão do treinador é entrar com uma equipe mista, poupando os titulares para o jogo da terça-feira 22 contra o Náutico pela Copa do Nordeste. No outro domingo, 27, o jogo será contra o Guarany, no Andrezão em Canindé do São Francisco. 
Uma sequência de jogos perigosa, principalmente os jogos do estadual que classifica apenas seis equipes para a próxima fase. Essa partida de sábado contra o Frei Paulistano muito importante para as pretensões dos rubros na competição estadual.
Sobre a derrota para o ABC-RN, logo após a partida ainda em Natal, o treinador Luizinho Vieira concedeu entrevista à imprensa local lamentando o resultado. "Dentro da ideia da competição, de você somar pontos fora e fazer o dever de casa, ficou um gostinho amargo porque poderíamos ter ao menos empatado. Infelizmente tomamos o gol no finalzinho da partida em um lance casual, de falta. O mais justo seria até o empate pelas situações criadas", comentou Luizinho Vieira. 
A delegação do Sergipe desembarcou em Aracaju na manhã desta quinta-feira e os jogadores já iniciaram o trabalho de preparação para a partida deste sábado contra o Frei Paulistano na Arena Batistão. Nesta sexta-feira, Luizinho comando o treino apronto, quando pretende fazer algumas modificações na equipe.
O time volta agora as atenções novamente para o Campeonato Sergipano. No próximo sábado, o adversário será o Frei Paulistano, na Arena Batistão. Pela 'Lampions League', volta a jogar apenas no dia 22 de janeiro, contra o Náutico, também em Aracaju. 
- Agora cabe a nós projetar o próximo jogo. Tem um jogo pelo Estadual no sábado, mas acima de tudo, precisamos vencer na competição e depois temos um jogo em casa pela Copa do Nordeste contra o Náutico. É procurar somar pontos para estar na briga em termos de classificação - concluiu Luizinho.