Novos casos de furtos na iluminação pública são registrados pela Emurb

Compartilhar:
Imprimir Aumentar Texto Diminuir Texto

Publicada em 27/01/2019 às 07:50:00

 

Apesar do trabalho de reposição do mobiliário, dos investimentos em melhorias e ampliação da rede, a iluminação pública da capital é alvo de vandalismo e furtos de cabos e outros equipamentos criminosamente retirados dos postes para serem comercializados ilegalmente. Para combater estes atos criminosos e evitar prejuízos, a Prefeitura de Aracaju, por meio de suas secretarias e demais órgãos, atua na defesa e na manutenção do patrimônio público. No caso do parque de iluminação, a gestão municipal mantém um cronograma permanente de reparos. No total, os recursos aplicados neste tipo de serviço já ultrapassaram R$ 6,5 milhões utilizados na reposição de lâmpadas queimadas, hastes e equipamentos acessórios ao parque de iluminação, recolocação de fiação e extensão de rede.
Entretanto, mais uma vez, o sistema de luminárias situado ao longo da avenida Beira Mar, bairro Atalaia, foi furtado, e cerca de 100 pontos de iluminação prejudicados e depredados. A ação para recompor o sistema começou desde o início do mês e segue até que sejam repostas todas as lâmpadas, até as proximidades do Terminal de Integração da Zona Sul.
Os furtos atingiram a fiação, cabos, luminárias, controles elétricos, braços e acabaram provocando a interrupção na iluminação, ou criando áreas escuras em trechos da avenida. "Lamentavelmente, estes casos ainda são recorrentes e fogem a qualquer planejamento, porque parte de pessoas mal intencionadas e que, além de cometer crime previsto em lei, causam enorme prejuízos ao município e ao cidadão que precisa se deslocar à noite. Estamos recolocando a parte das luminárias que foram levadas", lamenta o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari.

Apesar do trabalho de reposição do mobiliário, dos investimentos em melhorias e ampliação da rede, a iluminação pública da capital é alvo de vandalismo e furtos de cabos e outros equipamentos criminosamente retirados dos postes para serem comercializados ilegalmente. Para combater estes atos criminosos e evitar prejuízos, a Prefeitura de Aracaju, por meio de suas secretarias e demais órgãos, atua na defesa e na manutenção do patrimônio público. No caso do parque de iluminação, a gestão municipal mantém um cronograma permanente de reparos. No total, os recursos aplicados neste tipo de serviço já ultrapassaram R$ 6,5 milhões utilizados na reposição de lâmpadas queimadas, hastes e equipamentos acessórios ao parque de iluminação, recolocação de fiação e extensão de rede.
Entretanto, mais uma vez, o sistema de luminárias situado ao longo da avenida Beira Mar, bairro Atalaia, foi furtado, e cerca de 100 pontos de iluminação prejudicados e depredados. A ação para recompor o sistema começou desde o início do mês e segue até que sejam repostas todas as lâmpadas, até as proximidades do Terminal de Integração da Zona Sul.
Os furtos atingiram a fiação, cabos, luminárias, controles elétricos, braços e acabaram provocando a interrupção na iluminação, ou criando áreas escuras em trechos da avenida. "Lamentavelmente, estes casos ainda são recorrentes e fogem a qualquer planejamento, porque parte de pessoas mal intencionadas e que, além de cometer crime previsto em lei, causam enorme prejuízos ao município e ao cidadão que precisa se deslocar à noite. Estamos recolocando a parte das luminárias que foram levadas", lamenta o secretário municipal da Infraestrutura, Sérgio Ferrari.