SEAD alerta servidores para prazo de atestado médico junto a perícia

Cidades

 

Os servidores públicos estaduais devem apresentar no prazo de até 72 horas o atestado médico junto à Perícia Médica Oficial do Estado para tratamento da própria saúde ou tratamento da saúde de pessoa da família. É o que alerta a diretora da perícia médica da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), Kátia Gama.
Segundo Kátia, não sendo respeitado esse prazo de 72 horas - conforme as normas da licença médica - o servidor público pode perder direitos trabalhistas por está sujeito ao não recebimento do atestado médico pela perícia médica do Estado.
Enfatiza que o agendamento da perícia médica deverá ser realizado em até três dias após o afastamento do trabalho, mesmo que o servidor ainda não esteja de posse do atestado médico.
O agendamento pode ser realizado pessoalmente na SEAD ou através do telefone 3226-2250, das 07h às 13h.

Os servidores públicos estaduais devem apresentar no prazo de até 72 horas o atestado médico junto à Perícia Médica Oficial do Estado para tratamento da própria saúde ou tratamento da saúde de pessoa da família. É o que alerta a diretora da perícia médica da Secretaria de Estado da Administração (SEAD), Kátia Gama.
Segundo Kátia, não sendo respeitado esse prazo de 72 horas - conforme as normas da licença médica - o servidor público pode perder direitos trabalhistas por está sujeito ao não recebimento do atestado médico pela perícia médica do Estado.
Enfatiza que o agendamento da perícia médica deverá ser realizado em até três dias após o afastamento do trabalho, mesmo que o servidor ainda não esteja de posse do atestado médico.
O agendamento pode ser realizado pessoalmente na SEAD ou através do telefone 3226-2250, das 07h às 13h.

 


COMPARTILHAR NAS REDES SOCIAIS