Homem que esfaqueou colega em SP é preso em Socorro

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 18/01/2019 às 07:38:00

 

Um foragido procurado pela polícia de São Paulo foi preso ao início da noite desta quarta-feira no Conjunto Albano Franco, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju). O pescador Luis Clécio de França, o 'Fio', 37 anos, é acusado de tentar matar um colega de trabalho dentro de um barco a golpes de facas no Atracadouro localizado no Terminal Público Pesqueiro, em Santos (SP). O crime ocorreu no dia 28 de dezembro do ano passado e teve como vítima o também pescador Adonis de Lima, 38.
Segundo a polícia paulista, Adonis dormia na cama superior do beliche da embarcação, quando foi surpreendido e atingido na perna esquerda. No momento do ataque, apenas a vítima e o agressor estavam na embarcação, mas outros pescadores viram quando Luis Clécio saía do terminal logo após a tentativa de homicídio. O foragido chegou até Sergipe em uma van clandestina que faz a linha Itabaiana/São Paulo e foi localizado através de uma denúncia anônima em um endereço residencial de propriedade da irmã dele. Ele viajou utilizando o nome do primo.
Segundo o delegado Thiago Leandro, do Depatri, que investigou o caso, Luis Clécio é sergipano nascido em Pacatuba e já foi preso por um homicídio em Santos, pelo qual foi condenado e cumpriu pena. "Anteriormente, o crime citado inicialmente ainda não tinha autoria conhecida, mas após conseguirem o prenome Clécio, os investigadores mencionaram como provável autor e obtiveram a identificação dele através de pesquisas no sistema da Polícia Civil e também através do reconhecimento pela vítima. O preso será encaminhado para São Paulo onde serão tomadas as medidas para o cumprimento da pena", explicou Thiago.

Um foragido procurado pela polícia de São Paulo foi preso ao início da noite desta quarta-feira no Conjunto Albano Franco, em Nossa Senhora do Socorro (Grande Aracaju). O pescador Luis Clécio de França, o 'Fio', 37 anos, é acusado de tentar matar um colega de trabalho dentro de um barco a golpes de facas no Atracadouro localizado no Terminal Público Pesqueiro, em Santos (SP). O crime ocorreu no dia 28 de dezembro do ano passado e teve como vítima o também pescador Adonis de Lima, 38.
Segundo a polícia paulista, Adonis dormia na cama superior do beliche da embarcação, quando foi surpreendido e atingido na perna esquerda. No momento do ataque, apenas a vítima e o agressor estavam na embarcação, mas outros pescadores viram quando Luis Clécio saía do terminal logo após a tentativa de homicídio. O foragido chegou até Sergipe em uma van clandestina que faz a linha Itabaiana/São Paulo e foi localizado através de uma denúncia anônima em um endereço residencial de propriedade da irmã dele. Ele viajou utilizando o nome do primo.
Segundo o delegado Thiago Leandro, do Depatri, que investigou o caso, Luis Clécio é sergipano nascido em Pacatuba e já foi preso por um homicídio em Santos, pelo qual foi condenado e cumpriu pena. "Anteriormente, o crime citado inicialmente ainda não tinha autoria conhecida, mas após conseguirem o prenome Clécio, os investigadores mencionaram como provável autor e obtiveram a identificação dele através de pesquisas no sistema da Polícia Civil e também através do reconhecimento pela vítima. O preso será encaminhado para São Paulo onde serão tomadas as medidas para o cumprimento da pena", explicou Thiago.