Itabaianinha: roubo que acabou em incêndio tem dois indiciados

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 26/01/2019 às 06:42:00

 

Policiais civis da Delegacia de Itabaianinha (Sul) concluíram o inquérito que investigou um crime ocorrido na cidade na madrugada do dia 17 de janeiro. Na ocasião, dois homens entraram em uma casa com o objetivo de roubar o dinheiro que o dono guardava, através da venda de botijões de gás. Ao perceber a invasão, a vítima lançou um golpe de foice que atingiu a mão de um dos agressores. Os invasores então fizeram uso de uma faca e cortaram a mangueira do botijão de gás da residência, ateando fogo em seguida.
"Eles apontaram a mangueira para o sofá, fazendo o fogo se alastrar com rapidez, a vítima não conseguiu sair de casa e só sobreviveu devido ao socorro dos vizinhos. Através das informações que foram repassadas através do Disque Denúncia (181) identificamos o adolescente que ficou ferido na mão, bem como o comparsa dele, que é maior de idade", explicou o delegado Francisco Gerlândio.
De imediato, o delegado da cidade encaminhou as provas colhidas ao Judiciário, tendo sido decretada a prisão do maior e a apreensão do adolescente, que já foram encaminhados a Aracaju, logo após a ordem judicial. A delegacia local não informou os nomes dos envolvidos por se tratar de um adolescente, cujo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbe qualquer tipo de exposição. 
Em relação ao maior de idade, o nome poderá ser divulgado em breve. "Ainda há diligências a realizar no caso, sobretudo para esclarecer se houve participação de mais alguém, que, por exemplo, tenha sido informante ou olheiro na ação delituosa. A polícia reforça a importância do 181 na elucidação de crimes e destaca a prontidão da Justiça em analisar as provas com rapidez", finalizou o delegado de Itabaianinha.

Policiais civis da Delegacia de Itabaianinha (Sul) concluíram o inquérito que investigou um crime ocorrido na cidade na madrugada do dia 17 de janeiro. Na ocasião, dois homens entraram em uma casa com o objetivo de roubar o dinheiro que o dono guardava, através da venda de botijões de gás. Ao perceber a invasão, a vítima lançou um golpe de foice que atingiu a mão de um dos agressores. Os invasores então fizeram uso de uma faca e cortaram a mangueira do botijão de gás da residência, ateando fogo em seguida.
"Eles apontaram a mangueira para o sofá, fazendo o fogo se alastrar com rapidez, a vítima não conseguiu sair de casa e só sobreviveu devido ao socorro dos vizinhos. Através das informações que foram repassadas através do Disque Denúncia (181) identificamos o adolescente que ficou ferido na mão, bem como o comparsa dele, que é maior de idade", explicou o delegado Francisco Gerlândio.
De imediato, o delegado da cidade encaminhou as provas colhidas ao Judiciário, tendo sido decretada a prisão do maior e a apreensão do adolescente, que já foram encaminhados a Aracaju, logo após a ordem judicial. A delegacia local não informou os nomes dos envolvidos por se tratar de um adolescente, cujo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbe qualquer tipo de exposição. 
Em relação ao maior de idade, o nome poderá ser divulgado em breve. "Ainda há diligências a realizar no caso, sobretudo para esclarecer se houve participação de mais alguém, que, por exemplo, tenha sido informante ou olheiro na ação delituosa. A polícia reforça a importância do 181 na elucidação de crimes e destaca a prontidão da Justiça em analisar as provas com rapidez", finalizou o delegado de Itabaianinha.