Caçamba bate em ônibus e mata cobrador na BR-101

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
ACIDENTE NA ALTURA DO MUNICÍPIO DE SANTO AMARO PROVOCOU A MORTE DO COBRADOR DO MICRO-ÔNIBUS E DEIXOU PASSAGEIROS FERIDOS
ACIDENTE NA ALTURA DO MUNICÍPIO DE SANTO AMARO PROVOCOU A MORTE DO COBRADOR DO MICRO-ÔNIBUS E DEIXOU PASSAGEIROS FERIDOS

A Polícia ainda está apurando as causas do acidente
A Polícia ainda está apurando as causas do acidente

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 19/01/2019 às 07:45:00

 

Uma pessoa morreu e outras 15 ficaram pessoas feridas na manhã de ontem, em um grave acidente ocorrido por volta das 8h30 de ontem no quilômetro 67 da BR-101, próximo à entrada de Maruim (Vale do Cotinguiba). O episódio envolveu uma caçamba carregada de brita, que foi atingida de frente com um micro-ônibus da empresa Coopertalse que seguia no sentido contrário e fazia a linha Ilha das Flores/Aracaju. segundo testemunhas, não chovia e nem havia problemas na pista quando o acidente aconteceu, mas não há informações claras sobre o que teria provocado o acidente. 
O ônibus bateu com a lateral esquerda no meio da caçamba, que teria tentado se desviar para a pista. Pessoas que estavam no ônibus dizem que tudo aconteceu de forma muito rápida e pegou a todos de surpresa. "Eu estava com minha família a mais ou menos 500 depois, apenas ouvimos o barulho e decidi voltar para tentar ajudar de alguma forma. Quando chegamos ouvimos muita gente chorando e logo ligamos para a Polícia Rodoviária e para o Samu", disse o empresário Luís Carlos dos Santos. Equipes da PRF chegaram rápido ao local, junto com equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que mobilizou seis equipes, sendo cinco de suporte básico e uma unidade avançada. 
As 15 pessoas que ficaram feridas também estavam no micro-ônibus e foram socorridas. Boa parte delas foi socorrida no local do acidente ou levada por outras pessoas para unidades de atendimento de cidades próximas. Do total de feridos, seis foram levados para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e estavam internadas até o fechamento desta edição. O caso mais sério é o de Vera Lúcia Ramos, 48, que estava na Ala Amarela com quadro de trauma abdominal e dor pélvica. Os outros pacientes (Lionildo da Silva Santos, Daniel Santos Alves, Fabio Santos e Rosilene dos Santos) tiveram ferimentos leves. O estado de saúde de todas as vítimas é considerado estável. Uma delas foi transferida do Huse para o Hospital da Unimed.  
Já o cobrador do micro-ônibus, Dionízio Carvalho Ramos, 56, estava na parte da frente do coletivo e morreu na hora. O corpo foi recolhido após a perícia de equipes do Instituto Médico Legal (IML). A família informou que o sepultamento deve acontecer hoje em São Cristóvão (Grande Aracaju). Um laudo sobre as causas do acidente deve ser apresentado pela PRF em até 30 dias úteis e deve subsidiar um inquérito a ser aberto pela Polícia Civil. 

Uma pessoa morreu e outras 15 ficaram pessoas feridas na manhã de ontem, em um grave acidente ocorrido por volta das 8h30 de ontem no quilômetro 67 da BR-101, próximo à entrada de Maruim (Vale do Cotinguiba). O episódio envolveu uma caçamba carregada de brita, que foi atingida de frente com um micro-ônibus da empresa Coopertalse que seguia no sentido contrário e fazia a linha Ilha das Flores/Aracaju. segundo testemunhas, não chovia e nem havia problemas na pista quando o acidente aconteceu, mas não há informações claras sobre o que teria provocado o acidente. 
O ônibus bateu com a lateral esquerda no meio da caçamba, que teria tentado se desviar para a pista. Pessoas que estavam no ônibus dizem que tudo aconteceu de forma muito rápida e pegou a todos de surpresa. "Eu estava com minha família a mais ou menos 500 depois, apenas ouvimos o barulho e decidi voltar para tentar ajudar de alguma forma. Quando chegamos ouvimos muita gente chorando e logo ligamos para a Polícia Rodoviária e para o Samu", disse o empresário Luís Carlos dos Santos. Equipes da PRF chegaram rápido ao local, junto com equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que mobilizou seis equipes, sendo cinco de suporte básico e uma unidade avançada. 
As 15 pessoas que ficaram feridas também estavam no micro-ônibus e foram socorridas. Boa parte delas foi socorrida no local do acidente ou levada por outras pessoas para unidades de atendimento de cidades próximas. Do total de feridos, seis foram levados para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) e estavam internadas até o fechamento desta edição. O caso mais sério é o de Vera Lúcia Ramos, 48, que estava na Ala Amarela com quadro de trauma abdominal e dor pélvica. Os outros pacientes (Lionildo da Silva Santos, Daniel Santos Alves, Fabio Santos e Rosilene dos Santos) tiveram ferimentos leves. O estado de saúde de todas as vítimas é considerado estável. Uma delas foi transferida do Huse para o Hospital da Unimed.  
Já o cobrador do micro-ônibus, Dionízio Carvalho Ramos, 56, estava na parte da frente do coletivo e morreu na hora. O corpo foi recolhido após a perícia de equipes do Instituto Médico Legal (IML). A família informou que o sepultamento deve acontecer hoje em São Cristóvão (Grande Aracaju). Um laudo sobre as causas do acidente deve ser apresentado pela PRF em até 30 dias úteis e deve subsidiar um inquérito a ser aberto pela Polícia Civil.