Caixas d'águas reforçarão abastecimento em Tobias Barreto

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto
A DESO INSTALOU CAIXAS D\'ÁGUAS EM DIVERSOS PONTOS DA CIDADE, QUE SERÃO ABASTECIDAS ATRAVÉS DE CARROS-PIPAS. A ÁGUA TAMBÉM CHEGARÁ PELA REDE EM SISTEMA DE RODÍZIO
A DESO INSTALOU CAIXAS D\'ÁGUAS EM DIVERSOS PONTOS DA CIDADE, QUE SERÃO ABASTECIDAS ATRAVÉS DE CARROS-PIPAS. A ÁGUA TAMBÉM CHEGARÁ PELA REDE EM SISTEMA DE RODÍZIO

Clique nas imagens para ampliar

Publicada em 23/01/2019 às 07:14:00

 

O governo do Estado de Sergipe, por meio da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), inicia, a partir desta terça-feira (22), a operação de abastecimento por meio de caixas d'águas fixas, localizadas em pontos estratégicos da sede municipal de Tobias Barreto. Os reservatórios serão abastecidos por até 15 caminhões-pipa, em uma ação conjunta entre a Deso e a Defesa Civil Estadual, com apoio da Polícia Militar e da Prefeitura de Tobias Barreto. A iniciativa beneficiará cerca de 35 mil pessoas.
O diretor de Operações da Deso, Carlos Anderson Pedreira, explicou que, o serviço de água ofertado em cada reservatório fixo estará disponível das 06h às 18h. "Em casos extraordinários, poderemos ampliar o fornecimento para até as 19h. Iniciaremos a operação em alguns pontos nos quais as caixas já estão disponíveis, para que a população possa ir se acostumando. As pessoas terão livre acesso ao serviço, mas a distribuição será organizada por um servidor da Deso em cada ponto. A Polícia Militar de Sergipe também nos apoiará na ação, para uma maior segurança".
 Até a segunda-feira (21), oito caixas já haviam sido instaladas. "As instalações serão finalizadas atéa  terça-feira. As caixas vão servir como ponto de coleta de água para a população. Os reservatórios serão abastecidos de 2 a 3 vezes ao dia. Toda a água será coletada aqui no Catu", completou o coordenador do Núcleo da Deso em Tobias Barreto, Sérgio Dias.
 De acordo com o diretor de Operações da Deso, devido aos transtornos ocasionados pela estiagem na região, o que limitou a capacidade da barragem do Jabeberi, as caixas oferecem um recurso a mais para a população tobiense. 
 Segundo o diretor da Deso, a divisão do município em 19 distritos ocorreu considerando a densidade demográfica em cada localidade. "A população continuará recebendo a água pela rede. As caixas, neste momento, devem ser utilizadas para complementar o abastecimento, já que, hoje, o abastecimento ocorre por meio de rodízio, o que pode ser agravado nos próximos meses. Como não há previsão de chuvas, quando não pudermos mais captar água da Jabeberi, o abastecimento se dará por meio dos poços dos poços do Catu e da nova adutora. Nesse período, as caixas serão ainda mais essenciais para amenizar a limitação do acesso à água da rede direta pelos moradores do município".

O governo do Estado de Sergipe, por meio da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), inicia, a partir desta terça-feira (22), a operação de abastecimento por meio de caixas d'águas fixas, localizadas em pontos estratégicos da sede municipal de Tobias Barreto. Os reservatórios serão abastecidos por até 15 caminhões-pipa, em uma ação conjunta entre a Deso e a Defesa Civil Estadual, com apoio da Polícia Militar e da Prefeitura de Tobias Barreto. A iniciativa beneficiará cerca de 35 mil pessoas.
O diretor de Operações da Deso, Carlos Anderson Pedreira, explicou que, o serviço de água ofertado em cada reservatório fixo estará disponível das 06h às 18h. "Em casos extraordinários, poderemos ampliar o fornecimento para até as 19h. Iniciaremos a operação em alguns pontos nos quais as caixas já estão disponíveis, para que a população possa ir se acostumando. As pessoas terão livre acesso ao serviço, mas a distribuição será organizada por um servidor da Deso em cada ponto. A Polícia Militar de Sergipe também nos apoiará na ação, para uma maior segurança".
 Até a segunda-feira (21), oito caixas já haviam sido instaladas. "As instalações serão finalizadas atéa  terça-feira. As caixas vão servir como ponto de coleta de água para a população. Os reservatórios serão abastecidos de 2 a 3 vezes ao dia. Toda a água será coletada aqui no Catu", completou o coordenador do Núcleo da Deso em Tobias Barreto, Sérgio Dias.
 De acordo com o diretor de Operações da Deso, devido aos transtornos ocasionados pela estiagem na região, o que limitou a capacidade da barragem do Jabeberi, as caixas oferecem um recurso a mais para a população tobiense. 
 Segundo o diretor da Deso, a divisão do município em 19 distritos ocorreu considerando a densidade demográfica em cada localidade. "A população continuará recebendo a água pela rede. As caixas, neste momento, devem ser utilizadas para complementar o abastecimento, já que, hoje, o abastecimento ocorre por meio de rodízio, o que pode ser agravado nos próximos meses. Como não há previsão de chuvas, quando não pudermos mais captar água da Jabeberi, o abastecimento se dará por meio dos poços dos poços do Catu e da nova adutora. Nesse período, as caixas serão ainda mais essenciais para amenizar a limitação do acesso à água da rede direta pelos moradores do município".